Criar Quiz
Criar Quiz
De Repente, Uma Estrela (2/10) 🌟

De Repente, Uma Estrela (2/10) 🌟

Tags : De Repente Uma Estrela estrela Fama Cantora. Burguesa RPG

↪ Essa é a parte 2; para entender melhor, sugiro que faça as anteriores
↪ Quiz estilo RPG
↪ Terão 10 partes
↪ Novas partes toda segunda, quarta e sexta!
↪ Todas as imagens foram retiradas do Pinterest, nenhuma me pertence!
↪ PLÁGIO É CRIME

Iniciar o Quiz
Incorporar
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7

Você, seus pais e sua irmã estavam na sala. Você fuzilava Hannah com o olhar, que parecia levemente arrependida.
- ...e então a Jessy diz que você publicou o vídeo dela sem autorização! - continua seu pai, que dava uma merecida bronca em sua irmã mais nova. - Pelo amor de Deus, Hannah! O que você estava pensando?
- Ela não tomava uma atitude, então eu tomei. - resmunga, desviando o olhar. Você, seus pais e sua irmã estavam na sala. Você fuzilava Hannah com o olhar, que parecia levemente arrependida.
- ...e então a Jessy diz que você publicou o vídeo dela sem autorização! - continua seu pai, que dava uma merecida bronca em sua irmã mais nova. - Pelo amor de Deus, Hannah! O que você estava pensando?
- Ela não tomava uma atitude, então eu tomei. - resmunga, desviando o olhar.

  • - A decisão não era sua. - vocifero irritada.
  • Tento pular no pescoço dela, gritando irritada, mas infelizmente minha mãe me segura. Todos começam a falar ao mesmo tempo e uma pequena confusão se instala.
  • - Hannah! Era o MEU vídeo! Você não tinha o direito de simplesmente divulgar por aí sem nem ao menos falar comigo! - grito chateada.
  • Bufo. - Tanto faz. Agora não adianta, já foi. - reclamo.

- Okay, okay, já chega. - declara sua mãe e todos se calam. - Não tem muito o que se fazer agora. Jessy, você quer retirar o vídeo?
Você pensa um pouco.
- Não. - diz, por fim. - É como dizem: uma vez na internet, sempre na internet. Com tantas visualizações desse jeito, com certeza vão respostar se eu apagar, além de que muitos já viram, então...
- Certo. - conclui seu pai, se levantando. - Agora, vamos esquecer esse assunto por enquanto, pois eu ainda tenho que ir trabalhar e vocês ainda tem que ir a escola. - Okay, okay, já chega. - declara sua mãe e todos se calam. - Não tem muito o que se fazer agora. Jessy, você quer retirar o vídeo?
Você pensa um pouco.
- Não. - diz, por fim. - É como dizem: uma vez na internet, sempre na internet. Com tantas visualizações desse jeito, com certeza vão respostar se eu apagar, além de que muitos já viram, então...
- Certo. - conclui seu pai, se levantando. - Agora, vamos esquecer esse assunto por enquanto, pois eu ainda tenho que ir trabalhar e vocês ainda tem que ir a escola.

  • - O QUE? - grito incrédula, me metendo na frente dele. - Você não vai me obrigar a ir a escola, né? Todos vão me zoar! Eu não posso ir! - Jessy, por favor. Não é o fim do mundo. - ele revira os olhos e desvia, seguindo seu caminho.
  • Grunho frustada ao lembrar da escola. Antes de seguir meus pais em direção a cozinha, fuzilo Hannah com o olhar mais uma vez.

Após o café da manhã, você se arruma para ir a escola e se despede de sua mãe, que trabalha em casa pelo computador. Então, seu pai leva você e sua irmã para a escola.
Durante o caminho, Hannah tenta puxar assunto e até mesmo se desculpa, mas você a ignora, ainda chateada.
- Enfim, escola. - declara seu pai, estacionando. - Tenham um bom dia, meninas.
- Tchau, pai! - declara Hannah, animada, descendo do carro rapidamente.
- Tchau. - você resmunga, fechando a porta.
Caminham juntas até a entrada, onde Stella, sua melhor amiga, te espera. Você acha estranho, afinal ela nunca te espera do lado de fora.
Assim que te vê, ela corre até você.
- AI MEU DEUS, JESSY! - grita, escandalosa como sempre, atraindo olhares. - Não acredito que você finalmente criou coragem de divulgar o seu talento! Sempre te disse que você era ótima! Você viu a quantidade de views? JÁ ESTÁ CHEGANDO EM UM MILHÃO!
- Menos, Stella, menos! - você sussurra, tentando não chamar a atenção. Até tenta disfarçar, mas por dentro, está completamente chocada e nervosa. Quase um milhão de visualizações?
- Nem foi ela que postou, fui eu! Ela nunca teria coragem. - se gaba Hannah e você lha dá um tapa de leve. - Ai! Okay, vamos entrar. Aliás, o que você está fazendo aqui fora? - pergunta, já arrastando vocês duas para dentro.
- Vocês logo vão ver. - diz Stella rindo.

Qual roupa você usava naquele dia? Após o café da manhã, você se arruma para ir a escola e se despede de sua mãe, que trabalha em casa pelo computador. Então, seu pai leva você e sua irmã para a escola.
Durante o caminho, Hannah tenta puxar assunto e até mesmo se desculpa, mas você a ignora, ainda chateada.
- Enfim, escola. - declara seu pai, estacionando. - Tenham um bom dia, meninas.
- Tchau, pai! - declara Hannah, animada, descendo do carro rapidamente.
- Tchau. - você resmunga, fechando a porta.
Caminham juntas até a entrada, onde Stella, sua melhor amiga, te espera. Você acha estranho, afinal ela nunca te espera do lado de fora.
Assim que te vê, ela corre até você.
- AI MEU DEUS, JESSY! - grita, escandalosa como sempre, atraindo olhares. - Não acredito que você finalmente criou coragem de divulgar o seu talento! Sempre te disse que você era ótima! Você viu a quantidade de views? JÁ ESTÁ CHEGANDO EM UM MILHÃO!
- Menos, Stella, menos! - você sussurra, tentando não chamar a atenção. Até tenta disfarçar, mas por dentro, está completamente chocada e nervosa. Quase um milhão de visualizações?
- Nem foi ela que postou, fui eu! Ela nunca teria coragem. - se gaba Hannah e você lha dá um tapa de leve. - Ai! Okay, vamos entrar. Aliás, o que você está fazendo aqui fora? - pergunta, já arrastando vocês duas para dentro.
- Vocês logo vão ver. - diz Stella rindo.

Qual roupa você usava naquele dia?

Assim que entram na escola, tudo parece normal.
- Ué, eu não entendi. O que nós logo iríamos ve... - você é interrompida bruscamente assim que alguém solta um grito alto.
- ELA CHEGOU, PESSOAL! ELA CHEGOU! É A JESSICA! - uma garota berra assim que te vê. Em menos de um minuto, mais da metade da escola te cerca, enlouquecidos. Muitos pedem fotos, autógrafos, perguntam muitas coisas e toda aquela multidão te deixa um pouco tonta.
Você percebe que se perdeu de Stella e Hannah em meio ao tumulto.

O que você faz? Assim que entram na escola, tudo parece normal.
- Ué, eu não entendi. O que nós logo iríamos ve... - você é interrompida bruscamente assim que alguém solta um grito alto.
- ELA CHEGOU, PESSOAL! ELA CHEGOU! É A JESSICA! - uma garota berra assim que te vê. Em menos de um minuto, mais da metade da escola te cerca, enlouquecidos. Muitos pedem fotos, autógrafos, perguntam muitas coisas e toda aquela multidão te deixa um pouco tonta.
Você percebe que se perdeu de Stella e Hannah em meio ao tumulto.

O que você faz?

  • - DÁ LICENÇA, DÁ LICENÇA, SAI DA FRENTE! - grito irritada, tentando passar e empurrando quem for preciso pra isso.
  • Agradeço pelo carinho e tento controlar a situação, respondendo ao máximo de pessoas que consigo.
  • Fico assustada e confusa. Assim que me recupero, saio em disparada para o primeiro banheiro que encontro.
  • De primeira, fico surpresa. Eu não esperava por aquilo! Eu não era a excluída, mas nunca fui popular assim. Agradeço, mas tento encontrar as meninas o mais rápido possível.

O resto da manhã é bem turbulento.
Durante as aulas, muitos professores te elogiaram, divulgando mais ainda o vídeo. Praticamente a escola inteira sabia e em todos os momentos possíveis, as pessoas te rodeavam, enlouquecidas. Você quase não viu Stella sem ser nas aulas, e Hannah era de outra turma, então foi mais difícil ainda.
Quando o horário da saída se aproximava, você manda uma mensagem para seu pai, pedindo que ele estacione a duas quadras de distância. Ele estranha, mas concorda. Você avisa Hannah também por mensagem e Stella te ajuda a passar pela multidão ao sair.
Você se apoia na parede, ofegante, após virar a esquina. Tinha conseguido despistar as pessoas.
- Que dia, não? - pergunta Stella, também cansada.
- Pois é. - você vê Hannah se aproximando e localiza o carro do seu pai parado do outro lado da rua. - Te vejo amanhã.
- Tchau, amiga. - vocês se despedem com um abraço rápido e você corre para o carro. Hannah logo entra também.
- Oi, meninas. - cumprimenta seu pai, te encarando pelo retrovisor. - Como foi a escola? O resto da manhã é bem turbulento.
Durante as aulas, muitos professores te elogiaram, divulgando mais ainda o vídeo. Praticamente a escola inteira sabia e em todos os momentos possíveis, as pessoas te rodeavam, enlouquecidas. Você quase não viu Stella sem ser nas aulas, e Hannah era de outra turma, então foi mais difícil ainda.
Quando o horário da saída se aproximava, você manda uma mensagem para seu pai, pedindo que ele estacione a duas quadras de distância. Ele estranha, mas concorda. Você avisa Hannah também por mensagem e Stella te ajuda a passar pela multidão ao sair.
Você se apoia na parede, ofegante, após virar a esquina. Tinha conseguido despistar as pessoas.
- Que dia, não? - pergunta Stella, também cansada.
- Pois é. - você vê Hannah se aproximando e localiza o carro do seu pai parado do outro lado da rua. - Te vejo amanhã.
- Tchau, amiga. - vocês se despedem com um abraço rápido e você corre para o carro. Hannah logo entra também.
- Oi, meninas. - cumprimenta seu pai, te encarando pelo retrovisor. - Como foi a escola?

  • - Eu disse que não deveria ter vindo. - protesto, ainda ofegante.
  • - UM HORROR! Tudo culpa dessa praga! - grito, apontando para Hannah!
  • - Conta pra ele, irmãzinha. - pergunto irônica e irritada, encarando Hannah.
  • Aos poucos, conto o ocorrido para ele durante o caminho.

Você e Hannah explicam tudo para seu pai, que parece incrédulo. Como se já não bastasse, quando se aproximam de sua casa, encontram outra multidão.
Repórteres, paparazzis, fãs e muitas outras pessoas estão aglomeradas em volta da sua casa, ocupando quase a rua toda.
- Isso é o que eu estou pensando? - pergunta sua irmã, chocada.
- Hannah, eu vou te MATAR! - você vocifera, a encarando completamente irada.
Com muito esforço, seu pai consegue manobrar o carro, entrando na garagem. As pessoas saem da frente, afinal não querem ser atropeladas, mas cercam o carro, desesperadas.
Seu pai desce, afastando todos que pode, e Hannah te ajuda a descer, te escondendo atrás de sua mochila. Com muito esforço, vocês conseguem entram em casa, ofegantes.
- O que foi isso? - pergunta Hannah, ainda sem acreditar.
- O que você acha? - você questiona entre dentes.
Vocês caminham até a sala, escutando um barulho de TV. Lá, sua mãe assiste ao jornal, surpresa.
- ...o vídeo da mais nova estrela pop, Jessica Blossom, foi ao ar durante a madrugada de hoje, as 00:17. Agora, 12:38, já consta com um milhão e meio de visualizações. - diz a repórter, e um trecho de seu vídeo começa a passar na televisão. - O mundo foi a loucura! Jessica realmente tem talento, mas ninguém conseguiu entrar em contato com a mesma até agora. Parece que seu endereço foi descoberto e a rua de sua casa está lotada, mas as cortinas permanecem fechadas. A garota foi vista chegando da escola há poucos minutos, mas não quis dar depoimento. - seu queixo cai quando um vídeo tremido, que aparenta ter sido gravado de um celular, mostra de longe você entrando em casa usando a mochila de proteção enquanto seu pai tenta afastar as pessoas. O que aconteceu menos de 5 minutos atrás.
Sua mãe desliga a TV, se virando para você.
- Eu disse que tinha talento. - ela ri de nervoso.

~12:56
Você e sua família estão almoçando, enquanto tentam ignorar a gritaria do lado de fora.
- ...e o telefone não parou de tocar a manhã toda! Tem várias agências querendo fechar contrato com você. Temos que escolher uma logo para controlar tudo isso. Querida, você é famosa! - agora que o choque passou, sua mãe parece realmente empolgada, assim como Hannah. Você e seu pai as encaram incrédulos.
- Agradeça a mim. - se gaba Hannah, contente. - A gente pode ficar ricos!
- A Jessy pode ficar rica. - lembra seu pai, frisando seu nome. - E nós não esperávamos por isso. Hannah, o que fez foi errado.
- Eu sei, eu sei. - ela revira os olhos. - Mas eu não imaginava que ia chegar nesse nível! Já pensou? Minha irmã nos palcos, cantando para o mundo!
- Como está se sentindo, querida? - pergunta sua mãe, te encarando preocupada. Você e Hannah explicam tudo para seu pai, que parece incrédulo. Como se já não bastasse, quando se aproximam de sua casa, encontram outra multidão.
Repórteres, paparazzis, fãs e muitas outras pessoas estão aglomeradas em volta da sua casa, ocupando quase a rua toda.
- Isso é o que eu estou pensando? - pergunta sua irmã, chocada.
- Hannah, eu vou te MATAR! - você vocifera, a encarando completamente irada.
Com muito esforço, seu pai consegue manobrar o carro, entrando na garagem. As pessoas saem da frente, afinal não querem ser atropeladas, mas cercam o carro, desesperadas.
Seu pai desce, afastando todos que pode, e Hannah te ajuda a descer, te escondendo atrás de sua mochila. Com muito esforço, vocês conseguem entram em casa, ofegantes.
- O que foi isso? - pergunta Hannah, ainda sem acreditar.
- O que você acha? - você questiona entre dentes.
Vocês caminham até a sala, escutando um barulho de TV. Lá, sua mãe assiste ao jornal, surpresa.
- ...o vídeo da mais nova estrela pop, Jessica Blossom, foi ao ar durante a madrugada de hoje, as 00:17. Agora, 12:38, já consta com um milhão e meio de visualizações. - diz a repórter, e um trecho de seu vídeo começa a passar na televisão. - O mundo foi a loucura! Jessica realmente tem talento, mas ninguém conseguiu entrar em contato com a mesma até agora. Parece que seu endereço foi descoberto e a rua de sua casa está lotada, mas as cortinas permanecem fechadas. A garota foi vista chegando da escola há poucos minutos, mas não quis dar depoimento. - seu queixo cai quando um vídeo tremido, que aparenta ter sido gravado de um celular, mostra de longe você entrando em casa usando a mochila de proteção enquanto seu pai tenta afastar as pessoas. O que aconteceu menos de 5 minutos atrás.
Sua mãe desliga a TV, se virando para você.
- Eu disse que tinha talento. - ela ri de nervoso.

~12:56
Você e sua família estão almoçando, enquanto tentam ignorar a gritaria do lado de fora.
- ...e o telefone não parou de tocar a manhã toda! Tem várias agências querendo fechar contrato com você. Temos que escolher uma logo para controlar tudo isso. Querida, você é famosa! - agora que o choque passou, sua mãe parece realmente empolgada, assim como Hannah. Você e seu pai as encaram incrédulos.
- Agradeça a mim. - se gaba Hannah, contente. - A gente pode ficar ricos!
- A Jessy pode ficar rica. - lembra seu pai, frisando seu nome. - E nós não esperávamos por isso. Hannah, o que fez foi errado.
- Eu sei, eu sei. - ela revira os olhos. - Mas eu não imaginava que ia chegar nesse nível! Já pensou? Minha irmã nos palcos, cantando para o mundo!
- Como está se sentindo, querida? - pergunta sua mãe, te encarando preocupada.

  • - Eu nem queria isso! - protesto. - Só que agora vou ter que aguentar, por sua causa. - encaro Hannah. - Tem noção do que fez?
  • - Bom, eu realmente nunca imaginei que isso fosse acontecer. - confesso, pensativa. - Mas agora, o que nos resta é continuar. Nem se eu quisesse conseguiria apagar toda essa "fama".
  • - Isso é demais! - exclamo empolgada. - Nunca pensei que tantas pessoas fossem gostar do que eu faço! Estou muito contente por todas as mensagens de carinho que recebi.
  • - Péssima. - exclamo dramática, apoiando a cabeça na mesa. - A minha vida já era.

- Não se preocupe, filha. Vamos resolver isso. - garante seu pai, sorrindo.
- Assim espero. - respondo com um suspiro.

~14:24
Com a ajuda da polícia (sim, foi necessário), seus pais conseguiram tirar a multidão que não saía da frente de sua casa. Suas redes sociais já estavam com quase um milhão de seguidores e o tão famoso vídeo já chegava aos três milhões.
Seus pais procuravam por uma agência confiável, para ajudá-los a lidar com toda a situação. Você estava em seu quarto, pensando em tudo o que estava acontecendo.
Qual sua opinião sobre isso? - Não se preocupe, filha. Vamos resolver isso. - garante seu pai, sorrindo.
- Assim espero. - respondo com um suspiro.

~14:24
Com a ajuda da polícia (sim, foi necessário), seus pais conseguiram tirar a multidão que não saía da frente de sua casa. Suas redes sociais já estavam com quase um milhão de seguidores e o tão famoso vídeo já chegava aos três milhões.
Seus pais procuravam por uma agência confiável, para ajudá-los a lidar com toda a situação. Você estava em seu quarto, pensando em tudo o que estava acontecendo.
Qual sua opinião sobre isso?

  • Eu nunca achei que fosse boa o suficiente no que faço. Porém agora, com todas essas pessoas me apoiando, vejo que talvez Hannah estava estivesse certa: eu deveria ter acreditado em mim mesma e divulgado meu talento. Por mais que eu não sonhasse com fama, agora a tenho e precisarei lidar com ela.
  • Estou super empolgada! Mal posso acreditar que tem tantas pessoas assim me seguindo e idolatrando. Acho que vai ser uma experiência incrível me tornar uma estrela.
  • Se eu pudesse voltar no tempo e impedir tudo isso, o faria sem pensar duas vezes. Mas agora que a Hannah já estragou tudo, vou lidar com as consequências, afinal é o único jeito. No fundo, eu realmente não gosto de toda essa atenção e não queria ter que passar por isso.
  • Não sei se posso perdoar minha irmã! Minha vida está arruinada. Privacidade? Nunca mais vou saber o que é isso! As pessoas hoje em dia não tem um pingo de noção e vão me importunar sempre que possível. Eu não quero essa fama! Será que dá pra fingir que era outra pessoa no vídeo?
ᴄᴏɴᴛɪɴᴜᴀ... 🌟 Refazer

ᴄᴏɴᴛɪɴᴜᴀ... 🌟

A parte 3 já está disponível no meu perfil 💛

Compartilhar

ᴄᴏɴᴛɪɴᴜᴀ... 🌟 Refazer

ᴄᴏɴᴛɪɴᴜᴀ... 🌟

A parte 3 já está disponível no meu perfil 💛

Compartilhar

Calculando Resultado

Publicidade

clock facebook twitter whatsapp redo search x home profile pencil logout quiz list test user star