Criar Quiz
Criar Quiz
[RPG] My Life - (Part. 1)

[RPG] My Life - (Part. 1)

Tags : Quiz RPG Vida Amor

LEIA TUDO O QUE ESTA ESCRITO, AVISO IMPORTANTE:

▶1 - Se você faz RPGs também, pode se inspirar em novas ideias vendo o meu, mais pfvr peço que não copiem.

▶2 - Se você não gostar, okay, só não fassa críticas negativas e xingamentos nos comentários porque não ha necessidade disso.

▶3 - A imagem da capa do RPG foi editada por mim.

▶4 - Agradeço as pessoas que sugeriram nomes, lugares e etc pra esse RPG, eu coloquei tudo baseado no que vocês sugeriram.

Dicionário:

✅D/C: Desconhecido
✅S/M: Sua mãe
✅S/P: Seu pai
✅S/T: Sua tia

Personagens:

Isabella Leblanc (você)
Layla Leblanc
Melissa Leblanc
S/P (seu pai)
S/T (sua tia)
Chris Carson
Vitor Ackles
Maria Coulthy
Arthur Peterson

Sinopse:
você vive a vida de Isabela Leblanc, que tem 16 anos e é Brasileira, mora com S/T mais logo após muitos problemas você se muda pra Rússia pra morar com S/P, a esposa dele e a sua meia - irmã chamada Layla. Descubra novos mistérios, novos problemas e momentos incríveis em cada Ep.

Obrigada e espero que goste😜😜😜

Publicidade
Iniciar o Quiz
Incorporar
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14

Sua tia não era a mesma desde que o marido dela morreu, você se sentia mal por ela estar trancada em seu quarto todos os dias e não falar com você.

você respeitou a tristeza dela pela morte dele, ele morreu tendo um infarto por causa das drogas que o afetaram muito, ele nem sequer demonstrava amor a você, pelo contrário ele fazia questão de te tratar como uma pessoa insignificante, ele bateu em você até seus 9 nove anos por achar que você não o tratava como deveria, mais depois disso... ele parou e vocês nunca se olharam na cara, o motivo? O primeiro era porque ele mal ficava em casa e o outro pq ao crescer você nn sentia uma sequer empatia com ele e muito menos ele.

Sua tia amenizava sempre a situação entre os dois mais não fazia diferença. Agora esquecendo esse assunto... S/M Te abandonou muito nova... e S/P falava com você por chamadas a cada 2 semanas e isso acontecia desde seus 13 anos, quando ele entrou em contato com você.

Isabella que no caso é você, hoje tem 16 anos e esta indo morar com S/P na Russia por não aguentar mais viver assim, você as vezes não tinha o que comer e ainda faltava aulas no colégio por causa do seu emprego como vendedora de uma padaria, e S/T só se aproveitava que você trabalhava e não ajudava nas despesas, afinal só ficava no quarto.

S/P já pediu a você pra morar com ele e a família dele quando completou seus 15 anos, mais você recusou, então ele não insistiu mais nisso pra não te pressionar, semana passada você trouxe a ideia á tona de ir morar com ele, a mulher dele e S/I mais velha lá (ela é filha da mulher do S/P, então vocês são meias irmãs), então ele ficou muito feliz e disse que daqui a 2 dias mandaria o dinheiro da passagem pra ir. Sua tia não era a mesma desde que o marido dela morreu, você se sentia mal por ela estar trancada em seu quarto todos os dias e não falar com você.

você respeitou a tristeza dela pela morte dele, ele morreu tendo um infarto por causa das drogas que o afetaram muito, ele nem sequer demonstrava amor a você, pelo contrário ele fazia questão de te tratar como uma pessoa insignificante, ele bateu em você até seus 9 nove anos por achar que você não o tratava como deveria, mais depois disso... ele parou e vocês nunca se olharam na cara, o motivo? O primeiro era porque ele mal ficava em casa e o outro pq ao crescer você nn sentia uma sequer empatia com ele e muito menos ele.

Sua tia amenizava sempre a situação entre os dois mais não fazia diferença. Agora esquecendo esse assunto... S/M Te abandonou muito nova... e S/P falava com você por chamadas a cada 2 semanas e isso acontecia desde seus 13 anos, quando ele entrou em contato com você.

Isabella que no caso é você, hoje tem 16 anos e esta indo morar com S/P na Russia por não aguentar mais viver assim, você as vezes não tinha o que comer e ainda faltava aulas no colégio por causa do seu emprego como vendedora de uma padaria, e S/T só se aproveitava que você trabalhava e não ajudava nas despesas, afinal só ficava no quarto.

S/P já pediu a você pra morar com ele e a família dele quando completou seus 15 anos, mais você recusou, então ele não insistiu mais nisso pra não te pressionar, semana passada você trouxe a ideia á tona de ir morar com ele, a mulher dele e S/I mais velha lá (ela é filha da mulher do S/P, então vocês são meias irmãs), então ele ficou muito feliz e disse que daqui a 2 dias mandaria o dinheiro da passagem pra ir.

  • Continua
  • Continua

>O DIA DA VIAGEM<

S/T: Tudo bem, vou nem te dizer "quando se arrepender você pode voltar" pq essa não é a realidade, cuidei de você desde pequena e é isso o que recebo em troca, mais tudo bem, pelo menos não terei mais um peso em minhas costas

Isabella: Okay, eu não queria saber sua opinião, só disse que estava indo *Fiquei abalada com tudo o que ela me disse, então apressei - me mais a arrumar as malas pra terminar logo e não olhar mais pra cara dela*

S/T: Esta indo quando? *se apoiou os ombros na porta do meu quarto*

Isabella: Hoje, meu pai já pagou a passagem *evitei contato visual com ela e fechei o meu guarda - roupa com pressa depois de pegar todas as coisas*

Ela não disse mais nada e apenas me deu um abraço forte me deixando confusa mais e não revidei, ela ficou por uns 15 segundos no abraço e logo parou e foi pro quarto dela com expressão neutra e trancou a porta em seguida.

Fiquei pensando em como ela pode ser tão fria comigo e ao mesmo tempo ter sido tão abalada pela morte do marido dela sendo que ele nunca havia dito um único "eu te amo" a ela. Chega de pensar nisso. Vou pro aeroporto pois falta 35 minutos pro meu vôo e ainda tinha que pegar um táxi pra chegar no la no aeroporto.

Escolha a sua aparência (não precisa ser necessariamente igual a você, escolha a que você mais gostou pra te representar se quizer): >O DIA DA VIAGEM<

S/T: Tudo bem, vou nem te dizer "quando se arrepender você pode voltar" pq essa não é a realidade, cuidei de você desde pequena e é isso o que recebo em troca, mais tudo bem, pelo menos não terei mais um peso em minhas costas

Isabella: Okay, eu não queria saber sua opinião, só disse que estava indo *Fiquei abalada com tudo o que ela me disse, então apressei - me mais a arrumar as malas pra terminar logo e não olhar mais pra cara dela*

S/T: Esta indo quando? *se apoiou os ombros na porta do meu quarto*

Isabella: Hoje, meu pai já pagou a passagem *evitei contato visual com ela e fechei o meu guarda - roupa com pressa depois de pegar todas as coisas*

Ela não disse mais nada e apenas me deu um abraço forte me deixando confusa mais e não revidei, ela ficou por uns 15 segundos no abraço e logo parou e foi pro quarto dela com expressão neutra e trancou a porta em seguida.

Fiquei pensando em como ela pode ser tão fria comigo e ao mesmo tempo ter sido tão abalada pela morte do marido dela sendo que ele nunca havia dito um único "eu te amo" a ela. Chega de pensar nisso. Vou pro aeroporto pois falta 35 minutos pro meu vôo e ainda tinha que pegar um táxi pra chegar no la no aeroporto.

Escolha a sua aparência (não precisa ser necessariamente igual a você, escolha a que você mais gostou pra te representar se quizer):

>A CHEGADA NA RÚSSIA<

Após horas de vôo que pareciam demorar um seculo, eu sai do avião e fui pra frente do aeroporto tentantando avistar S/P (você já conhecia o rosto dele muito bem, pois já viu muitas fotos dele na infância)

Isabella! - gritou meu nome e virei pra ver quem era

S/N: Paii! * vocês se abraçaram *

Em seu abraço eu senti felicidade e conforto encontrando com ele pela primeira vez pessoalmente, que emoção. Eu vi uma garota ao lado dele que me olha sorridente e quando encerra o abraço entre eu e o S/P ela diz

S/I: Prazer sou a Layla (coloquei nomes normais pq acho que fica muito estranho eu colocar um nome russo aqui, mais eles aibda sao russos ta)

Isabella: Prazer, Isabella - quando me apresentei a ela, ela me abraçou firme e eu retribui o abraço enquanto o S/P carrega minha mala em direção ao carro deles e nisso fomos conversando e falando sobre a viagem e sobre mim á eles.

Layla: Espero que goste de morar com a gente, e também do seu quarto, ele antes era de hospedes, eu tentei deixar de forma que você gostasse e a decoração que o pai deixou antes era péssima pode acreditar kkk

S/N: KKK imagino... *vcs duas riram e S/P ficou envergonhado mais não conseguiu conter a risada e logo ele riu com vcs*

Conversamos até o caminho pra casa, chego na casa e ela é incrivelmente linda e moderna, eu fiquei chocada com tudo que vi, Layla me chama pra levar pro meu novo quarto assim que termina de apresentar a sala e a cozinha.

Layla: Esperou que goste! ... vou te deixar sozinha agora, até depois *ela disse alegre e fechou a porta de seu quarto antes que pudesse responder algo a ela*

Seu quarto era muito diferente do seu quarto antigo, era mais lindo e aconchegante, as cores, a forma que ele cheirava, te deixou mais calma e ao mesmo tempo bem impressionada (imagina que é o da foto acima) >A CHEGADA NA RÚSSIA<

Após horas de vôo que pareciam demorar um seculo, eu sai do avião e fui pra frente do aeroporto tentantando avistar S/P (você já conhecia o rosto dele muito bem, pois já viu muitas fotos dele na infância)

Isabella! - gritou meu nome e virei pra ver quem era

S/N: Paii! * vocês se abraçaram *

Em seu abraço eu senti felicidade e conforto encontrando com ele pela primeira vez pessoalmente, que emoção. Eu vi uma garota ao lado dele que me olha sorridente e quando encerra o abraço entre eu e o S/P ela diz

S/I: Prazer sou a Layla (coloquei nomes normais pq acho que fica muito estranho eu colocar um nome russo aqui, mais eles aibda sao russos ta)

Isabella: Prazer, Isabella - quando me apresentei a ela, ela me abraçou firme e eu retribui o abraço enquanto o S/P carrega minha mala em direção ao carro deles e nisso fomos conversando e falando sobre a viagem e sobre mim á eles.

Layla: Espero que goste de morar com a gente, e também do seu quarto, ele antes era de hospedes, eu tentei deixar de forma que você gostasse e a decoração que o pai deixou antes era péssima pode acreditar kkk

S/N: KKK imagino... *vcs duas riram e S/P ficou envergonhado mais não conseguiu conter a risada e logo ele riu com vcs*

Conversamos até o caminho pra casa, chego na casa e ela é incrivelmente linda e moderna, eu fiquei chocada com tudo que vi, Layla me chama pra levar pro meu novo quarto assim que termina de apresentar a sala e a cozinha.

Layla: Esperou que goste! ... vou te deixar sozinha agora, até depois *ela disse alegre e fechou a porta de seu quarto antes que pudesse responder algo a ela*

Seu quarto era muito diferente do seu quarto antigo, era mais lindo e aconchegante, as cores, a forma que ele cheirava, te deixou mais calma e ao mesmo tempo bem impressionada (imagina que é o da foto acima)

  • ...
  • ...

>JANTAR EM FAMÍLIA<

Layla: Daqui a pouco a mãe chega, ela ta trabalhando

Isabella: Entendi

S/P: Sim e amanhã você começa a ir pra escola, a Layla vai te levar, seria bom se estivessem na mesma sala

Isabella: Pq? Ela é mais nova que eu?

A Layla ficou surpresa mais riu e respondeu
- Não, eu sou um ano mais velha que você, então já sabe o porquê - ela solta uma risada abafada

Isabella: A - ta

Layla: Ah! e a propósito... eu vou te ajudar a escolher uma roupa pra ir amanhã pra escola

Isabella: Porque? *eu terminei minha janta e levantei - me pra lavar o meu prato*

Layla: Pq você não pode ir de qualquer jeito, e alias moda é comigo querida - *ela disse confiante e tomando um gole de suco*

S/P e você se entreolharam com cara de "aham, sei" e logo soltaram uma risada, o que deixou a Layla confusa mais não resistiu e também riu com vocês enquanto pegava o celular pra digitar nele

...

Uma mulher entra e te olha com um olhar de surpresa e curiosa

Melissa: Oii, me chamo Melissa (ela vem até você e te oferece a mão pra comprimentar com um sorriso largo em seu rosto)

S/n: Me chamo Isabella, prazer em conhece - la senhora (cumprimentei sorridente também)

Melissa: Prazer também, me chame do jeito que você quiser e não precisa ficar tímida (ela te conforta te abraçando alegremente)

Logo ela se juntou a vocês pra jantar, mais como você já havia terminado... você deu boa noite a eles e foi pro seu quarto dormir e pensando em mil possibilidades do que poderia acontecer amanhã na escola, totalmente anciosa e afundada em seus pensamentos. >JANTAR EM FAMÍLIA<

Layla: Daqui a pouco a mãe chega, ela ta trabalhando

Isabella: Entendi

S/P: Sim e amanhã você começa a ir pra escola, a Layla vai te levar, seria bom se estivessem na mesma sala

Isabella: Pq? Ela é mais nova que eu?

A Layla ficou surpresa mais riu e respondeu
- Não, eu sou um ano mais velha que você, então já sabe o porquê - ela solta uma risada abafada

Isabella: A - ta

Layla: Ah! e a propósito... eu vou te ajudar a escolher uma roupa pra ir amanhã pra escola

Isabella: Porque? *eu terminei minha janta e levantei - me pra lavar o meu prato*

Layla: Pq você não pode ir de qualquer jeito, e alias moda é comigo querida - *ela disse confiante e tomando um gole de suco*

S/P e você se entreolharam com cara de "aham, sei" e logo soltaram uma risada, o que deixou a Layla confusa mais não resistiu e também riu com vocês enquanto pegava o celular pra digitar nele

...

Uma mulher entra e te olha com um olhar de surpresa e curiosa

Melissa: Oii, me chamo Melissa (ela vem até você e te oferece a mão pra comprimentar com um sorriso largo em seu rosto)

S/n: Me chamo Isabella, prazer em conhece - la senhora (cumprimentei sorridente também)

Melissa: Prazer também, me chame do jeito que você quiser e não precisa ficar tímida (ela te conforta te abraçando alegremente)

Logo ela se juntou a vocês pra jantar, mais como você já havia terminado... você deu boa noite a eles e foi pro seu quarto dormir e pensando em mil possibilidades do que poderia acontecer amanhã na escola, totalmente anciosa e afundada em seus pensamentos.

  • Próximo
  • Próximo

>UM NOVO DIA<

Layla: Isabella, acorda! *ela puxa meu edredom*

Isabella: Me deixa dormir *me cubri novamente pq estava tão confortavel, frio e calmo o ambiente, me fazendo ter mais preguica ainda*

A Layla por incrível que pareça não responde nada e eu ouço os passos dela, fiquei surpresa pq ela parece ser tão teimosa e energética, então foi estranho ela não fazer nada. Quando eu me virei olhei a claridade na janela em meu rosto, e ela no meu closet observando minhas roupas jogadas no chão e com expressão Pensativa.

Isabella: O que você fez com as minhas roupas? Poxa eu demorei pra arrumar Layla! você vai arrumar de novo to avisando...*me levanto ainda com preguiça e cruzando os braços*

Layla: Nenhuma serve... *ela ignora totalmente o que eu disse e sai do meu quarto me deixando mais confusa e com raiva ainda*

Me levanto e escovo os dentes e tomo um banho quente, eu já não estava mais com sono e preguiça e sim com muita felicidade e mais relaxada, pois hoje eu iria pra escola nova e tomei meu primeiro banho morno pq na minha outra casa era agua gelada mesmo, e o banho me fez estar mais relaxada e feliz.

Eu logo paro de sonhar acordada de tanto pensar, e saio do banheiro...

Layla: Pronto Bella! você tem esses conjuntos de opções, to sendo moh legal de te emprestar minhas roupas, e aliás isso não vai se repetir pq quando chegarmos da escola nós vamos pro shopping comprar roupas que prestem pra você

Isabella: Ta falando que minhas roupas não presta? *cruzo os braços com indignação*

Layla: Deixa, só esquece e escolha um pra ir, e seja rapida pq temos que tomar café da manhã ainda, e eu to aqui de pijama e com apenas 1 hora restando pra gente ir pra escola

S/n: Ta bom! Vai se vestir que eu vou escolher uma

Ela sai e eu visto a roupa que mais me agradou.

Qual? >UM NOVO DIA<

Layla: Isabella, acorda! *ela puxa meu edredom*

Isabella: Me deixa dormir *me cubri novamente pq estava tão confortavel, frio e calmo o ambiente, me fazendo ter mais preguica ainda*

A Layla por incrível que pareça não responde nada e eu ouço os passos dela, fiquei surpresa pq ela parece ser tão teimosa e energética, então foi estranho ela não fazer nada. Quando eu me virei olhei a claridade na janela em meu rosto, e ela no meu closet observando minhas roupas jogadas no chão e com expressão Pensativa.

Isabella: O que você fez com as minhas roupas? Poxa eu demorei pra arrumar Layla! você vai arrumar de novo to avisando...*me levanto ainda com preguiça e cruzando os braços*

Layla: Nenhuma serve... *ela ignora totalmente o que eu disse e sai do meu quarto me deixando mais confusa e com raiva ainda*

Me levanto e escovo os dentes e tomo um banho quente, eu já não estava mais com sono e preguiça e sim com muita felicidade e mais relaxada, pois hoje eu iria pra escola nova e tomei meu primeiro banho morno pq na minha outra casa era agua gelada mesmo, e o banho me fez estar mais relaxada e feliz.

Eu logo paro de sonhar acordada de tanto pensar, e saio do banheiro...

Layla: Pronto Bella! você tem esses conjuntos de opções, to sendo moh legal de te emprestar minhas roupas, e aliás isso não vai se repetir pq quando chegarmos da escola nós vamos pro shopping comprar roupas que prestem pra você

Isabella: Ta falando que minhas roupas não presta? *cruzo os braços com indignação*

Layla: Deixa, só esquece e escolha um pra ir, e seja rapida pq temos que tomar café da manhã ainda, e eu to aqui de pijama e com apenas 1 hora restando pra gente ir pra escola

S/n: Ta bom! Vai se vestir que eu vou escolher uma

Ela sai e eu visto a roupa que mais me agradou.

Qual?

>DESCOBRINDO COISAS NOVAS<

você calçou um tênis da adidas branco novo pq foi a única coisa que nova que conseguiu comprar pra você no Brasil antes de vir.

Melissa: Sente - se, eu e S/P estamos indo pro trabalho, coma algo antes de ir e espere a Layla pq vão junto pra escola no carro dela, boa sorte e tchau - ela pegou a bolsa com pressa e acenou pra você e a Layla enqaunto saia na porta.

você se sentou na mesa de jantar e S/P te deu um beijo na testa, e depois os dois acenaram e foram embora

Layla: Agora sim hein, ta linda. Os meninos vão babar

Isabella: kkk obrigada, você também ta linda.

vocês sorriram uma pra outra e preparam o café da manhã. Enquanto comiam já tinham se passado 3 minutos de um silêncio calmo e você resolveu falar

S/N: Do que o S/P e a Melissa trabalham? E me fale sobre o resto da família... sabe... eu queria saber sobre meus avós * eu estava bem curiosa pra saber mais tava com vergonha de perguntar*

Layla: A mãe e o S/P trabalham juntos, nosso avô é presidente e fundador da Lebranc's Enterprise, o S/P é o Gerente geral, e a mãe é a diretora executiva... resumindo essa frescura toda... a Leblancs tem em todo o país, e é a empresa mais rica da Rússia. Mais nosso avô cuida da empresa principal que fica em outro estado, enquanto S/P e a mãe trabalham na empresa da aqui, e a nossa avó já é aposentada pq ela era professora.

você até engasgou de susto e surpresa com o que ela disse, ela percebeu e deu uma risada

Layla: E alias, você é uma Leblanc, Por isso não deixei você ir com aquelas roupas que não fosse da nossa marca

S/N: Vixi, tem até uma marca de roupas nossa é?

Ela ficou rindo espontaneamente e respondeu

Layla: Não é exatamente isso, é que suas roupas não são de uma marca conhecida e usada pela família, só isso mesmo kkkk - *ela disse mexendo no celular e depois começou a cantar uma música, que parecia mais com grito do que canto*

você revirou os olhos por causa do comentário dela sobre as suas roupas, mais logo começou a rir dela cantando alto.

Depois... terminamos o café da manhã...

Ela pegou a chave do carro e deu vários espirros de perfume forte em vocês, te fazendo espirrar, depois vocês sairam de dentro de casa e foram pra garagem de casa, em direção ao carro dela, o carro dela também era chique (foto acima), com certeza você não se acostumar tã depressa com essa chiqueza, por isso não ia parar de ficar de impressionada e surpresa com tudo. Alias suas condições de antes eram bem mais baixas antes, mais agora...tudo mudou. >DESCOBRINDO COISAS NOVAS<

você calçou um tênis da adidas branco novo pq foi a única coisa que nova que conseguiu comprar pra você no Brasil antes de vir.

Melissa: Sente - se, eu e S/P estamos indo pro trabalho, coma algo antes de ir e espere a Layla pq vão junto pra escola no carro dela, boa sorte e tchau - ela pegou a bolsa com pressa e acenou pra você e a Layla enqaunto saia na porta.

você se sentou na mesa de jantar e S/P te deu um beijo na testa, e depois os dois acenaram e foram embora

Layla: Agora sim hein, ta linda. Os meninos vão babar

Isabella: kkk obrigada, você também ta linda.

vocês sorriram uma pra outra e preparam o café da manhã. Enquanto comiam já tinham se passado 3 minutos de um silêncio calmo e você resolveu falar

S/N: Do que o S/P e a Melissa trabalham? E me fale sobre o resto da família... sabe... eu queria saber sobre meus avós * eu estava bem curiosa pra saber mais tava com vergonha de perguntar*

Layla: A mãe e o S/P trabalham juntos, nosso avô é presidente e fundador da Lebranc's Enterprise, o S/P é o Gerente geral, e a mãe é a diretora executiva... resumindo essa frescura toda... a Leblancs tem em todo o país, e é a empresa mais rica da Rússia. Mais nosso avô cuida da empresa principal que fica em outro estado, enquanto S/P e a mãe trabalham na empresa da aqui, e a nossa avó já é aposentada pq ela era professora.

você até engasgou de susto e surpresa com o que ela disse, ela percebeu e deu uma risada

Layla: E alias, você é uma Leblanc, Por isso não deixei você ir com aquelas roupas que não fosse da nossa marca

S/N: Vixi, tem até uma marca de roupas nossa é?

Ela ficou rindo espontaneamente e respondeu

Layla: Não é exatamente isso, é que suas roupas não são de uma marca conhecida e usada pela família, só isso mesmo kkkk - *ela disse mexendo no celular e depois começou a cantar uma música, que parecia mais com grito do que canto*

você revirou os olhos por causa do comentário dela sobre as suas roupas, mais logo começou a rir dela cantando alto.

Depois... terminamos o café da manhã...

Ela pegou a chave do carro e deu vários espirros de perfume forte em vocês, te fazendo espirrar, depois vocês sairam de dentro de casa e foram pra garagem de casa, em direção ao carro dela, o carro dela também era chique (foto acima), com certeza você não se acostumar tã depressa com essa chiqueza, por isso não ia parar de ficar de impressionada e surpresa com tudo. Alias suas condições de antes eram bem mais baixas antes, mais agora...tudo mudou.

  • Continua
  • Continua

>PRIMEIRO DIA NA ESCOLA<

Quando chegou com a Layla vocês caminharam juntas e você deu graças a Deus que as pessoas não ficaram te encarando, pelo contrário, elas conversavam distraídas

Layla: Vou te apresentar meu namorado, ele é da sua sala e o resto dos meus amigos também

Isabella: Sério? Legal, espero que eu me dê bem com eles

Layla: Vai sim relaxa, a reputação deles é meio...

Ela para no meio do pátio e dá um sorriso sem mostrar os dentes olhando em uma direção

Isabella: O que foi? Pq parou no meio do pátio?

Layla olhou pra você e falou com você num tom baixo e tranquilo

Layla: Nada, só não arruma problemas com eles, principalmente com o dono da poha toda

Isabella: Quem? Porque?

Layla: Quando conhecer eles você vai entender

Isabella: Obrigado mesmo por me dar esse suspense (sarcasmo), mais pq você anda com o pessoal "problema" da escola menina?

Layla: Pq eu sou a namorada de um deles, e eles não são "problema" pra mim e logo pra você não será, apenas não arranje briga e fica tudo bem, relaxa eu to contigo mana

Isabella: Tomara...ta faltando uma coisa...

Layla: o que?

Isabella: Uma garota Antipática super linda que humilha nerds e se acha, faltou aparecer - disse em um tom de sarcasmo

Layla gargalhou alto fazendo as pessoas olharem pra nós, mais quando ela percebeu isso, deu um olhar mortal e séria a eles, fazendo com que voltassem a fazer o que estavam fazendo e disfarsarem, logo após ela segurou seu braço com força. você ficou confusa, mais quando ia falar algo...

Layla: Vitor! - diz abraçando em torno o pescoço de um garoto vestindo preto, ele faz o mesmo e abraça e a beija. >PRIMEIRO DIA NA ESCOLA<

Quando chegou com a Layla vocês caminharam juntas e você deu graças a Deus que as pessoas não ficaram te encarando, pelo contrário, elas conversavam distraídas

Layla: Vou te apresentar meu namorado, ele é da sua sala e o resto dos meus amigos também

Isabella: Sério? Legal, espero que eu me dê bem com eles

Layla: Vai sim relaxa, a reputação deles é meio...

Ela para no meio do pátio e dá um sorriso sem mostrar os dentes olhando em uma direção

Isabella: O que foi? Pq parou no meio do pátio?

Layla olhou pra você e falou com você num tom baixo e tranquilo

Layla: Nada, só não arruma problemas com eles, principalmente com o dono da poha toda

Isabella: Quem? Porque?

Layla: Quando conhecer eles você vai entender

Isabella: Obrigado mesmo por me dar esse suspense (sarcasmo), mais pq você anda com o pessoal "problema" da escola menina?

Layla: Pq eu sou a namorada de um deles, e eles não são "problema" pra mim e logo pra você não será, apenas não arranje briga e fica tudo bem, relaxa eu to contigo mana

Isabella: Tomara...ta faltando uma coisa...

Layla: o que?

Isabella: Uma garota Antipática super linda que humilha nerds e se acha, faltou aparecer - disse em um tom de sarcasmo

Layla gargalhou alto fazendo as pessoas olharem pra nós, mais quando ela percebeu isso, deu um olhar mortal e séria a eles, fazendo com que voltassem a fazer o que estavam fazendo e disfarsarem, logo após ela segurou seu braço com força. você ficou confusa, mais quando ia falar algo...

Layla: Vitor! - diz abraçando em torno o pescoço de um garoto vestindo preto, ele faz o mesmo e abraça e a beija.

  • Fiquei confusa mais comecei a mexer no celular
  • Só olhei pra eles tranquilamentee cruzando os braços
  • Me encostei em um armário ao meu lado esperando a Layla

>VITOR ACKLES<

Ao fazer isso o garoto chamado Vitor veio até você junto com mais 3 garotos, o resto te olha da cabeça aos pés e ele te encarava com um olhar ameaçador

Vitor: E você? Esta incomodando a Layla?

você ficou confusa e o olhou com expressão irônica

Layla: Para disso Vitor, ela é minha meia irmã seu idiota *disse rindo*

Ele mudou a expressão desafiadora de antes, pra uma expressao de quem esta arrependido

Vitor: Desculpa ae, sou o Vitor, qual seu nome?

Isabella: Isabella, agora... com licença eu tenho que ir procurar meu armário.

Layla: Espera eu vou te ajudar... - ia atras de você

Isabella: Não precisa, eu procuro, ta de boa

Ela parou e ficou com o namorado dela e o grupo deles, então você foi procurar, quando você finalmente olhou o número e viu qual era seu armário, você ia até ele, porém um garoto estava encostado nele na qual estava já te encarando enquanto conversava com mais 4 caras atrás e ao lado dele.

você foi até ele disse: >VITOR ACKLES<

Ao fazer isso o garoto chamado Vitor veio até você junto com mais 3 garotos, o resto te olha da cabeça aos pés e ele te encarava com um olhar ameaçador

Vitor: E você? Esta incomodando a Layla?

você ficou confusa e o olhou com expressão irônica

Layla: Para disso Vitor, ela é minha meia irmã seu idiota *disse rindo*

Ele mudou a expressão desafiadora de antes, pra uma expressao de quem esta arrependido

Vitor: Desculpa ae, sou o Vitor, qual seu nome?

Isabella: Isabella, agora... com licença eu tenho que ir procurar meu armário.

Layla: Espera eu vou te ajudar... - ia atras de você

Isabella: Não precisa, eu procuro, ta de boa

Ela parou e ficou com o namorado dela e o grupo deles, então você foi procurar, quando você finalmente olhou o número e viu qual era seu armário, você ia até ele, porém um garoto estava encostado nele na qual estava já te encarando enquanto conversava com mais 4 caras atrás e ao lado dele.

você foi até ele disse:

  • Com licença
  • Da espaço pra eu abrir o armário por favor?
  • Eii você ai... poderia desencostar do meu armário?
  • Sai da frente, esse é o meu armário
  • Eae? É meu armario, to com pressa, então da licença ae

>CHRIS CARSON<

Após você falar ele te encara com um olhar intenso e bem neutro, você se sentiu envergonhada pq ele e os amigos dele te encaravam sérios, alguns sorriam e outros faziam cara de tédio.

Isabella: Vai me dar licença ou ficar ai me encarando? - cruzei os braços

Ele não me respondeu e desencostou do seu armário e seus amigos se aproximaram ao lado dele, e outras pessoas olhavam e sussurravam como se houvesse o maior problema de eu estar apenas dizendo pra ele desencostar do meu armário. Ele não me olhou com um olhar frio ou desafiador como o Vitor, e sim me olhou com a expressão calma e neutra, como se não se importasse com nada do que eu dissesse agora, e não se sentia nem um pouco tímido como outras pessoas se sentiriam quando eram flagradas encarando demais.

Quando eu já estava certa de que ele não ia me responder uma sequer palavra e apenas ficar me encarando, então ele falou...

Chris: Eae novata, Qual seu nome?

Eu finjo estar calma mais por dentro estou com muita vergonha e respondo ele calmamente

S/N: Sou a Isabella - fiquei olhando pra ele e os amigos dele, tentando não ficar corada com todos me encarando

Chris: Hm, eu já sabia, so estava confirmando. Até, Bella Leblanc

Eu fiquei totalmente irritada por ele ter me apelidado de Bella, logo assim sem nem ter intimidade comigo, aff. Talvez ele saiba quem eu sou através da minha irmã, pelo visto ele parece ser "o dono da poha toda" que ela citou, mais eu não vou ficar com medo dele, afinal eu estou em uma escola né, nada pode acontecer comigo.

Um amigo dele ia saindo e ele foi junto com o resto, enquanto iam, as garotas piscavam enquanto ele passava, e outas me afuzilavam com os olhos. Enquanto os caras se afastavam quando ele passava pelo pátio com a expressão neutra de antes.

Fiquei encarando ele andando pra frente mais o sino tocou e logo parei, eu abri meu armário e fui procurar a sala pra aula de Matemática.

Aparência do Chris: >CHRIS CARSON<

Após você falar ele te encara com um olhar intenso e bem neutro, você se sentiu envergonhada pq ele e os amigos dele te encaravam sérios, alguns sorriam e outros faziam cara de tédio.

Isabella: Vai me dar licença ou ficar ai me encarando? - cruzei os braços

Ele não me respondeu e desencostou do seu armário e seus amigos se aproximaram ao lado dele, e outras pessoas olhavam e sussurravam como se houvesse o maior problema de eu estar apenas dizendo pra ele desencostar do meu armário. Ele não me olhou com um olhar frio ou desafiador como o Vitor, e sim me olhou com a expressão calma e neutra, como se não se importasse com nada do que eu dissesse agora, e não se sentia nem um pouco tímido como outras pessoas se sentiriam quando eram flagradas encarando demais.

Quando eu já estava certa de que ele não ia me responder uma sequer palavra e apenas ficar me encarando, então ele falou...

Chris: Eae novata, Qual seu nome?

Eu finjo estar calma mais por dentro estou com muita vergonha e respondo ele calmamente

S/N: Sou a Isabella - fiquei olhando pra ele e os amigos dele, tentando não ficar corada com todos me encarando

Chris: Hm, eu já sabia, so estava confirmando. Até, Bella Leblanc

Eu fiquei totalmente irritada por ele ter me apelidado de Bella, logo assim sem nem ter intimidade comigo, aff. Talvez ele saiba quem eu sou através da minha irmã, pelo visto ele parece ser "o dono da poha toda" que ela citou, mais eu não vou ficar com medo dele, afinal eu estou em uma escola né, nada pode acontecer comigo.

Um amigo dele ia saindo e ele foi junto com o resto, enquanto iam, as garotas piscavam enquanto ele passava, e outas me afuzilavam com os olhos. Enquanto os caras se afastavam quando ele passava pelo pátio com a expressão neutra de antes.

Fiquei encarando ele andando pra frente mais o sino tocou e logo parei, eu abri meu armário e fui procurar a sala pra aula de Matemática.

Aparência do Chris:

>O ESBARRO DO AZAR/SORTE<

Peguei meus livros, guardei na mochila que meu pai havia presenteado a mim hoje, e fui direto pra aula de matemática na sala 73, no meio da aula recebo uma mensagem da Layla, eu coloquei meu celular embaixo da carteira olhando em volta pra me certificar que ninguém ia ver e li:

Layla: Me encontre na frente do seu armário que nós iremos comprar algo pra comer no refeitorio e depois nós vamos pro campo de futebol lanchar com o pessoal, não se preocupe só estará líderes de torcida ensaiando la então não vai ter bagunça, até.

Eu apenas mandei um "ok" pra ela e continuei prestando atenção na aula.

Quando a aula acabou, eu ia saindo mais... eu, burra esqueci onde fica meu armário, vou ir olhando os números pra encontrar ele, a Layla tentou facilitar pra eu não me perder na escola mandando eu ir no lugar que eu deveria saber onde fica, que é o armário né, mais eu nn facilitei nada e esqueci, aff! - pensei

Enquanto eu andava olhando cada número de armário tentando achar o meu, o garoto de antes esbarrou em mim, também distraído mexendo no celular

Chris: Presta atenção! - ele pegou o celular dele
Meio irritado pq que havia caído no chão

Isabella: você quem deveria, a culpa não é toda minha, não sou eu quem estava mexendo no celular!

Chris: Não enche - fez expressão de tédio enquanto olhava a tela do celular que por sorte, não rachou e nem quebrou.

Isabella: você que me trata com ignorância e sou eu quem encho? - revirei os olhos

Chris: Bella, se você fosse menos tagarela eu não seria ignorante - disse num tom de sarcasmo e dando um sorriso atraente

Infelizmente eu adorei o sorriso, mais odiei esse garoto, então não vou me importar nem com a reputação desse idiota e nem dar liberdade pra ele me pertubar

Isabella: Argh! pode pelo menos me ajudar em algo e me mostrar o refeitório? (Layla deve ter cansado de me esperar e deve ter ido pro refeitório - pensamento)

Ele fez um sinal pra segui - lo levantando uma sobrancelha pra um lado, e começou a caminhar e não manteve contato visual comigo, que ao contrário de mim ficava olhando cada traço do rosto dele, eu achei ele lindo demais, deve ser por isso que as garotas me olham estranho, afinal ele parece ser o típico "jogador de futebol popular super gato" só que em versão "bad boy".

Enquanto íamos andando, continuaram a me olhar estranho e eu dessa vez fiz expressão de tédio fingindo não ligar, mais no fundo eu to gritando de vergonha pq odeio ser encarada.

Chegamos no refeitório e eu escolhi comprar: >O ESBARRO DO AZAR/SORTE<

Peguei meus livros, guardei na mochila que meu pai havia presenteado a mim hoje, e fui direto pra aula de matemática na sala 73, no meio da aula recebo uma mensagem da Layla, eu coloquei meu celular embaixo da carteira olhando em volta pra me certificar que ninguém ia ver e li:

Layla: Me encontre na frente do seu armário que nós iremos comprar algo pra comer no refeitorio e depois nós vamos pro campo de futebol lanchar com o pessoal, não se preocupe só estará líderes de torcida ensaiando la então não vai ter bagunça, até.

Eu apenas mandei um "ok" pra ela e continuei prestando atenção na aula.

Quando a aula acabou, eu ia saindo mais... eu, burra esqueci onde fica meu armário, vou ir olhando os números pra encontrar ele, a Layla tentou facilitar pra eu não me perder na escola mandando eu ir no lugar que eu deveria saber onde fica, que é o armário né, mais eu nn facilitei nada e esqueci, aff! - pensei

Enquanto eu andava olhando cada número de armário tentando achar o meu, o garoto de antes esbarrou em mim, também distraído mexendo no celular

Chris: Presta atenção! - ele pegou o celular dele
Meio irritado pq que havia caído no chão

Isabella: você quem deveria, a culpa não é toda minha, não sou eu quem estava mexendo no celular!

Chris: Não enche - fez expressão de tédio enquanto olhava a tela do celular que por sorte, não rachou e nem quebrou.

Isabella: você que me trata com ignorância e sou eu quem encho? - revirei os olhos

Chris: Bella, se você fosse menos tagarela eu não seria ignorante - disse num tom de sarcasmo e dando um sorriso atraente

Infelizmente eu adorei o sorriso, mais odiei esse garoto, então não vou me importar nem com a reputação desse idiota e nem dar liberdade pra ele me pertubar

Isabella: Argh! pode pelo menos me ajudar em algo e me mostrar o refeitório? (Layla deve ter cansado de me esperar e deve ter ido pro refeitório - pensamento)

Ele fez um sinal pra segui - lo levantando uma sobrancelha pra um lado, e começou a caminhar e não manteve contato visual comigo, que ao contrário de mim ficava olhando cada traço do rosto dele, eu achei ele lindo demais, deve ser por isso que as garotas me olham estranho, afinal ele parece ser o típico "jogador de futebol popular super gato" só que em versão "bad boy".

Enquanto íamos andando, continuaram a me olhar estranho e eu dessa vez fiz expressão de tédio fingindo não ligar, mais no fundo eu to gritando de vergonha pq odeio ser encarada.

Chegamos no refeitório e eu escolhi comprar:

  • Escolho esse com certeza😚😚😚
    Escolho esse com certeza😚😚😚
  • Amo hamburguer☺☺☺
    Amo hamburguer☺☺☺
  • Batata frita...adorooo😃😃😃
    Batata frita...adorooo😃😃😃
  • Skiny sem duvidas😛😛😛
    Skiny sem duvidas😛😛😛
  • Milkshake, sou vermenta msm😋
    Milkshake, sou vermenta msm😋
  • Obviamente escolho pizza né amadah😏😒😋
    Obviamente escolho pizza né amadah😏😒😋

>MARIA COULTHY E ARTHUR PETERSON<

Depois de comprarmos, ele também escolheu algo pra comer e quando chegamos no campo a Layla estava la com mais ou menos umas 6 pessoas.

Layla: Eae - ela disse abraçada no Vitor e acenando pra vocês

Eu me sentei ao lado dela na arquibancada enquanto o garoto que veio comigo sentou ao lado dos amigos dele, o resto ficaram olhando pra mim da cabeça aos pés

Layla: Gente, conheçam minha meia - irmã, a Isabella, e sem essa de dizer "ela não tem permissão pra andar com a gente" pq não vai rolar - disse abraçando meu ombro

Arthur: Xiu Layla, Oii gatinha, Posso te chamar de Bella? - da um sorriso perverso e diz saindo fumaça de sua boca após tirar o cigarro

Isabella: Tudo bem, pelo menos você pediu permissão pra isso - olhei pro Chris com um olhar debochado e ele deu um sorriso de canto pra mim

Maria: Como sempre vocês não sabem tratar com respeito a uma garota e sao pervertidos, bom... prazer eu me chamo Maria, esse é o Chris, Arthur... (ela apontava apresentando o resto que estava la)

Depois eu sorri pra todos e comecei a lanchar e o resto fez o mesmo

Depois do lanche... Eu e a Layla caminhávamos juntas pelo pátio....

Layla: Vamos pro shopping como prometido, e também mais tarde vamos a uma festa na casa do Vitor, você vai ne!? - ela disse animada

Isabella: Okay, então vamos.

Depois...Compramos mais de 30 peças de roupa e sem contar com sapatos, bolsas e acessórios que até perdir as contas do quanto que ela me fez comprar... ao chegar em casa... >MARIA COULTHY E ARTHUR PETERSON<

Depois de comprarmos, ele também escolheu algo pra comer e quando chegamos no campo a Layla estava la com mais ou menos umas 6 pessoas.

Layla: Eae - ela disse abraçada no Vitor e acenando pra vocês

Eu me sentei ao lado dela na arquibancada enquanto o garoto que veio comigo sentou ao lado dos amigos dele, o resto ficaram olhando pra mim da cabeça aos pés

Layla: Gente, conheçam minha meia - irmã, a Isabella, e sem essa de dizer "ela não tem permissão pra andar com a gente" pq não vai rolar - disse abraçando meu ombro

Arthur: Xiu Layla, Oii gatinha, Posso te chamar de Bella? - da um sorriso perverso e diz saindo fumaça de sua boca após tirar o cigarro

Isabella: Tudo bem, pelo menos você pediu permissão pra isso - olhei pro Chris com um olhar debochado e ele deu um sorriso de canto pra mim

Maria: Como sempre vocês não sabem tratar com respeito a uma garota e sao pervertidos, bom... prazer eu me chamo Maria, esse é o Chris, Arthur... (ela apontava apresentando o resto que estava la)

Depois eu sorri pra todos e comecei a lanchar e o resto fez o mesmo

Depois do lanche... Eu e a Layla caminhávamos juntas pelo pátio....

Layla: Vamos pro shopping como prometido, e também mais tarde vamos a uma festa na casa do Vitor, você vai ne!? - ela disse animada

Isabella: Okay, então vamos.

Depois...Compramos mais de 30 peças de roupa e sem contar com sapatos, bolsas e acessórios que até perdir as contas do quanto que ela me fez comprar... ao chegar em casa...

  • Continua
  • Continua

>A FESTA<

Enquanto estávamos jantando...

Layla: Podemos ir a uma festa na casa do Vitor? Eu sou responsável então eu vou cuidar bem da Bella não se preocupem

S/P e Melissa se olharam em duvida mais responderam

S/P: Tudo bem, mais tenham juízo, voltem antes das 01:00am, pq vocês vão pra escola amanhã e sabem que estão ferradas pra acordar. E se fizerem besteira nunca mais saem de casa, to confiando em vocês, Ah! E nem preciso dizer pra tomar cuidado com as pessoas de la, fiquem atentas. - ele disse e nós disfarçamos a careta e apenas concordamos com a cabeça

Melissa: Sim, e qualquer coisa liguem pra nós.

Isabella e Layla: Ta bom

Terminei a janta e subi para o meu quarto pra tomar um banho e me arrumar pra festa

Look que vou usar: >A FESTA<

Enquanto estávamos jantando...

Layla: Podemos ir a uma festa na casa do Vitor? Eu sou responsável então eu vou cuidar bem da Bella não se preocupem

S/P e Melissa se olharam em duvida mais responderam

S/P: Tudo bem, mais tenham juízo, voltem antes das 01:00am, pq vocês vão pra escola amanhã e sabem que estão ferradas pra acordar. E se fizerem besteira nunca mais saem de casa, to confiando em vocês, Ah! E nem preciso dizer pra tomar cuidado com as pessoas de la, fiquem atentas. - ele disse e nós disfarçamos a careta e apenas concordamos com a cabeça

Melissa: Sim, e qualquer coisa liguem pra nós.

Isabella e Layla: Ta bom

Terminei a janta e subi para o meu quarto pra tomar um banho e me arrumar pra festa

Look que vou usar:

>UM NOVO PRESENTE<

Eu tomei um banho e vesti minha roupa, então ouso o barulho da porta

Melissa: Oiii vim te entregar um presente

Isabella: Sério? - olhei curiosa pra ela enquanto ela vinha até mim se sentando no canto da cama

Melissa: Seu pai e eu vimos seu celular rachado e já meio velho, então compramos esse celular pra você *me entregou a caixa*

Isabella: Obrigada! - Eu abri e vi um Iphone 11, eu fiz uma expressão surpresa e feliz

Melissa: Não precisa agradecer... vou indo pra você se arrumar.

Antes de ela ir eu dou um abraço em agradecimento e ela da um sorriso gentil e vai em direção a porta, e fecha enquanto sai.

Percebi o quanto eu tenho sorte de ter uma família tão legal comigo, caiu até uma lagrima de felicidade pelo celular também, é claro kkkkk

Enquanto eu baixava todos os aplicativos nele, acessava todas as minhas contas de redes sociais e etc... a Layla entra

Layla: parabéns pelo celular, Ta pronta pra ir? *se senta ao meu lado na cama enquanto digitava no celular dela concentrada*

Isabella: Estou, só vou vestir um calçado

Fui ao closet e vi um que combinava com meu look e que gostei bastante, então decidi usar: >UM NOVO PRESENTE<

Eu tomei um banho e vesti minha roupa, então ouso o barulho da porta

Melissa: Oiii vim te entregar um presente

Isabella: Sério? - olhei curiosa pra ela enquanto ela vinha até mim se sentando no canto da cama

Melissa: Seu pai e eu vimos seu celular rachado e já meio velho, então compramos esse celular pra você *me entregou a caixa*

Isabella: Obrigada! - Eu abri e vi um Iphone 11, eu fiz uma expressão surpresa e feliz

Melissa: Não precisa agradecer... vou indo pra você se arrumar.

Antes de ela ir eu dou um abraço em agradecimento e ela da um sorriso gentil e vai em direção a porta, e fecha enquanto sai.

Percebi o quanto eu tenho sorte de ter uma família tão legal comigo, caiu até uma lagrima de felicidade pelo celular também, é claro kkkkk

Enquanto eu baixava todos os aplicativos nele, acessava todas as minhas contas de redes sociais e etc... a Layla entra

Layla: parabéns pelo celular, Ta pronta pra ir? *se senta ao meu lado na cama enquanto digitava no celular dela concentrada*

Isabella: Estou, só vou vestir um calçado

Fui ao closet e vi um que combinava com meu look e que gostei bastante, então decidi usar:

Após ficar pronta me olhei no espelho e peguei meu celular e desci as escadas, vendo S/P assistindo tv e Melissa lendo uns papéis ao lado dele no sofá, eles vieram até mim e me deram um beijo na testa e acenaram pra mim enquanto eu ia até o carro com a Layla

Na festa...

Layla: Hoje você não vai desgrudar de mim, vem vamos pegar uma cerveja

Isabella: Mais se eu ver você e o Vitor na melação eu não vou ficar aqui parada segurando vela não

Layla: Kkkkk deixa de besteira menina

Maria: Helooo galera - ela abraça o ombro da Layla

Isabella: Oii

Arthur: Eae Bella, vamos dançar povo - ele diz fumando cigarro e indo em direção a multidão

Vitor: Eae bb - ele beija a Layla

Isabella: Vou fugir enquanto posso - me viro pra ir em direção ao meio da multidão dançando

Vitor: Volta aqui, tu vai sentar comigo e o pessoal vem - ele puxa meu pulso de leve e abraçado no ombro da Layla vai levando a gente em direção ao sofá

você, Vitor, Layla, Maria, Arthur e mais algumas pessoas da gangue deles se sentaram no sofá e alguns na cadeira.

Maria: cadê o Chris?

Arthur: Ele tava dando uns pega na prostituta da Jessie no canto da festa mais um garoto chega com mais 2 caras dizendo que era namorada dele, ai tu sabe... o Chris deu tanta porrada nele, e agora o Chris ta na cozinha arrumando o machucado no punho dele.

Layla: Poha... chamar atenção é com ele mesmo

Eu e o Vitor não dissemos mais nada e apenas continuamos bebendo tranquilos. então eu vejo o pessoal da multidão que estava dancando se dividindo em 2 e se afastando, fiquei confusa e logo vi o Chris vindo em direção a nós.

.... Após ficar pronta me olhei no espelho e peguei meu celular e desci as escadas, vendo S/P assistindo tv e Melissa lendo uns papéis ao lado dele no sofá, eles vieram até mim e me deram um beijo na testa e acenaram pra mim enquanto eu ia até o carro com a Layla

Na festa...

Layla: Hoje você não vai desgrudar de mim, vem vamos pegar uma cerveja

Isabella: Mais se eu ver você e o Vitor na melação eu não vou ficar aqui parada segurando vela não

Layla: Kkkkk deixa de besteira menina

Maria: Helooo galera - ela abraça o ombro da Layla

Isabella: Oii

Arthur: Eae Bella, vamos dançar povo - ele diz fumando cigarro e indo em direção a multidão

Vitor: Eae bb - ele beija a Layla

Isabella: Vou fugir enquanto posso - me viro pra ir em direção ao meio da multidão dançando

Vitor: Volta aqui, tu vai sentar comigo e o pessoal vem - ele puxa meu pulso de leve e abraçado no ombro da Layla vai levando a gente em direção ao sofá

você, Vitor, Layla, Maria, Arthur e mais algumas pessoas da gangue deles se sentaram no sofá e alguns na cadeira.

Maria: cadê o Chris?

Arthur: Ele tava dando uns pega na prostituta da Jessie no canto da festa mais um garoto chega com mais 2 caras dizendo que era namorada dele, ai tu sabe... o Chris deu tanta porrada nele, e agora o Chris ta na cozinha arrumando o machucado no punho dele.

Layla: Poha... chamar atenção é com ele mesmo

Eu e o Vitor não dissemos mais nada e apenas continuamos bebendo tranquilos. então eu vejo o pessoal da multidão que estava dancando se dividindo em 2 e se afastando, fiquei confusa e logo vi o Chris vindo em direção a nós.

....

  • ...continua
  • ...continua
Continua... Refazer

Continua...

Postei o elenco no meu perfil

Flw 😜😜😜

Compartilhar

Continua... Refazer

Continua...

Postei o elenco no meu perfil

Flw 😜😜😜

Compartilhar

Calculando Resultado

Publicidade

clock facebook twitter whatsapp redo search x home profile pencil logout quiz list test user star