Criar Quiz
Criar Quiz
Situações que todo o leitor ávido já enfrentou na vida!

Situações que todo o leitor ávido já enfrentou na vida!

Tags : Leitores leitura Livros

Se você, assim com eu, ama ler, já deve ter passado por diversos perrengues, dramas, momentos desconfortáveis e certos bloqueios. Com base em nossas vidas caóticas e experiências literárias fantásticas, este artigo irá listar diversas situações pelo qual todo leitor ávido passa, desde momentos embaraçosos a percas de memória inoportunas.

Compartilhar

1 Interrupções Desnecessárias

Interrupções Desnecessárias

"Oieeeee!"
"...oi."
"Tudo bem?"
"Mais ou menos."
"Por que? Aconteceu alguma coisa?"
"Sim..."
"O QUE?"
"Você."

Este é o clássico momento no qual somos pegos de surpresa pela realidade. Alguém aparece do nada, querendo conversar, justamente no momento em que você está lendo um livro. Em casos mais infelizes, você se localiza na melhor parte do livro, ou simplesmente tem de pausar a leitura NO MEIO DE UM CAPÍTULO para ouvir a respeito de pessoas reais, problemas reais, dramas reais, vida real. Ugh.

2 "A posição perfeita". Um drama baseado em fatos reais.

"A posição perfeita". Um drama baseado em fatos reais.

Você pega o livro e começa lendo sentado. Em poucos segundos, suas costas começam a se curvar. Você percebe a notável perca de postura e se corrige, mas logo está corcunda novamente. Decide se deitar. Vira pro lado direito e vai soltando as páginas lentamente, para que caiam dando visibilidade à leitura, que passa a ser "lateral". Vira pro lado esquerdo. Levanta o livro acima do rosto. O livro cai. Bem na sua CARA. Você se recompõe e apanha o livro. Você perdeu a página (não pelo fato de estar sem marcação, mas por que o marcador foi parar em Nárnia ou sabe-se se lá aonde). Tem uma breve lembrança do número da página estar na casa dos 50. Vai até lá. Lê algo e localiza o ponto. Algumas páginas depois: você estava bem a frente na história, no caso, estava lendo tudo de novo. Se senta novamente. A preguiça vem e logo, está deitado. Uma perna atrás da cabeça e outra cambaleando no ar. Decide deitar de bruços. Agora sim. Ou será que não? Mas é claro que não, né? As suas costas começam a doer. Você pega algo e coloca abaixo do corpo, na região da barriga. Que alívio. Porém que sono. Droga! Um bocejo ou outro, você se pune levantando de novo. É um ciclo sem fim.

3 "aH, MaS é sÓ uM LiVrO!"

"aH, MaS é sÓ uM LiVrO!"

Não meu querido(a), não é SÓ um livro. É uma experiência. Algo transformador. Nos informa, nos transmite conhecimento. Nos livra da ignorância e nos torna mais humanos. Nos ensina a compreender as mais densas e complexas emoções através da mudança de perspectiva. Nos mostra o que está por trás das fronteiras estabelecidas pelo constante medo do desconhecido. É fantástico!

4 "Desse jeito vai ser solitário(a) pelo resto da vida!"

"Desse jeito vai ser solitário(a) pelo resto da vida!"

Solitário? Eu?
Nas últimas semanas estive tão ocupado(a) socialmente! Tive de ajudar alunos de uma escola exótica a conjurar feitiços, sair em uma aventura inesperada com um mago excêntrico e várias pessoas pequenas e irritantes (com pés excepcionalmente grandes), batalhei contra um palhaço medonho ao lado de uma gangue diversificada, participei de um jogo mortal de sobrevivência e entrei para uma equipe de pessoas extraordinárias!

5 "Esses livros surreais não ensinam é NADA."

"Esses livros surreais não ensinam é NADA."

Ok. Eu devo concordar com você.
Até por que eu não aprendi ABSOLUTAMENTE nada com livros que pregam sobre a verdadeira amizade, o significado do amor, a importância da empatia, a beleza do inexplorado, a relevância do conhecimento, o hábito de pensar e repensar antes de qualquer situação, amar a si mesmo e aceitar os outros como eles são, independente do quão diferentes eles sejam.

6 Ir para um lugar e esquecer de levar o livro

Ir para um lugar e esquecer de levar o livro

Dentro dos pensamentos: "Esse lugar tá com uma atmosfera exaustiva e entediante. Tá na hora de pegar o livro e fugir dessa bagaça" *abre a mochila, bolsa, etc* "Uepa. Cadê?" *olha pro nada e deseja do fundo do coração que esteja apenas difícil de encontrar o seu amado tesouro* "Não é possível..." *respira fundo* "Ok. Não irei entrar em pânico. Eu consigo sobreviver, sou capaz de viver na vida real por mais alguns minutinhos" *o tempo passa* "Tudo ok ainda" >> por dentro: GRITOS INTERNOS.

7 Personagens T A P A D O S

Personagens T A P A D O S

Tipos de pensamentos que leitores possuem durante uma leitura agitada >>
Quando o personagem se arrisca: "Hum, esse personagem tá um pouco confuso. Opa, ele falou algo insensato. Já sei que vai fazer cagada."
Quando o personagem abre o jogo antes de executar o plano: "Mas o que? Para com essa droga agora mesmo, sua pamonha! Não ouse...Não...RAPAZ! Não teste a minha paciência, jovem."
Quando o personagem é trouxa: "Não cara, não corre atrás dela!" *personagem corre atrás dela* "Depois não me diz que não avisei."
Quando o personagem entra em lugares assustadores, amaldiçoados ou simplesmente sem luminosidade: "Não entra aí! Não, não entra....Entrou. Viu? Não me escuta mesmo. Vai se lascar rapidinho."
Quando o personagem entra em um local proibido e na hora de cair fora acaba se distraindo com algum objeto místico ou documentos reveladores (que obviamente não irão sair dali tão cedo): "Saí dessa porcaria antes que te vejam!"
Quando o personagem chora por TUDO: "Para de chorar, você se vitimiza demais!" (porém ele é injustiçado em 80% do livro): "Mas pensando bem, trate de se impor mais vezes!"
Quando o personagem sistematiza até o café da manhã: "Para de revisar as pistas, resolve o mistério logo!" (entretanto, você ama as sínteses minuciosas dele): "Não se apressa, quero entender a história."

8 Número de páginas lidas: 10 - Total de informações absorvidas: 0.

Número de páginas lidas: 10 - Total de informações absorvidas: 0.

"Tô com a cabeça cheia, bora ler para acalmar os nervos."
*começa a ler* *ouve alguns barulhos externos e presta atenção na natureza deles* *começa a cantarolar uma música* *pensa por um breve segundo em uma das muitas responsabilidades* *lembra de algo que deixou de fazer* *sente culpa por não ter feito* *decide deletar tudo o que acabara de pensar* *percebe, finalmente, que perdeu o fio da meada*
"Eita. Mas quem raios é George? De onde ele veio? Nunca nem vi."
*começa a ler de novo* *acaba de ler tudo que houvera perdido quando estava com a cabeça nas nuvens* *levanta a cabeça e inspira fundo*
"Maravilha. Não entendi nada de novo."

9 N o m o n e y (sem dinheiro*)

N o m o n e y (sem dinheiro*)

________________________________________________________________________________
Status: Casado ( )
Solteiro ( )
Namorando ( )
Sem dinheiro para zerar a wishlist do mês ( X )
________________________________________________________________________________

Estar sem dinheiro para comprar livros novos é praticamente uma tortura para um apaixonado por leitura. E para piorar temos a mania sem nexo de encher o carrinho de compras sem quaisquer destino exato a não ser para adicionar uma zona de "Quase comprou" na aba inicial do site.

10 Imaginar a adaptação cinematográfica de seu livro favorito (ou qualquer um que você gostar muito))

Imaginar a adaptação cinematográfica de seu livro favorito (ou qualquer um que você gostar muito))

Quando bate a insônia, uns vão para o celular ver inúmeros memes que não levarão a lugar nenhum. Mas não nós... (*quer dizer, as vezes fazemos isso também. Na verdade sempre fazemos, mas isso não é hora para exibir meu orgulho*). Preferimos olhar para o teto e pensar em como ficaria o filme baseado em um livro maravilhoso que lemos. Mas nem sempre as fantasias se limitam a filmes. Certas histórias se expandem por tantas pontas que dariam ótimas séries. E sim, imaginamos CADA EPISÓDIO. Os figurinos, a trilha sonora, o elenco, a fotografia e nem menos importante: as referências a produção literária.

Compartilhar

clock facebook twitter whatsapp search x home profile pencil logout quiz list test user star