Criar Quiz
Criar Quiz
Publicidade
Monte Seu Romance Maze Runner

Monte Seu Romance Maze Runner

Tags : The Maze Runner Maze Runner Romance Amor

ATENÇÃO: Contém spoilers de "Maze Runner - A Cura Mortal"
Escolha seu destino em uma jornada amorosa com os personagens de Maze Runner. Suas escolhas determinarão o resultado final.

Iniciar o Quiz
Incorporar
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • Ad

Já faz 1 mês que você está no Refúgio Seguro. Ainda não superou a morte de Newt, por que como poderia? É apaixonada/o por ele, e agora seu primeiro amor foi embora.
De qualquer forma, precisa se manter forte, pelos outros. Thomas, Minho, Gally, Caçarola, todos estão bem. E isso já é uma grande vitória.
Hoje, Thomas e Gally vão caçar peixes no mar, para comer no café da manhã de amanhã. Então, hoje a noite, você vai comer sozinha com Minho.
Chegado o momento, se senta na areia, ao lado do menino, e vocês começam a conversar.
Quando um silêncio gelado se instala, você olha para o céu estrelado. O vento frio lhe banha as faces, e uma tristeza oprime seu coração.
- Você pode cantar minha música preferida? - pergunta Minho.
- Claro - responde, e começa a cantarolar os versos que sabe tão bem.
O que eles significam?

  • Você usa da canção, que fala sobre despedidas, para dar um último adeus a todos os companheiros que perdeu. Alby, Chuck, Winston, Teresa, Newt... Principalmente Newt. É hora de seguir em frente e honrá-los. Você tem certeza de que é isso que eles gostariam que você fizesse: ser feliz, porque é o que todos vocês merecem, depois de tanto sofrimento.
  • A música, que fala de um amor eterno, simbolizam exatamente o que você pensa: não vai deixar de amar Newt, não importa o que aconteça. Em algum momento, vai ter que voltar a viver, mas nunca vai conseguir se apaixonar por outra pessoa do jeito que amou Newtie. É simplesmente impossível.

No dia seguinte, depois de acordar e tomar um banho quente, vai para a cantina tomar café da manhã.
Ao chegar lá, encontra Caçarola cozinhando, e todos os outros espalhados por várias mesas. Você rapidamente se encaminha para o lado de Thomas, Minho e Jorge, e lá se senta.
- Bom dia - diz.
Todos os outros retribuem.
Depois de um tempo, enquanto o barulho do falatório é quase ensurdecedor, Minho sussurra, alto o suficiente para apenas você ouvir:
- Obrigado por ter cantado ontem a noite. Sua voz me traz paz - e coloca a mão sobre a sua.
Ele parece genuinamente grato, como se a música houvesse tirado um peso de seus ombros. Mas, quando suas mãos se tocam, é como se uma espada tivesse atravessado seu coração. Você não sabe o que significa, mas com certeza foi algo que você nunca havia sentido antes, pelo menos desde... Desde Newt.

  • Sorri de volta, retribui o aperto de mão e, assim que possível, levanta e o abraça. Depois, sugere que vocês se encontrem mais vezes durante a noite para cantar e relaxar.
  • Afasta a mão o mais rápido que posso. Só... não parece certo.

Naquele mesmo dia, de tarde, Thomas te convida para caçar peixes. Você sugere que os dois tomem um banho de mar mas que não matem nenhum animal, pois, apesar de comê-los depois, não se sente confortável presenciando a morte de nenhum ser vivo. Ele concorda.
Então, pela primeira vez desde que se lembra por gente, se diverte. E muito. Tem um dia ótimo, e é um alívio e uma bênção finalmente poder se sentir tranquila, despreocupada, relaxada.
Você e Thomas jogam água um no outro, nadam e dão muita risada. Ao final, estão exaustos, porém muito felizes. A paz do momento inebria seus sentidos.
Enquanto está voltando para a areia, se pega pensando em como Tommy é importante para você. Nunca saiu de seu lado, nem por um momento e, por mais que ele sempre fique falando de como seu passado foi horrível, que ele trabalhou pro CRUEL, nada mais disso importa. Porque ele está arrependido, e é uma nova pessoa. Isso já é o suficiente.
Quando finalmente chega em seu quarto, você começa a divagar sobre onde gostaria de estar, para ter um dia perfeito. Afinal, depois de todo horror pelo que passou, merecia muito um descanso. Onde é esse lugar?

  • Um piquenique num parque.
  • Uma balada para se distrair de seus problemas.
  • Algum lugar nas montanhas, onde você possa ficar sozinha e desfrutar de sua própria companhia.
  • Onde quer que Newt esteja.

Duas semanas se passam, e os dias são monótonos porém deliciosos. O fato de que podem, pela primeira vez em suas vidas, parar de fugir, de lutar, e finalmente descansar, torna o Refúgio Seguro um lugar de muita harmonia. Todos se amam muito.
Você está olhando para o mar, sentada na areia, quando percebe Minho se aproximando.
- Preciso falar com você - parece nervoso.
- Tudo bem, me dá cinco minutos pra eu pegar alguma coisa pra comer no Caçarola - responde.
Ele assente e vai embora, ansioso.
Assim que entra na cantina, avista Thomas vindo em sua direção.
- Preciso muito falar com você - diz.
"Eita, mais um", você pensa, e responde:
- Tudo bem. Já te encontro no seu quarto.
Agora a pergunta é: qual dos dois você encontra primeiro?

  • Thomas
  • Minho

No fim das contas, você acaba não tendo muita escolha, já que Thomas te implora para ir agora falar com ele. Quase sai te puxando pelo braço, mas é um homem respeitoso e não quer te deixar desconfortável.
De qualquer maneira, você o acompanha, pensando "Bom, o Minho vai ter que ficar para daqui a pouco".
Chegando lá, Tommy fecha a porta, coloca as mãos na cabeça e sussurra:
- Eu te amo.
Você estaca. Seu corpo, paralisado, parece que recebeu um choque de tanta surpresa. "Talvez ele esteja apenas precisando de amparo, amor, carinho; pode ser só carência. Todos estamos carentes, pelo menos um pouco", pensa. Mas, quando o encara nos olhos, percebe que você está errada. O menino realmente fala a verdade: não é desespero, nem carência, nem nada do tipo: Thomas te ama. Está genuinamente apaixonado, e ansiosíssimo para ouvir sua resposta.
Depois de vários segundos de silêncio, você responde. Mas o que fala?

  • - Tommy, eu te amo. Sou apaixonada por você desde aquele dia que fomos tomar banho de mar. Foi o momento mais incrível da minha vida, quando eu percebi que podia ser feliz. Apesar de todo o nosso passado, nós podemos ser felizes. Juntos.
  • - Thomas, como assim? Eu... eu realmente não sabia... - tenta, de toda forma, se explicar e se desculpar. Você não se sente da mesma forma. Por ninguém. Desde a morte de Newt, não sente interesse romântico por ninguém.
  • - Desculpe, Tommy, eu só não estou preparada. Não tem a ver com você. Mas, sabe, as coisas por quais passamos deixam marcas, sabe? E eu ainda não estou recuperada delas.
  • - Thomas, eu... Acho que estou apaixonada por outra pessoa. Desculpe - você se refere a Minho.

Depois de dar sua resposta, se abraçam e você sai de seu quarto, apreensiva. Mal acredita no que acabou de acontecer. E, quando menos espera, sente o suave toque de Minho em seu braço.
- Estava te esperando.
- Desculpa, estava falando com Tommy - você gagueja, ainda tentando processar as palavras que acabou de escutar. - Mas pode falar, estou aqui ouvindo.
- Vem cá - ele te leva para o quarto e, como Thomas, fecha a porta.
O que ouve em seguida faz seu cérebro, de novo, congelar. "Não é possível. Não, não, não", pensa repetidamente.
- Eu não aguento mais esconder isso. Eu te amo. Sei que você e Newt eram um casal, e que é uma tremenda traição eu estar apaixonado pela namorada do meu melhor amigo falecido, mas eu não posso evitar! Não estou pedindo para você falar que sente a mesma coisa, ou qualquer coisa do tipo, eu só precisava desabafar com você. Achei que você merecia saber, e entender porque eu talvez me distancie um pouco por um tempo. Preciso entender o que esses sentimentos significam, porque nunca senti nada parecido com isso em toda minha vida.
Parece inacreditável que ambos os seus melhores amigos estejam apaixonados por você. A exaustão se abate sobre sua mente, porque você tem consciência de que esse triângulo amoroso não vai acabar bem.
O que você responde?

  • - Não se culpe, Minho, não é traição nenhuma você estar apaixonado por mim. Newt não estaria bravo com você. Mas... Eu acho que ainda vai demorar um tempo até eu conseguir seguir em frente. Eu ainda amo ele, ainda estou apaixonada por ele, e sofro todos os dias por não tê-lo mais aqui. E eu sei que você também sofre. Então, acho que é melhor a sente se consolar, mas só como amigos. Acho que é a única forma de "nós dois" funcionar, por enquanto.
  • - Desculpa, Minho, depois de tudo o que aconteceu eu preciso de um tempo só pra mim. Por hora, não quero me envolver em nenhum relacionamento amoroso, porque foi uma dor tremenda para superar Newt, e eu não tenho forças para me aventurar em emoções intensas por enquanto. Pela primeira vez na vida, me sinto bem comigo mesma, me sinto suficiente. Sempre achei que dependia dos outros para me sustentar, mas agora vejo que não, e a sensação é muito boa. Desculpa, mas não posso quebrar esse alívio ainda.
  • - Eu também te amo. Demorei muito tempo para conseguir aceitar esses sentimentos; também me culpava diariamente por estar "traindo" Newt. Mas não estou, e nem você. Estou apaixonada por você, e realmente gostaria que ficássemos juntos.
  • - Eu... - você relembra sua conversa com Thomas - Eu acho que você devia falar com Tommy. Desculpa, Minho. Depois de longos segundos, ele finalmente entende o que você está querendo dizer. - Você o ama, né? Primeiro Newt, depois Thomas... E eu sou a última opção. Dentre os três, eu sou o último - e bota as mãos no rosto, segurando as lágrimas com o máximo de força que consegue. - Não é nada disso - você o abraça e explica o quão importante ele é em sua vida. Ao final, ele está mais calmo, porém ainda chateado.

Se passou uma semana desde o fatídico dia da declaração de Thomas e Minho. Tudo mudou desde aquele momento. O que aconteceu?

  • Agora, todos os dias, você e Thomas vão (escondidos de Minho, para não o chatear) procurar frutas silvestres na floresta. É uma diversão pura, e os abraços e beijos durante o trajeto deixam tudo ainda melhor.
  • Já que disse aos dois que não está apaixonada por ninguém no momento, e quer um pouco de ar para aproveitar a solidão, passa seus dias interagindo normalmente com os amigos, (Brenda, Jorge, Caçarola, Gally, etc.) menos com Minho e Thomas, que ainda estão um pouco distantes. Felizmente, é só uma questão de tempo até tudo voltar ao normal.
  • Passou a escrever cartas, todas as noites, para Newt, contando a rotina no Refúgio Seguro, e tudo o mais. É uma boa forma de lembrar do seu amor e desabafar ao mesmo tempo.
  • Você e Minho passam todas as noites observando o céu estrelado e, de vez em quando, cantando. Convenceu o amado a cantarolar alguns versos também, por mais que ele tenha vergonha da própria voz. Não devia, porém, porque ela é linda. Ele, sempre que consegue, deixa rosas em sua cama, geralmente acompanhadas por um bilhete fofíssimo de amor.

Pelo calendário que têm no local, todos sabem que hoje é o Dia dos Namorados. O que você recebe nesse dia?

  • Nada, só uma saudade muito grande. Como presente a seu amado, vai até o mar e cantarola seus versos preferidos, se segurando para não chorar. Não apenas de tristeza, mas de gratidão por ter tido a oportunidade de conhecer esse homem incrível chamado Newt.
  • Nada, mas também não se incomoda. Gosta do Dia dos Namorados, apesar do fato de não ter um/a.
  • Quando acorda, acha uma caneca de vidro com uma frase escrita em caneta permanente: "100 motivos para te amar". O compartimento está cheio de papéis recortados, cada um com um motivo, um mais lindo do que o outro. Ao lado, está um bilhete, com os dizeres: "Eu te amo, e me apaixono cada diz mais por você. Espero ter a oportunidade de te amar até a morte. Com amor, Tommy"
  • Uma extensa carta enfeitada com conchas e pétalas de flores, onde está escrito, por exemplo: "Lembro de tudo. De cada olhar, de cada toque, de cada palavra. Recordo perfeitamente a primeira vez que te vi, a fedelha naquela Caixa. Quase consigo sentir, de novo, o calor do seu corpo, enquanto lutávamos para nos esquentar no frio noturno do Labirinto. Agora, espero poder te dar felicidade, tranquilidade, segurança. Realmente quero construir uma vida com você, uma vida de verdade. Eu te amo, e todos os dias vou me apaixonar mais e mais por você. Minho"
Você e Thomas São Felizes Para Sempre Refazer

Você e Thomas São Felizes Para Sempre

Vocês levam, juntos, uma agradável vida no Refúgio Seguro. Têm 2 filhas, que também são Imunes ao Fulgor, e o amor de vocês nunca se extingue.
Parabéns ao casal!

Compartilhar

Você e Minho São Felizes Para Sempre Refazer

Você e Minho São Felizes Para Sempre

A vida no Refúgio Seguro já era boa, mas, a partir do momento em que você e Minho começaram a namorar, ficou 1000 vezes melhor. O lugar, apesar de pacífico, sempre tem um quê de aventura quando se está apaixonada por esse lindo menino.
Você é muito, mas muito feliz, e se agradece diariamente por ter sobrevivido ao Labirinto e ao Deserto, para agora poder desfrutar de tanta alegria.

Compartilhar

Você Escolheu Ficar Sozinha/o Pois Não Está Apaixonada/o Por Nenhum Dos Dois Refazer

Você Escolheu Ficar Sozinha/o Pois Não Está Apaixonada/o Por Nenhum Dos Dois

Não vê nem Minho nem Thomas como qualquer coisa além de ótimos amigos.
Surpreendentemente, o Refúgio Seguro está sendo um ótimo lugar para auto descoberta. Você está desfrutando, pelo menos por enquanto, da descoberta de que é forte o suficiente para se sustentar, e está aprendendo (com êxito) a lidar com sentimentos.
Parabéns por ser tão madura/o!

Compartilhar

Você Fica Sozinha/o Pois Ainda Está Apaixonada/o Por Newt Refazer

Você Fica Sozinha/o Pois Ainda Está Apaixonada/o Por Newt

Por hora, não consegue se imaginar com ninguém além de Newt. Ainda não é o momento certo de pensar em relacionamentos com mais ninguém, pelo fato de ainda não ter conseguido superar seu romance com o falecido amado. Não é fácil lidar com a percepção de que tem que desapegar, mas sei que vai conseguir.

Compartilhar

Calculando Resultado
Ver meu resultado
Visitar Anúncio

Publicidade

clock facebook twitter whatsapp redo search x home profile pencil logout quiz list test user star