Criar Quiz
Criar Quiz
Quiz RPG: A bruxa do vilarejo: parte 5.

Quiz RPG: A bruxa do vilarejo: parte 5.

Tags : rpg quiz bruxa escolhas Vida

A parte 4 já está no meu perfil, é só clicar no nome "Safira." que você poderá jogar e entender melhor o RPG.

Iniciar o Quiz
Incorporar
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14

Você e Helena seguem o caminho até a casa da tia dela. Você resolve quebrar o silêncio falando algo.
Você: Helena, quero te perguntar algo...pq você me acolheu na sua casa? Eu era apenas um estranha em baixo de uma árvore...
Helena: Sabe Cristal? Foi algo dentro de mim, uma intuição que eu decidi seguir. Não sei explicar...
o que você responde? Você e Helena seguem o caminho até a casa da tia dela. Você resolve quebrar o silêncio falando algo.
Você: Helena, quero te perguntar algo...pq você me acolheu na sua casa? Eu era apenas um estranha em baixo de uma árvore...
Helena: Sabe Cristal? Foi algo dentro de mim, uma intuição que eu decidi seguir. Não sei explicar...
o que você responde?

  • "Entendo, também me sinto assim em relação a você. "
  • "Sabe? É exatamente assim que me sinto em relação a você. Não sei, parece estranho, é como se eu te conhecesse a anos. "

Helena: depois que acharmos a chave do livro, o que você vai fazer? Tipo, você planeja ficar aqui? Se mudar?
o que você responde? Helena: depois que acharmos a chave do livro, o que você vai fazer? Tipo, você planeja ficar aqui? Se mudar?
o que você responde?

  • "Boa pergunta, mas eu não sei te responder. "
  • "Ainda não decidi. "
  • "Sabe que eu ainda não decidi? Apenas deixarei seguir...depois verei o que eu faço. "

Helena: ok ok, saiba que você sempre será bem vinda na minha casa. Pode ficar quanto tempo quiser.
Você: obrigada por estar fazendo isso por mim.
Helena: você tem um brilho, Cristal, eu admiro você, mesmo sem te conhecer direito...Eu me sinto próxima de você, é como se a minha alma reconhecesse a sua alma...
o que você fala? Helena: ok ok, saiba que você sempre será bem vinda na minha casa. Pode ficar quanto tempo quiser.
Você: obrigada por estar fazendo isso por mim.
Helena: você tem um brilho, Cristal, eu admiro você, mesmo sem te conhecer direito...Eu me sinto próxima de você, é como se a minha alma reconhecesse a sua alma...
o que você fala?

  • "Fico grata por me dizer isso, Helena. "
  • "Eu me sinto do mesmo jeito. "
  • "Faça das suas palavras a minha. "
  • "Não sei o que falar. "

Depois de vocês conversarem pela trilha toda, vocês chegaram até a casa da tia da Helena. Vocês não viram nada que mostrasse perigo. A casa estava fechada.
Helena: ok, vamos entrar.
Helena destranca a porta e vocês já estão dentro da casa.
Helena: bom, creio que a chave esteja no porão. Venha, me siga. Vocês sobem as escadas até chegar no porão. Depois de vocês conversarem pela trilha toda, vocês chegaram até a casa da tia da Helena. Vocês não viram nada que mostrasse perigo. A casa estava fechada.
Helena: ok, vamos entrar.
Helena destranca a porta e vocês já estão dentro da casa.
Helena: bom, creio que a chave esteja no porão. Venha, me siga. Vocês sobem as escadas até chegar no porão.

  • >>>>
  • >>>>

Um homem de preto aparece bem na frente de vocês!
Helena não parece assustada...
Homem de preto: Helena...Quanto tempo, parece que trouxe uma amiga com você. Cristal. Hahahaha, o mestre ficará feliz em saber que capturei duas criaturas sobrenaturais.
Helena: bom, hoje não.
Helena: pelo demônio do luar, pela luz do amanhecer, pelas almas que morreram, pelo sangue do cordeiro. Almas, me ajude a vencê-lo.
Você observa tudo aquilo confusa, não sabendo o que fazer. o que você faz? Um homem de preto aparece bem na frente de vocês!
Helena não parece assustada...
Homem de preto: Helena...Quanto tempo, parece que trouxe uma amiga com você. Cristal. Hahahaha, o mestre ficará feliz em saber que capturei duas criaturas sobrenaturais.
Helena: bom, hoje não.
Helena: pelo demônio do luar, pela luz do amanhecer, pelas almas que morreram, pelo sangue do cordeiro. Almas, me ajude a vencê-lo.
Você observa tudo aquilo confusa, não sabendo o que fazer. o que você faz?

  • Pego o objeto mágico que pertencia a minha mãe e uso para me defender.
  • Fico atrás de Helena.

O homem de preto é rodeado por almas gritando. São muitas almas, ele não tem o poder de vencê-las.
Homem de preto: nos vemos outro dia, Helena.
O homem de preto desaparece.
Helena: almas, obrigada por me ajudar, agora vão descansar.
As almas vão sumindo uma por uma.
o que você fala? O homem de preto é rodeado por almas gritando. São muitas almas, ele não tem o poder de vencê-las.
Homem de preto: nos vemos outro dia, Helena.
O homem de preto desaparece.
Helena: almas, obrigada por me ajudar, agora vão descansar.
As almas vão sumindo uma por uma.
o que você fala?

  • "Helena? o que ACABOU DE ACONTECER? "
  • "ESPERA, VOCÊ É UMA BRUXA? "
  • "ME EXPLIQUE o que ESTÁ ACONTECENDO! "

Helena: Cristal, o que acha de apenas acharmos a chave do livro? Parece muito confuso, mas eu juro que irei lhe explicar tudo quando chegarmos em casa! Apenas me ajude a procurar a chave, esse lugar não é mais seguro.

Você fica surpresa, pensativa...Mas acaba concordando, afinal, quanto mais vocês sairem desse lugar, melhor será. Vocês entram no porão, por onde você começa a procurar a chave? Helena: Cristal, o que acha de apenas acharmos a chave do livro? Parece muito confuso, mas eu juro que irei lhe explicar tudo quando chegarmos em casa! Apenas me ajude a procurar a chave, esse lugar não é mais seguro.

Você fica surpresa, pensativa...Mas acaba concordando, afinal, quanto mais vocês sairem desse lugar, melhor será. Vocês entram no porão, por onde você começa a procurar a chave?

  • Em uma prateleira.
  • Embaixo do tapete.
  • Em algum armário.

Você acaba achando a chave.
Você: Helena, acabei de achar a chave.
Helena: oh, que os deuses te abençoe! Vamos sair daqui agora!
Você desce com Helena e juntas saem daquele lugar.
Você: Helena, você tem muito o que me falar.
Helena: aqui não é seguro para eu lhe contar isso! Tenha paciência e espere chegarmos em casa.

(No caminho, Helena joga pó mágico por onde vocês passam, ela falou que isso é para proteger vocês duas e para você não fazer nenhuma pergunta até chegarem em casa). Você acaba achando a chave.
Você: Helena, acabei de achar a chave.
Helena: oh, que os deuses te abençoe! Vamos sair daqui agora!
Você desce com Helena e juntas saem daquele lugar.
Você: Helena, você tem muito o que me falar.
Helena: aqui não é seguro para eu lhe contar isso! Tenha paciência e espere chegarmos em casa.

(No caminho, Helena joga pó mágico por onde vocês passam, ela falou que isso é para proteger vocês duas e para você não fazer nenhuma pergunta até chegarem em casa).

  • Ok.
  • Ok.

~Chegando na casa de Helena~

Você e Helena entram na casa, Helena faz um sinal para você não falar nada. Ela vai de cômodo em cômodo, em cada parte da casa olhar se vocês estão seguras. Depois de alguns minutos, ela fala.
Helena: estamos seguras, venha, vamos para a cozinha. Irei lhe contar tudo desde o começo.
Você segue ela até a cozinha. Como você está se sentindo? ~Chegando na casa de Helena~

Você e Helena entram na casa, Helena faz um sinal para você não falar nada. Ela vai de cômodo em cômodo, em cada parte da casa olhar se vocês estão seguras. Depois de alguns minutos, ela fala.
Helena: estamos seguras, venha, vamos para a cozinha. Irei lhe contar tudo desde o começo.
Você segue ela até a cozinha. Como você está se sentindo?

  • Triste e traída.
  • Estou apenas ansiosa.
  • Estou bastante confusa.
  • Não sei explicar.

Helena: eu sou metade bruxa e metade vampira. A minha mãe, ela era bruxa, o meu pai era vampiro. Talvez você esteja se perguntando pq ele morreu, bom...no reino dos vampiros, todos deveriam se casar apenas com a própria raça (vampiros), assim como os antepassados. Mas, o meu pai conheceu a minha mãe, eles tiveram um grande amor proibido até o dia em que o meu pai resolveu assumir tudo isso. Ele pediu a minha mãe em casamento e ela aceitou. Helena: eu sou metade bruxa e metade vampira. A minha mãe, ela era bruxa, o meu pai era vampiro. Talvez você esteja se perguntando pq ele morreu, bom...no reino dos vampiros, todos deveriam se casar apenas com a própria raça (vampiros), assim como os antepassados. Mas, o meu pai conheceu a minha mãe, eles tiveram um grande amor proibido até o dia em que o meu pai resolveu assumir tudo isso. Ele pediu a minha mãe em casamento e ela aceitou.

  • ...
  • ...

Helena: quando o meu pai falou que iria se casar com uma bruxa, o pai dele surtou! Ele falou que se seguisse adiante com tudo isso, jamais teria a imortalidade e nem a bênção dos vampiros. Bom, você já sabe o resto...desde então eu herdei os poderes da minha mãe e a imortalidade do meu pai.
o que você fala? Helena: quando o meu pai falou que iria se casar com uma bruxa, o pai dele surtou! Ele falou que se seguisse adiante com tudo isso, jamais teria a imortalidade e nem a bênção dos vampiros. Bom, você já sabe o resto...desde então eu herdei os poderes da minha mãe e a imortalidade do meu pai.
o que você fala?

  • "Uau! É muita coisa pra um dia só. "
  • "Eu estou surpresa, não sei o que falar. "
  • "Ok, mas e aquele homem de preto? "
  • Não falo nada, apenas faço uma cara de "chocada". 😱

Helena: desde então eu sou caçada pelo mestre das sombras, ele caça pessoas como eu para escraviza-las. Mas tem algo que eu não entendi, o mensageiro (o homem de preto que apareceu) falou que você também era um ser sobrenatural. Me explique isso, Cristal.

o que você faz? Helena: desde então eu sou caçada pelo mestre das sombras, ele caça pessoas como eu para escraviza-las. Mas tem algo que eu não entendi, o mensageiro (o homem de preto que apareceu) falou que você também era um ser sobrenatural. Me explique isso, Cristal.

o que você faz?

  • Sou direta e conto tudo desde o começo, bem detalhado.
  • Eu enrolo um pouco, ainda é muita coisa para eu digerir; mas acabo contando tudo para ela.

Helena: então foi isso...Por isso sentimos que podemos confiar uma na outra. Mas e aí, você já desenvolveu os seus poderes?

o que você responde? Helena: então foi isso...Por isso sentimos que podemos confiar uma na outra. Mas e aí, você já desenvolveu os seus poderes?

o que você responde?

  • "ESPERA, poderes? Eu não sabia que eu tinha isso, apenas pensei que teria o objeto mágico da minha mãe..."
  • "Como eu sei quando desenvolvi os meus poderes? Pensava que tudo o que eu teria de mágico era o objeto magico da minha mãe. "

Helena: não, sua boba, todas as bruxas tem poderes! Quer saber? Se você quiser, posso te ajudar a treinar os seus. o que me diz? Helena: não, sua boba, todas as bruxas tem poderes! Quer saber? Se você quiser, posso te ajudar a treinar os seus. o que me diz?

  • "Topo. "
  • "Ah meu deus! Sério? Amei a idéia. "
  • "SIM SIM SIM! "
Bom, você no fim da parte 5 do RPG! Refazer

Bom, você no fim da parte 5 do RPG!

Espero que tenha gostado, logo logo terá a parte 6. Comente o que está achando.

Compartilhar

Você chegou no fim de mais uma parte do RPG. Refazer

Você chegou no fim de mais uma parte do RPG.

Logo logo irá ter a parte 6 do RPG, espero que esteja gostando. Comente o que está achando.

Compartilhar

Calculando Resultado
clock facebook twitter whatsapp redo search x home profile pencil logout quiz list test user star