Criar Quiz
Criar Quiz
Publicidade
RPG Descendentes - PARTE 1

RPG Descendentes - PARTE 1

Tags : RPG descendentes Evie Jay carlos Mal Descendentes disney Quiz RPG

~ RPG se passando no universo de Descendentes;
~ Ao final você descobre se é aceita na escola de Auradon;
~ Se tiver comentários a história continua, havendo a possibilidade de você ficar com os personagens de Descendentes (tanto garotas como garotos).

Estados Unidos de Auradon é a pátria de todos os heróis e vilões da Disney. Sendo a primeira humana vinda do mundo real, você é a mais nova aluna da Auradon Preparatória. Todos os olhares curiosos estão sobre você.
E agora? Você fará amizade com os veteranos ou irá se livrar dos intrometidos?

#RIPCameron

Iniciar o Quiz
Incorporar
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • Ad

Fazia uma semana que você havia chegado em Auradon pela primeira vez.

Tudo foi tão rápido, você ainda não entendia muito bem o que havia acontecido. Em um momento você estava levando sua vida como uma adolescente normal, na sua casa, longe de qualquer tipo de magia e seres encantados. De uma hora para outra, sua vida virou de pernas para o ar e agora você estava presa nos Reinos de Auradon.

Mas isso não importava por enquanto. Sua maior preocupação agora, era causar alguma impressão (boa ou má) nos alunos da sua nova escola.
Você acabou de acordar, e após terminar de se higienizar, precisa escolher o que vestir: Fazia uma semana que você havia chegado em Auradon pela primeira vez.

Tudo foi tão rápido, você ainda não entendia muito bem o que havia acontecido. Em um momento você estava levando sua vida como uma adolescente normal, na sua casa, longe de qualquer tipo de magia e seres encantados. De uma hora para outra, sua vida virou de pernas para o ar e agora você estava presa nos Reinos de Auradon.

Mas isso não importava por enquanto. Sua maior preocupação agora, era causar alguma impressão (boa ou má) nos alunos da sua nova escola.
Você acabou de acordar, e após terminar de se higienizar, precisa escolher o que vestir:

Depois de tomar seu café, se vestir e arrumar suas coisas, você precisa descer a enorme escadaria do palácio do Sultão de Agrabah.
A família de Aladdin havia lhe amparado na sua chegada, desde então eles cuidam de você. Dessa forma, um dos poucos amigos que você tinha, era Aziz, filho de Aladdin e Jasmine, que agora estava lhe esperando de braços cruzados, na entrada do Palácio.

Como você reage? Depois de tomar seu café, se vestir e arrumar suas coisas, você precisa descer a enorme escadaria do palácio do Sultão de Agrabah.
A família de Aladdin havia lhe amparado na sua chegada, desde então eles cuidam de você. Dessa forma, um dos poucos amigos que você tinha, era Aziz, filho de Aladdin e Jasmine, que agora estava lhe esperando de braços cruzados, na entrada do Palácio.

Como você reage?
Este é o ator que iria interpretar Aziz, oficialmente nos filmes.

  • Você corre rapidamente pelas escadas, e quando chega perto dele, lança um sorriso tímido e pede desculpas pela demora.
  • Lentamente você desce pela enorme escadaria. Sem nem cumprimentá-lo, você entra na limousine luxuosa do Sultão.
  • Você é tão estabanada que é capaz de cair rolando ao tropeçar o pé naquela enorme escada. Então agarra firmemente o corrimão e desce lentamente. Quando chega na entrada do Palácio, você cumprimenta o garoto e entra na limousine.
  • Você demora mais algum tempo se arrumando, sem se importar com os gritos do príncipe te chamando. Impaciente com a demora, Aziz vai para Auradon sem você. Agora você terá que ir a pé... Pensando bem, até que você prefere assim.

(se você escolheu ir sozinha para Auradon, escolha a última opção)

Dentro da limousine, ainda um pouco tímido, Aziz começa a puxar assunto com você.

— Então?! Como se sente? Está nervosa com seu primeiro dia de aula? (se você escolheu ir sozinha para Auradon, escolha a última opção)

Dentro da limousine, ainda um pouco tímido, Aziz começa a puxar assunto com você.

— Então?! Como se sente? Está nervosa com seu primeiro dia de aula?

  • Você ri timidamente, mal consegue encará-lo nos olhos. "— Eu não sei. É tudo tão novo ainda. Queria causar uma boa impressão."
  • Você não prestou atenção no que ele disse, pois estava usando seus fones de ouvindo com uma música super alta. Ao retirar os fones, você o encara dando de ombros.
  • Com as mãos tremendo, você assente com a cabeça. Ao encará-lo, você repara que ele estava tão nervoso quanto você. Desse modo, você abre sua bolsa e retira um pacote de jujubas e oferece para ele.
  • (se você escolheu ir sozinha, escolha essa opção)

Depois de algum tempo, você finalmente chega na Auradon Preparatória. Aziz gostaria muito de te acompanhar, mas a aula dele começa em instantes. Ele te guia até a entrada, onde o príncipe Ben, está lhe esperando para dar boas-vindas.

— Olá! Espero que se sinta bem-vinda na nossa escola! Qualquer dúvida ou problema, pode falar diretamente com a Fada Madrinha.

A face do príncipe cora ao mesmo instante que ele repara no modo que você está vestida. No fundo, ele te achou maravilhosa, mas nunca teria coragem de dizer, seu coração já pertencia a Mal.

Como você reage? Depois de algum tempo, você finalmente chega na Auradon Preparatória. Aziz gostaria muito de te acompanhar, mas a aula dele começa em instantes. Ele te guia até a entrada, onde o príncipe Ben, está lhe esperando para dar boas-vindas.

— Olá! Espero que se sinta bem-vinda na nossa escola! Qualquer dúvida ou problema, pode falar diretamente com a Fada Madrinha.

A face do príncipe cora ao mesmo instante que ele repara no modo que você está vestida. No fundo, ele te achou maravilhosa, mas nunca teria coragem de dizer, seu coração já pertencia a Mal.

Como você reage?

  • Grosseiramente você diz: "— Irá ficar me olhando com essa cara de tonto o dia todo?!" O príncipe recua um pouco. Sua expressão facial é confusa e triste. Ele nega com a cabeça e ajeita o próprio terno que vestia. "— Perdão, não foi a intenção. Se me acompanhar, poderei mostrar a sala onde você terá sua primeira aula..."
  • Suas bochechas ficam avermelhadas. Você não sabe o que responder, desvia o olhar e pergunta: "— Quando começa a aula?" "— Ah!" — o príncipe leva a mão até o próprio rosto "— Claro! Perdão! Eu já ia me esquecendo! Não quero que você se atrase. Por favor, me acompanhe senhorita."
  • "— Obrigada! Aqui parece maravilhoso!" Ben aproximasse um pouco mais de você, ainda te encarando com um sorriso bobo. "— Imagina, minha função é fazer com que você se sinta acolhida. Por favor, me acompanhe até sua sala. Com sorte, nós podemos ter alguma aula juntos, não?!"
  • Você não prestou atenção no que o príncipe disse. Ainda estava ouvindo música alta nos seus fones. Quando vê que ele estava parado na sua frente por muito tempo, você retira um dos lados e pergunta: "— Que é?!" "— Oh! — Ben se assusta com sua resposta — Desculpa, eu não sabia que você estava ocupada. Eu gostaria de lhe mostrar onde será sua au-" Você não deixa ele terminar de responder e segue sozinha pelo corredor, tentando deduzir onde seja a sala.

Todos já estavam em suas salas, corredores e pátio estavam praticamente vazios. Você chega atrasada na aula. Tenta entrar de forma rápida e discretamente na aula, sem chamar atenção, porém quando vira-se para trás, a Fada Madrinha vê você e a chama para se apresentar para turma.

— Queridos alunos! Gostaria de apresentar nossa nova aluna! Por favor querida, venha cá!

A Fada de vestes azuis ergue o braço na sua direção, apontando e chamando você. Todos os alunos viram para te encarar em sincronia. De onde você está sentada, consegue reconhecer alguns dos alunos que Aziz tinha lhe mencionado.

Mal e Evie estavam sentadas uma do lado da outra, sem esboçar nenhuma reação, apenas te encarando.
Jay e Carlos também estavam juntos. Jay estava de braços cruzados um pouco impaciente com sua demora e Carlos estava sorrindo um pouco bobo para você.

Doug reagia da mesma maneira que Carlos, porém você podia jurar que ele estava um pouco corado. Audrey era a única que não olhava para você, ela estava ensimesmada escrevendo em seu caderno.

Como você reage? Todos já estavam em suas salas, corredores e pátio estavam praticamente vazios. Você chega atrasada na aula. Tenta entrar de forma rápida e discretamente na aula, sem chamar atenção, porém quando vira-se para trás, a Fada Madrinha vê você e a chama para se apresentar para turma.

— Queridos alunos! Gostaria de apresentar nossa nova aluna! Por favor querida, venha cá!

A Fada de vestes azuis ergue o braço na sua direção, apontando e chamando você. Todos os alunos viram para te encarar em sincronia. De onde você está sentada, consegue reconhecer alguns dos alunos que Aziz tinha lhe mencionado.

Mal e Evie estavam sentadas uma do lado da outra, sem esboçar nenhuma reação, apenas te encarando.
Jay e Carlos também estavam juntos. Jay estava de braços cruzados um pouco impaciente com sua demora e Carlos estava sorrindo um pouco bobo para você.

Doug reagia da mesma maneira que Carlos, porém você podia jurar que ele estava um pouco corado. Audrey era a única que não olhava para você, ela estava ensimesmada escrevendo em seu caderno.

Como você reage?

  • Você se aproxima da Fada, morrendo de vergonha por todos estarem te encarando. Ela envolve o próprio braço no seu ombro e começa a te apresentar. "— Bom, como vocês sabem, algum tempo atrás uma fenda foi aberta acidentalmente. Essa fenda acidentalmente uniu o mundo mágico com o mundo não-mágico. Nossa nova aluna veio do mundo real e gostaríamos muito que ela se sentisse bem-vinda." Você repara que Evie vira para trás e comenta alguma coisa com Carlos e Jay. Os outros alunos não parecem muito interessados, com exceção de Audrey que levantasse e diz: "— Que ótimo ter você em nosso reino! Acho que eu falo por todos quando digo que: esperamos que você possa ter a melhor experiencia do mundo conosco."
  • Revirando os olhos, você caminha cabisbaixa até o lado da Fada e cruza os braços. Ela apresenta você: "— Como sabem, algum tempo atrás uma fenda foi aberta acidentalmente. Essa fenda acidentalmente uniu o mundo mágico com o mundo não-mágico. Nossa nova aluna veio do mundo real e gostaríamos muito que ela se sentisse bem-vinda." Jay te encara sorrindo de canto e cutuca Carlos. Audrey se levanta e faz um pequeno discurso de boas-vindas, sua vontade naquele momento era de sumir.
  • Rapidamente, você caminha até a Fada. Mas acaba derrubando a xícara de café que estava em cima da mesa da professora. "— Oh! Querida, não se preocupe!" — você já estava ajoelhada juntando a caneca, quando vê tudo se limpando magicamente "— Bibbidi-bobbidi-boo, isso acontece!" "— Ela só falou isso porque o café não atingiu o vestido dela!" — Carlos gritou de sua carteira, fazendo todos rirem e suas bochechas corarem. "— Atenção alunos!" — a Fada pedia para que todos a encarassem, enquanto te apresentava "— Algum tempo atrás uma fenda foi aberta acidentalmente. Essa fenda acabou unindo o mundo mágico com o mundo não-mágico. Nossa nova aluna veio do mundo real e gostaríamos muito que ela se sentisse bem-vinda."
  • Para sua sorte, dessa vez você não usava fones de ouvido e conseguiu vê-la te chamando. Seria terrível ganhar um sermão no primeiro dia de aula. Você se aproxima da Fada, se apoiando na mesa dela. "— Caros alunos, algum tempo atrás uma fenda foi aberta acidentalmente. Essa fenda uniu o mundo mágico com o mundo não-mágico. Nossa nova aluna veio do mundo real e gostaríamos muito que ela se sentisse bem-vinda." Audrey levanta e começa a dar boas-vindas para você. Um pouco impaciente você responde, a interrompendo: "— Tá bom, já entendi. Você vai recitar alguma fala pronta, que provavelmente você diz para todo calouro, não é mesmo?" Evie e Mal se entreolham, suas expressões não parecem boas. Jay nega com a cabeça, notando que você não possui nenhum dom para fazer amizade. Carlos começa a te ignorar completamente.

A Fada pede que você fale um pouco sobre você. Quais suas matérias favoritas, o que gosta de fazer no tempo livre e suas origens.

Chegou a sua vez de se apresentar. Como quer ficar conhecida em Auradon? A Fada pede que você fale um pouco sobre você. Quais suas matérias favoritas, o que gosta de fazer no tempo livre e suas origens.

Chegou a sua vez de se apresentar. Como quer ficar conhecida em Auradon?

  • Gaguejando muito e com as mãos tremulas, você começa a se apresentar. "— Oi!" Todos te respondem: "— Olá!" Você continua: "— Bem... Já faz uma semana e alguns dias desde que eu cheguei... Não sei o que aconteceu. Mas de onde eu vim... Não é tão diferente quanto aqui..." Chad estava sentado no fundão e começou a roncar alto com sua apresentação. Em resposta, Jay joga uma bolinha de papel bem na cabeça dele. Pedindo para que ele ficasse quieto. Todos riem e você continua. "— Eu gosto de conhecer lugares diferentes e novos. Então está sendo uma experiencia interessante conviver nesse mundo mágico. Eu gosto bastante de Artes e Ciências..." — você diz colocando o cabelo atrás da orelha. Evie levanta a mão e responde: "— Eu também! Você parece incrível falando nisso! Adorei seu visual!" — referia-se a sua roupa. Você cora e caminha até sua classe. Evie inclina para o lado e convida você a se sentar perto dela e de Mal.
  • Com os braços cruzados você começa: "— Meu lar... É difícil descrever. Não acho que vocês entenderiam como funciona as coisas de lá..." Carlos levanta a mão e te pergunta: "— É verdade que vocês possuem histórias sobre nossos pais?!" "— O quão vergonhoso deve ser isso..." — Jay responde Carlos, colocando a mão no rosto. "— Pra falar a verdade, eu não me importo muito com as histórias." — você responde, dando de ombros "— Eu gosto de tocar guitarra e compor músicas... Qual a outra pergunta mesmo?" "— Sua matéria favorita." — a Fada te responde. "— Ah... Sei lá... História e Arte talvez." Você caminha rapidamente até sua classe.
  • Você engole seco e respira fundo. Não sabe exatamente por onde começar. "— Sinceramente, da onde eu vim, achamos que as histórias de Contos de Fadas são baseadas na ideia simplista de bem e mal... Mas com o pouco que eu pude ver aqui... Eu acho que vocês são tão "reais" quanto a gente." Os olhos de Mal se iluminam. Ela não esperava ouvir aquilo. "— Digo... Meu amigo Aziz me comentou tudo que você já passaram. E como os quatro filhos dos vilões mais famosos tiveram uma segunda chance. Acho que vocês cometem erros tanto quanto nós, mas também podem realizar feitos incríveis. Não somos tão diferentes." A Fada te encarava com lágrimas nos olhos. "— Muito bem querida. Lindas palavras! " "— Ah! Já ia me esquecendo... Eu gosto de filosofia e exatas. Também gosto bastante de ler e escrever histórias." Audrey revirava os olhos para você, enquanto você se sentava. Mal sorria feliz com o que você disse. Discretamente ela escreve um bilhete e joga para você, sem que você veja: No bilhete está escrito: "oi =)"
  • Você se senta na mesa da professora e começa a se apresentar: "— Eu vim do mundo real. Lá eles utilizam as histórias de vocês para lobotomizar a população. Basicamente isso. Ah..." — você olha pra cima, tentando lembrar das perguntas que a Fada lhe fez. Depois de alguns minutos, Jay grita para você: "— Escuta, se você não queria nem estar aqui, como claramente você não queria. Por que perdeu seu tempo vindo até aqui? Ninguém está te obrigando." Você o encara, sentido-se um pouco acuada com a forma que ele falou com você. "— Você fala como se eu tivesse alguma outra opção. Eu estou presa aqui e não sei quando poderei voltar para casa." — você desce da sua mesa e se aproxima dele. "— Sinto muito que você não possa ir para casa, princesinha mimada." "— Basta!" — a Fada pronuncia em alto e bom som. Você rapidamente se senta na sua carteira.

Algumas horas chatas de aula passam. Você aprende sobre a teoria das cordas, imaginando que isso de alguma forma, possa te ajudar a sair do mundo de Conto de Fadas.

Finalmente o intervalo começa. Você é a última a sair.

Todos estão no pátio com seu próprio grupo de amigos. Você se senta em baixo de uma árvore, até que ouve sons de passos. Ao virar para o lado para ver quem chegara. Você se surpreende.

— Oiii!

Era Evie, sorrindo e acenando para você. Ela se senta ao seu lado e começa a puxar assunto.

— Como está indo? Algumas horas chatas de aula passam. Você aprende sobre a teoria das cordas, imaginando que isso de alguma forma, possa te ajudar a sair do mundo de Conto de Fadas.

Finalmente o intervalo começa. Você é a última a sair.

Todos estão no pátio com seu próprio grupo de amigos. Você se senta em baixo de uma árvore, até que ouve sons de passos. Ao virar para o lado para ver quem chegara. Você se surpreende.

— Oiii!

Era Evie, sorrindo e acenando para você. Ela se senta ao seu lado e começa a puxar assunto.

— Como está indo?

  • "— Por que todos sempre me fazem essa mesma pergunta?" — você responde rispidamente. Ela olha para o lado, observando seus outros três amigos cantando e dançando com Ben. "— Alguns tem medo do desconhecido." — ela volta de encarar "— Outros apenas querem se certificar se essas pessoas estão te tratando bem." "— Muito simpático da sua parte" — você é irônica "— Mas se me dá licença..." Você se levanta a deixando sentada sozinha. Vai até a cantina e se senta isoladamente lá.
  • "— Estou bem e você?!" — você gagueja um pouco respondendo. "— Tirando as formulas chatas que tivemos que aprender hoje..." — ela ri um pouco baixo e observa que você está com um livro nas mãos "— O que está lendo?!" "— Ah! É Shakespeare, conhece?" "— Se eu conheço?! Sei de cor alguns de seus textos!" "— Quem diria! A filha da Rainha Má, fã de Shakespeare!" "— Que há num simples nome? O que chamamos rosa, sob uma outra designação, teria igual perfume." — ela te responde, rindo muito em seguida. Alguns poucos minutos de conversa depois, ela te convida para se juntar aos outros amigos dela.
  • Você solta uma risada tímida e balança a cabeça negando. "— Eu não sei como me sentir. Estou nervosa com a escola nova." "— Eu super entendo! Me senti muito nervosa na primeira vez que cheguei aqui. E todos me olhavam como se eu fosse envenena-los com uma maçã!" Ela tenta fazer você rir, mas seus olhos arregalam e você se afasta um pouco, assustada. "— Eu não faria isso... Quer dizer... Só com a Audrey..." — ela ri baixinho. Você se aproxima novamente dela concordando. "— Ela é realmente... Estranha." "— Não é?! Melhor ter cuidado com ela. Você quer se juntar com a gente?!" — ela olha para seus três amigos que estavam falando com Ben. "— Pode ser... Estou sozinha mesmo." Ela se levanta e estende a mão para você. Timidamente você levanta e agarra a mão dela. Vocês caminham juntas de mãos dadas até o resto dos amigos de Evie.
  • Você estava lendo seu livro e quase não nota a garota. Quando a vê você revira os olhos. "— Sei lá... Era pra eu me sentir de um modo especifico? " "— Pessoas normais se sentem felizes ou tristes..." — ela ironiza, evitando te encarar. "— Pessoas normais não se importam realmente com o que os outros estão sentindo. E eu não quero perder meu tempo com conversas fúteis." — você a encara. "— Uau!" — ela ri ironicamente e te encara também — "Falando assim, você parece com a minha mãe! Tão desprezível quanto ela!" "— Obrigada!" — você também ironiza e se levanta. Você deixa Evie sentada sozinha e vai até o bebedouro. Após lubrificar os lábios, você senta em um banco próximo e continua sua leitura.

Você está nos Estados Unidos de Auradon. Os filhos dos vilões e heróis desse mundo amam música e dança, assim como seus pais.

Não demora para eles criarem uma rodinha no intervalo e começarem a dançar e cantar. Como você reage? Você está nos Estados Unidos de Auradon. Os filhos dos vilões e heróis desse mundo amam música e dança, assim como seus pais.

Não demora para eles criarem uma rodinha no intervalo e começarem a dançar e cantar. Como você reage?

  • Você fica chocada e surpresa ao mesmo tempo. Nem sabe como reagir. Carlos e Jay se aproximam de você, pegando na sua mão cuidadosamente. Eles fazem com que você levante e te convidam para dançar. Você educadamente recusa, pois além de envergonhada, você não sabe dançar. Jay impede que você saia, se colocando na sua frente e Evie agarra seu braço com cuidado, te levando para o centro do pátio. Com cuidado, Carlos leva seus braços em volta dos ombros dele. Ele agarra sua cintura e começa a guia-la no ritmo da música para frente e para trás. Depois de alguns minutos de coreografia, o intervalo acaba e vocês voltam pra aula.
  • Você ouve a música e espia aquela cena ridícula. Lentamente, você coloca os fones de ouvido e ignora o que está acontecendo. Abre seu caderno e começa a bolar maneiras de como fugir daquele mundo encantando o mais rápido possível, até o fim do intervalo.
  • Você levanta rapidamente e corteja o príncipe Ben. De forma brincalhona, Mal de empurra e começa a cantar com você, como numa batalha de rima. Vocês duas dão as mãos e giram pelo pátio, até que todos se juntam à vocês. Todos elaboram uma coreografia rápida e ritmizada, enquanto vocês duas fazem um dueto. Ao final, vocês abrem os braços e sorriem, terminando com chave de ouro. O intervalo acaba e vocês infelizmente precisam voltar pra aula.
  • Você parece interessada, mas apenas os observa de longe. Jay te vê afastada deles e te chama com a mão. Você balança a cabeça negando. Ele para de dançar. Os amigos dele continuam. Ele caminha até você e se senta ao seu lado. "— E aí garota rebelde?!" — te encara com a sobrancelha levantada. "— Eu?! Rebelde? Por quê?!" — você se finge de desentendida e começa a mexer no celular. Ele rapidamente agarra seu celular, o tirando se sua mão. Ele vê o plano de fundo do seu aparelho é uma guitarra em volta de fogo. Você está bufando de raiva, se levanta e começa a tentar puxar o celular da mão dele, mas ele é mais alto e começa a te empurrar. "— Sério?! Devolve!" Ele começa a rir e abre seus contatos. De forma inesperada o sinal toca, avisando para vocês irem para aula. Ele te entrega o celular rapidamente e corre de você. Você fica sem entender o que aconteceu, até que encara seu celular e vê na tela o número dele.

A última aula foi tão entediante quanto a primeira.
Como você passou o tempo nas horas finais da aula?! A última aula foi tão entediante quanto a primeira.
Como você passou o tempo nas horas finais da aula?!

  • Ignorando tudo e todos, claro. Eu estava no meu celular.
  • Eu estava prestando bastante atenção. Apesar de aula ser chata, eu gosto de aprender.
  • Eu estava desenhando e/ou escrevendo na última folha do meu caderno. Ás vezes até respondia as mensagens que eu recebia do Aziz, pelo celular.
  • Encarando a janela. Eu queria puxar assunto com alguém, mas todos pareciam ocupados com suas próprias coisas.

(Última pergunta! Espero que tenha gostado! A história continua, basta que você comente qualquer coisa nos comentários. Em breve você poderá ter um par.)

O último sinal alertando o fim da aula é tocado.
Você guarda seu material, novamente é a última a sair.

A Fada lhe dá mais alguns conselhos antes de você finalmente ir embora. Você os ouve pacientemente.

Quando finalmente sai da sala, Mal está te encarando, encostada na ponta do corrimão da escada. Parece até mesmo que ela estava te esperando.

Como você reage? (Última pergunta! Espero que tenha gostado! A história continua, basta que você comente qualquer coisa nos comentários. Em breve você poderá ter um par.)

O último sinal alertando o fim da aula é tocado.
Você guarda seu material, novamente é a última a sair.

A Fada lhe dá mais alguns conselhos antes de você finalmente ir embora. Você os ouve pacientemente.

Quando finalmente sai da sala, Mal está te encarando, encostada na ponta do corrimão da escada. Parece até mesmo que ela estava te esperando.

Como você reage?

  • "— Oi?" Ela fica um pouco sem jeito e "desgruda" do corrimão. "— Tá ocupada?" Você nega com a cabeça. "— Não, por quê?!" "— Quer dar um rolê?!" Você confirma e sai ao lado dela, sem puxar mais nenhum assunto.
  • Você sorri tímida e caminha até a saída. "— Ei, novata." — ela fala um pouco alto. Você se vira e a vê caminhando até você. "— Sim?!" Ela fica na sua frente, de braços cruzados, sorrindo. "— Que tal dar um rolê por aí?!" "— E-eu n-não sei..." — você olha para baixo, sem jeito. "— Vai ser legal, eu prometo! Os outros vão estar também." Mal estende a mão para você. Timidamente, você pega na mão dela e caminha com ela para fora da escola.
  • Você é super grosseira. "— Que é?! Tá encarando por quê?! Perdeu os chifres na minha cabeça?!" Mal te encara, sem demonstrar nenhuma reação. Ela se aproxima de você lentamente. Caminha em volta de você como se você fosse uma presa indefesa, até parar atrás de você. Ela sussurra rente a sua orelha: — Eu acho que você não entendeu como as coisas funcionam aqui." — ela continua atrás de você sussurrando "— Essas pessoas não são como você. Elas não tem a malicia que você tem. Não se engane, nem Evie é tão má assim. Mas eu já fui assim." — finalmente ela para na sua frente, sem tirar o olhar de você "— Ouse machucar qualquer pessoa de Auradon e você vai finalmente descobrir como os seres mágicos funcionam." — seus olhos ficam verdes. Você a empurra um pouco forte com o ombro, e sai rapidamente, sem dirigir mais nenhuma palavra.
  • Vocês apenas se encaram, sem trocar nenhuma frase. Nos seus pensamentos, você não aguenta mais ter que aturar aquela garota. Você volta sua atenção para o celular e vê que recebeu uma nova mensagem de Jay. "Oi garota rebelde." Você ri e quando percebe, Mal está ao seu lado, lendo a mensagem. Assustada, você dá um pulo para trás e guarda o celular rapidamente. "— O que pretende fazer com ele?!" — ela cruza os braços, impaciente. "— Como assim?" "— Ele claramente gosta do seu jeito, mas isso não vai cega-lo de quem você realmente é. Jay não é burro. Você não vai conseguir iludir ele." "— Desculpa?!" — você altera um pouco da sua voz e se aproxima dela "— Eu não sou como você. Eu não pretendo usar ele, como você usou Ben." Mal dá alguns passos para trás e ri alto. "— Veremos..." — ela responde dando as costas para você.
Refazer https://www.youtube.com/watch?v=E-e7U_JqWco

Você foi oficialmente aceita em Auradon!

Parabéns!
Nunca duvidamos de suas habilidades e carisma!
Você conseguiu fazer amizades no seu primeiro dia e poderá continuar seus estudos. Quem sabe achar seu próprio final feliz e/ou um príncipe(princesa) encantando(a)?!

Compartilhar

Refazer https://www.youtube.com/watch?v=GU0DhAlYCyI

Você foi expulsa de Auradon!

Por acaso você está tentando ser aprisionada na ilha dos perdidos? Pois está quase conseguindo...
Por incrível que pareça, os heróis de Auradon ainda são muito inocentes e te darão outra chance. Mas que não se repita! Caso contrário...

Compartilhar

Calculando Resultado
Ver meu resultado
Visitar Anúncio

Publicidade

clock facebook twitter whatsapp image redo search x home profile pencil logout quiz list test user star