Criar Quiz
Criar Quiz
Você seria Voldemort ou Grindewald?

Você seria Voldemort ou Grindewald?

Tags : Grindewald Voldemort Harry Potter

Qual dos maiores bruxos das trevas do Universo de Harry Potter você seria?

Iniciar o Quiz
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11

Prefere que filme? Prefere que filme?

  • Harry Potter e as Relíquias da Morte
  • Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald

Qual seria seu objetivo? Qual seria seu objetivo?

  • Encontrar as Relíquias da Morte e se tornar o(a) Senhor(a) das Trevas
  • Matar seu maior inimigo

Qual dessas palavras melhor te descreve? Qual dessas palavras melhor te descreve?

  • Manipulador
  • Ambicioso

Criaria Horcruxes? Criaria Horcruxes?

  • Sim
  • Não

Tem mais medo: Tem mais medo:

  • Da morte
  • De não ser o mais poderoso

Prefere que cidade? Prefere que cidade?

  • Londres
  • Nova York

Escolha um arquinimigo: Escolha um arquinimigo:

  • Harry James Potter
    Harry James Potter
  • Albus Percival Wulfrico Brian Dumbledore
    Albus Percival Wulfrico Brian Dumbledore

Escolha uma frase: Escolha uma frase:

  • "Magia é poder"
  • "Para o bem maior"

Um símbolo:

Albus Percival Wulfrico Brian Dumbledore é o maior bruxo de todos os tempos? Albus Percival Wulfrico Brian Dumbledore é o maior bruxo de todos os tempos?

  • Sim
  • Não

Um aliado: Um aliado:

  • Nagini
  • Credence
Lord Voldemort Refazer

Lord Voldemort

Tom Marvolo Riddle nasceu no dia 31 de dezembro de 1926. sua mãe, Mérope Gaunt morreu no seu parto em 1926, mas antes, seu último desejo foi que a parteira o levasse à um orfanato de trouxas em Londres. Quando fez 11 anos, Tom foi levado à Hogwarts e em sua jornada pela a escola, foi considerado o aluno mais inteigente de seu tempo. Quando terminou a escola, ele se candidatou à cargo de professor de Defesa Contra a Arte das Trevas, mas foi rejeitado pelo atual diretor Armando Dippet. Mais tarde ele foi trabalhar na Florreiros e Borrões como vendedor. Misteriosamente, ele foi se tornando mais sombrio e assassinou pessoas para fazer o mais difícil ato bruxo de seu tempo: criar uma Horcrux. Mas ele não criou apenas uma, criou sete. Em 1981, já conhecido mundialmente como Lord Voldemort, foi para um pequeno bairro em Godric's Hollow para assassinar Harry Potter, um pequeno bruxo que segundo uma profecia, seria o escolhido para derrotar Voldemort. no final, ele não assassinou Potter e foi derrotado graças à um feitiço de amor jogado por Lílian Potter, mãe de Harry. Mas ele não foi totalmente derrotado. Para se regenerar, foi para uma floresta na Ubânia e lá conheceu Quirrel, que lhe deu corpo para enfrentar Harry Potter em seu primeiro ano em Hogwarts. Com uma tentativa mal-sucedida, Voldemort voltou em 1994, no quarto ano de Harry para matá-lo no final da última prova do Torneio Tribruxo. Com outra tentativa na falha, ele voltou em 1995 para enfrentar Dumbledore e Harry Potter no Ministério da Magia. Ele falhou. E em 1998, fez sua última tentativa. Seria tudo ou nada, com ele já mais fraco, Harry Potter o derrotou, dando o fim da Guerra Bruxa.

Compartilhar

Gellert Grindelwald Refazer

Gellert Grindelwald

Gellert Grindelwald nasceu entre 1882 e 1883, muito provavelmente no Leste Europeu, já que seu nome Gellert é de origem húngara, porém a Escandinávia também é uma possibilidade. Foi educado no Instituto Durmstrang, uma escola ao norte da Europa (Áustria) e que aceita alunos de todo o continente, como aluno, provou ser tão brilhante e talentoso na magia como Alvo Dumbledore (Albus Dumbledore em Portugal) que, por volta da mesma altura, recebia a sua formação na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, na Escócia. Todavia, Grindelwald não usou os seus talentos consideráveis para ganhar prêmios e honra como Dumbledore; em vez disso, ele escolheu a experimentação nas Artes das Trevas. As suas incursões na área tornaram-se de tal modo sadísticas que chegou ao ponto de quase matar alguns dos seus colegas, e por causa disso, foi expulso de Durmstrang em 1898, com dezesseis anos de idade. Grindelwald era particularmente interessado nas Relíquias da Morte (Talismãs da Morte em Portugal), tendo usado o simbolo das Relíquias como seu, e gravando-o numa das paredes de Durmstrang antes da sua expulsão. A sua investigação sobre o assunto levou-o à sua tia-avó, a célebre historiadora mágica Bathilda Bagshot, habitante de Godric's Hollow, na Inglaterra, onde Ignotus Peverell, lendário dono da Capa da Invisibilidade. Foi em Godric's Hollow que Grindelwald conheceu e travou amizade com Alvo Dumbledore, um jovem feiticeiro acabado de sair de Hogwarts, tão talentoso e brilhante quanto ele. Os dois jovens tornaram-se unidos pelas suas ambições para a glória e travaram planos para formar uma "nova ordem mundial", na qual feiticeiros dominariam sobre os trouxas (muggles em Portugal). Ambos partilhavam um fascínio sobre as Relíquias da Morte, por razões distintas: Dumbledore desejava utilizar a Pedra da Ressurreição para trazer de volta os seus pais falecidos, enquanto Grindelwald desejava-a para formar um exército de Inferi; obviamente, Grindelwald não tinha muito conhecimento sobre os verdadeiros poderes das Relíquias. Os dois, juntos, cunharam a frase que se tornaria mais tarde no mote de Grindelwald, e a sua justificação para cometer crimes hediondos contra todos aqueles que se opusessem a ele: "Para um Bem Maior". Os dois tornaram-se inseparáveis. Grindelwald se aproveitou da amizade com Dumbledore e usou-a para seu proveito, manipulando-o até ele o ajudar inquestionavelmente nos seus planos. Aberforth Dumbledore, irmão de Albus, apercebeu-se dos planos dos dois feiticeiros, e tentou dissuadir Albus de levar a sua irmã mais nova, Ariana, que era perturbada e magicamente instável, consigo na sua demanda, sabendo que ela nunca receberia o carinho e atenção que precisava para ficar estável e segura. Grindelwald lançou uma Maldição Cruciatus a Aberforth, e Albus, juntou-se tentando proteger o seu irmão, resultando num duelo de varinhas entre os três. Ariana, todavia, ficou desorientada com os clarões e estrondos dos feitiços e foi atingida por um feitiço perdido, tendo morrido no lugar. Tanto Albus como Aberforth ficaram desolados. Albus acabou a sua amizade com Grindelwald, que fugiu da Inglaterra nunca fazendo tenção de ser associado à morte de Ariana, tendo em conta que já era detentor de uma má reputação no seu país de origem. Trabalhando sozinho a partir de então, Grindelwald descobriu o paradeiro da Varinha de Sabugueiro, na sua busca das Relíquias da Morte. Circulavam rumores que Gregorovitch, o fabricante de varinhas de renome, tinha a varinha e tentava replicar as suas propriedades. Grindelwald assaltou a oficina de Gregorovitch e atordoou o feiticeiro, tendo conseguido, por isso, ganhar a lealdade da varinha.
Gellert viajou para os Estados Unidos, e lá morou na década de 20, em uma Nova York antes da famosa Grande Depressão, onde teve uma vida secreta, mantendo se disfarçado de um auror do Congresso Mágico dos Estados Unidos chamado Percival Graves, que era Chefe do Departamento de Execução das Leis Mágicas, estando assim acima de qualquer suspeita e tendo liberdade de investigar e procurar uma criatura que fascinou-o e que poderia ajudar ele na sua busca pelo poder, o Obscurus, mas ele não teve êxito na sua busca e acabou sendo preso pelo Congresso Mágico dos Estados Unidos que teve a ajuda do magizoologista Newt Scamander para captura-lo. Porém alguns anos depois disso acabou, de alguma forma, se libertando da prisão (ainda não revelado como). Ao longo dos anos, Grindelwald formou um exército e começou um reino de terror que se espalhou por vários países europeus, apesar de nunca ter tentado tomar o poder na Grã-Bretanha por ter receio de ter de enfrentar o seu velho amigo, Dumbledore, que era "um tudo-nada mais habilidoso" do que ele. Durante o seu poderio, Grindelwald construiu a prisão de Nurmengard, destinada aos seus opositores, e assassinou inúmeros feiticeiros, dentre os quais o avô de Viktor Krum, apanhador da equipe de Quadribol (Quidditch em Portugal) da Bulgária nos anos 90, tudo isto ostensivamente "Para um Bem Maior", a frase que gravou à entrada de Nurmengard. Quando as suas ações se tornaram "longe demais", ele foi finalmente confrontado pelo seu velho amigo, Albus Dumbledore que o venceu em duelo, em 1945. Testemunhas afirmaram, segundo Elphias Doge, que foi o maior duelo entre feiticeiros travado na história. Dumbledore tornou-se, então, mestre da Varinha de Sabugueiro, e Grindelwald foi enviado para a sua terra natal, e encarcerado na cela mais alta de Nurmengard, onde ele passou os restantes 53 anos da sua vida.

53 anos volvidos, já tinha surgido Lord Voldemort, bruxo das trevas que estava aterrorizando a Grã-Bretanha, e que à altura, se encontrava no seu apogeu, exercendo domínio sobre o Ministério da Magia britânico, e por conseguinte, toda a comunidade mágica britânica. Voldemort, em 1998, estava dedicado à procura da Varinha de Sabugueiro com a qual poderia derrotar Harry Potter, símbolo da resistência contra si, e seu inimigo mortal. A sua busca pela Varinha levou-o à cela de Grindelwald. Este, já bastante idoso, com a saúde debilitada, mostrando nenhum medo de Voldemort e acolhendo a morte não lhe revelou a localização da Varinha, preferindo rir-se dele e afirmar que havia muito que ele desconhecia. Voldemort, se sentindo ultrajado pelo bruxo das trevas ancião, num rasgo de fúria pôs termo à vida de Grindelwald com a Maldição da Morte nessa mesma cela.

Compartilhar

Calculando Resultado
clock redo facebook twitter whatsapp search x home profile pencil logout quiz list test star