Inferências em romance

Inferências em romance
Calendar
Se foi Do nada você se foi, achei que nunca iria superar e que jamais encontraria alguém que eu amasse tanto como você! Eu s... Veja mais
Publicidade

Neste trecho "Já faz 5 meses desde a última vez que nós tivemos contato e ainda sinto sua falta". Qual é a informação implícita

Eles não tiveram contato nos últimos cinco meses, a pessoa ainda sente falta do seu ex-parceiro e não conseguiu preencher essa falta com outras pessoas.
A pessoa terminou o relacionamento de 5 anos e já superou o ex-parceiro
Publicidade

No trecho "Acho que a dor que sinto maior é por te deixar assim sem explicações e sem noticias. Mas tenho certeza que iria entender ou ao menos esperava." A mensagem implícita é de:

Tristeza e arrependimento por não ter dado explicações ou notícias e a expectativa de que a pessoa entendesse ou pelo menos esperasse algum tipo de comunicação.
Tristeza por ter deixado a pessoa e por não ter entendido as explicações do porque o relacionamento acabou

Nestas duas frases quais são as inferências "...ainda sinto sua falta, falta essa que não consigo preencher com ninguém e não foi falta de tentar..." "...achei que nunca iria superar e que jamais encontraria alguém que eu amasse tanto como você!"

A pessoa ainda sente falta de alguém do passado que não conseguiu superar
O amor pode vencer a barreira do tempo e curar todas as feridas
Publicidade

"Do nada você se foi, achei que nunca iria superar e que jamais encontraria alguém que eu amasse tanto como você!..." A inferência dessa frase é:

A pessoa sente que a perda é difícil de superar e não acredita que conseguira encontrar alguém que ame tanto quanto a pessoa que se foi.
A pessoa sente que se não voltar com o seu amado ela irá morrer pois não suporta viver sem ele.

"...afinal se foi o amor e pude perceber que tudo não passou de paixão porque essa sim é passageira..." A informação que está implícita nessa frase é:

O autor percebeu que realmente gosta da pessoa e que precisa que ela sinta o mesmo por ele.
O autor/a autora percebeu que o sentimento que tinha pela pessoa não era amor verdadeiro, mas sim uma paixão passageira.
Publicidade
Publicidade
ComentáriosÚltima atualização: -
Clique aqui e seja o primeiro a comentar!

Você vai gostar também

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Carregando...