você sabe sobre o Coração?

você sabe sobre o Coração?
Calendar
testar seus conhecimentos sobre o coração e suas patologias 
Publicidade

Você está atendendo uma mulher de 44 anos com dor torácica. O ECG de 12 derivações mostra elevação nas derivações II, III e aVF. Você deve:

realizar um ECG de 12 derivações do lado direito
administrar 1-5 mg de morfina.
administrar 0,5 mg de nitroglicerina.
realizar um ECG posterior de 12 derivações.
NENHUMA ALTERNATIVA
Publicidade

A ruptura esofágica também é chamada de:

NENHUMA DAS ALTERNATIVAS
Síndrome de Cushing
Síndrome de Boerhaave
Colecistite
Varizes esofágicas

Você está atendendo um homem de 73 anos que está relatando dor torácica e falta de ar. Qual das alternativas a seguir apoiaria seu diagnóstico de insuficiência cardíaca congestiva do lado direito?

NENHUMA DAS ALTERNATIVAS
História de uso de medicamentos anticoagulantes
O pai do paciente morreu de ataque cardíaco.
Evidência de edema podálico
O paciente tem história de asma.
Publicidade

Os critérios de Sgarbossa são úteis na determinação de infarto agudo do miocárdio na presença de:

fibrilação atrial
NENHUMA DAS ALTERNATIVAS
bloqueio de ramo esquerdo.
bloqueio de ramo direito.
flutter atrial.

Você está atendendo um paciente que não responde. O paciente não tem pulso e tem um dispositivo de assistência ventricular esquerda (DAVE) Você deve

iniciar as compressões torácicas.
administrar 1 L de solução salina normal.
substituir as baterias do DAVE.
entrar em contato com o responsável do DAVE.
Publicidade

A administração de oxigênio em um paciente que está com IAMEST sem hipóxia:

melhora os resultados ao reperfundir o músculo cardíaco.
acalma o paciente e deve ser realizada em pacientes com dor torácica.
NENHUMA DAS ALTERNATIVAS
leva à vasoconstrição e redução do fluxo sanguíneo para o coração.
é usada para tratar a dor naqueles que sofrem de dor torácica.

Você está atendendo uma mulher de 58 anos que está relatando dor torácica com irradiação para o braço esquerdo. Tem uma elevação de ST nas derivações II, III e aV. Os sinais vitais são PA 136/98, P 99, R 20 e SaO2 98%. Você deve:

administrar 1 L de solução salina normal e 324 mg de ácido acetilsalicílico (AAS).
administrar 6 mg de adenosina e 0,5 mg de nitroglicerina.
administrar 0,5 mg de atropina e 1 L de solução salina normal.
administrar 324 mg de AAS e 1 mcg/kg de fentanila.
Publicidade

Você está atendendo um homem de 35 anos com dor torácica. O paciente relata dor há 3 dias que piora na deglutição. Você também observa que o paciente tem febre e taquicardia sinusal. A suspeita é de:

ruptura esofágica.
embolia pulmonar.
IAMEST.
insuficiência cardíaca congestiva.

Um homem de 40 anos tem dor torácica descrita como uma sensação de peso no peito e batimentos cardíacos acelerados na última hora. Ele confidencia que usou cocaína cerca de 15 minutos antes do início da dor. Você deve administrar um:

fibrinolítico
benzodiapneicos
opioides
BETAbloqueador
Publicidade

Você está atendendo uma mulher de 72 anos com história de insuficiência cardíaca congestiva. No momento, ela vem sentindo dor no peito ao subir um lance de escadas. Os sinais vitais são PA 92/60, P 88 e R 22. Qual dos achados a seguir faria você suspeitar de insuficiência cardíaca direita?

NENHUMA ALTERNATIVA
Bulha cardíaca B4
Sons cardíacos que incluem um ruído de clique
Distensão venosa jugular
Estertores nas bases do pulmão

EAP cardiogenico

ICC, IAM, SDRA, Trauma, broncoaspiração.
IAM, ICC fase aguda, excesso de volume, sepse
IAM, ICC c fase aguda, disfunção mitral, excesso de volume
sepse, pneumonia, SDRA, broncoaspiração, trauma
Publicidade

EAP não cardiogênico

sepse, pneumonia, broncoaspiração, IAM, SDRA
IAM, sepse, ICC, Pneumonia
nenhuma das alternativas
ICC, trauma grave, broncoaspiração, sepse.
SEPSE, pneumonia, trauma grave, broncoaspiração

EAP cardiogênico pode apresentar:

sepse, dispneia, emese
taquipneia, dispneia, tosse com exp, hipoxemia, b3, extremidades frias, PVC
Taquipneia, dispneia, tosse com exp, emese, sinais de sepse, hipoxemia,.
dispneia, emese, sepse, taquipneia, dispneia.
taquipneia, dispneia, diminuicao do nível de consciencia, sepse
Publicidade

EAP não cardiogênico:

taquipneia, dispneia, emese, ortopneia, hipoxemia, b3
taquipneia, dispneia, hipoxemia, baixo nível de consciência, emese, sinais de sepse, extremidades aquecidas.
taquipneia, dispneia, hipoxemia, emese, ortopneia
taquipneia, dispneia, hipoxemia, ortopneia, b3, emese

terapia para EAP

FUROSEMIDA, oxigenioterapia, nitroglicerina, nitroprissiato de sodio, morfina, dobutamina
FUROSEMIDA, oxgenioterapia, acetil salicílico, clopdogrel
morfina, dobutamina, clopdogrel, heparina, aas.
aas, heparina, dobutamina, morfina, clopdogrel, nitroglicerina
furosemida, AAS, clopdogrel, acetil salicílico,morfina, dobutamina.
Publicidade

Tríade de Back

Turgência jugular, hipotensão arterial
Hipotensão arterial, turgência jugular, DC
DC, turgência jugular, hipotensão arterial
Turgência jugular, hipufonese de bulhas, hipotensão arterial
Publicidade
ComentáriosÚltima atualização: -
Clique aqui e seja o primeiro a comentar!

Você vai gostar também

Carregando...