Criar Quiz
Criar Quiz
Publicidade
Vida de princesa 7! [2 Temporada]

Vida de princesa 7! [2 Temporada]

Tags : Reino realeza Princesa Quiz RPG

Essa é uma história de uma menina que antes era uma camponesa comum que teve sua vida virada de cabeça para baixo de um dia para o outro, e agora como princesa, terá sua vida baseada em escolhas, e estas podem facilitar o dificultar sua vida, e com isso haverá momentos felizes, triste, até de raiva, então boa continuação de história.

Iniciar o Quiz
Incorporar
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

As semanas vão se passando, e estão cada vez piores, pois a rainha, sua tia, está doente, não se levanta mais da cama, e tem piorada desde que descobriu que seu filho Gabriel fugiu, você tentou contatá-lo, mas não conseguiu pois, como o mordomo havia aparecido aquele dia, ele não teve tempo de lhe passar para onde estava indo. Quanto seu relacionamento com Pedro, estão um pouco afastadas, com tudo que tem ocorrido, até quando em uma certa manhã você resolve visitar sua tia em seu quarto:
Você: Com licença tia, posso entrar?
Rainha: Olá querida, claro
Você: está se sentindo melhor?
Rainha: Não muito, devo confessar
Você: Se tiver algo que eu possa fazer
Rainha: Minha querida você encontrou Gabriel? Ele está bem?
Você: Sinto muito tia, mas não consegui contatá-lo, mas ele deve estar bem sim
Rainha: tomara que você esteja certa
~Ela começa a tossir~
Você então preocupada chama pelo mordomo, mas ele não vem, e ela diz:
Rainha: Minha querida, nunca se esqueça de sua essência, não deixe que nada te abale, vai ficar tudo bem.
Você: Tia, não fale assim, você não vai morrer
Rainha: Eu te amo, minha querida!
~Ela então fecha os olhos, você entra em pânico, começa a chorar e mexer seu corpo, para que ela acorde, mas nada adiante, até que do nada todos aparecem, Pedro fica em choque, o rei te afasta da cama e começa a chorar nos ombros dela, e manda que o mordomo chame um médico, mas não há o que fazer, ela faleceu...~ As semanas vão se passando, e estão cada vez piores, pois a rainha, sua tia, está doente, não se levanta mais da cama, e tem piorada desde que descobriu que seu filho Gabriel fugiu, você tentou contatá-lo, mas não conseguiu pois, como o mordomo havia aparecido aquele dia, ele não teve tempo de lhe passar para onde estava indo. Quanto seu relacionamento com Pedro, estão um pouco afastadas, com tudo que tem ocorrido, até quando em uma certa manhã você resolve visitar sua tia em seu quarto:
Você: Com licença tia, posso entrar?
Rainha: Olá querida, claro
Você: está se sentindo melhor?
Rainha: Não muito, devo confessar
Você: Se tiver algo que eu possa fazer
Rainha: Minha querida você encontrou Gabriel? Ele está bem?
Você: Sinto muito tia, mas não consegui contatá-lo, mas ele deve estar bem sim
Rainha: tomara que você esteja certa
~Ela começa a tossir~
Você então preocupada chama pelo mordomo, mas ele não vem, e ela diz:
Rainha: Minha querida, nunca se esqueça de sua essência, não deixe que nada te abale, vai ficar tudo bem.
Você: Tia, não fale assim, você não vai morrer
Rainha: Eu te amo, minha querida!
~Ela então fecha os olhos, você entra em pânico, começa a chorar e mexer seu corpo, para que ela acorde, mas nada adiante, até que do nada todos aparecem, Pedro fica em choque, o rei te afasta da cama e começa a chorar nos ombros dela, e manda que o mordomo chame um médico, mas não há o que fazer, ela faleceu...~

No dia seguinte todos estão super tristes, você continua tentando contatar a seu primo Gabriel, pois o enterro de sua tia será essa tarde, por volta das 16h, mas ele provavelmente receberá a notícia, pois toda a vila, e reinos já sabem.
*Quebra de tempo
Já no horário do enterro estão todos lá somente outros reis e rainhas tem acesso a sala, e as pessoas da vila estão em frente aos portões cantando uma linda música, em homenagem a rainha, até que do nada Gabriel aparece, com os olhos super inchados de tanto chorar, e quando ele está perto do caixão, e voce vai abraça-lo, o rei aparece e diz:
Rei: Saia daqui seu bastardo, isso é tudo culpa sua
Você: Não fale assim com ele
Rei: Cale a boca sua estupida
Pedro: Eu acho melhor resolvermos isso em outro lugar.
~Vocês vão todos para uma sala fechada, com privacidade, o rei manda que o mordomo retire todas as pessoas do castelo, e na sala o rei continua a dizer~
Rei: O que você está fazendo aqui, como entrou? Você é a decepção da família!
Gabriel : Eu vim ver minha mãe, e você não tem direito algum de me proibir de qualquer coisa!!
~O rei então dá um tapa na cara de Gabriel e diz~
Rei: Seu bastardo, não ouse falar comigo assim novamente, e isso que está acontecendo, a morte de sua mãe, é culpa sua!
Gabriel: A culpa é sua, você causou tudo isso, quando me ameaçou, e a entristeceu
Rei: Cale sua boca
~E então quando ele vai dar outro tapa no rosto de Gabriel , você por estar mais perto, segura o braço do rei, ele fica surpreso, mas logo te empurra e diz~
Rei: Não toque em mim sua vadia!
Pedro: Não fale com ela assim ~ele diz num tom nervoso, e te ajuda a levantar~
Rei: Você é outro bastardo, tenho nojo de você, como pode estar com essa... ~ele olha para você, com nojo~ Eu devia ter intervindo, te mandado embora assim que chegou
Pedro: Você nunca mais toque seu dedo nela, nem em meu irmão
Rei: Se não o que? Vai fugir também? Acho que não
~Ele pega você a força pelo braço, pega uma faca do bolso, coloca em sua garganta, manda os meninos se afastarem, sai da sala, tranca a porta, te leva para um corredor, guarda a faca, e dá um tapa da sua cabeça, fazendo com que você desmaie~
Depois de um tempo você acorda, com a cabeça dolorida, e quando olha ao redor, está em um lugar escuro, todo empoeirado, sem janelas, então começa a tossir, e gritar por alguém, mas nada de adiante. No dia seguinte todos estão super tristes, você continua tentando contatar a seu primo Gabriel, pois o enterro de sua tia será essa tarde, por volta das 16h, mas ele provavelmente receberá a notícia, pois toda a vila, e reinos já sabem.
*Quebra de tempo
Já no horário do enterro estão todos lá somente outros reis e rainhas tem acesso a sala, e as pessoas da vila estão em frente aos portões cantando uma linda música, em homenagem a rainha, até que do nada Gabriel aparece, com os olhos super inchados de tanto chorar, e quando ele está perto do caixão, e voce vai abraça-lo, o rei aparece e diz:
Rei: Saia daqui seu bastardo, isso é tudo culpa sua
Você: Não fale assim com ele
Rei: Cale a boca sua estupida
Pedro: Eu acho melhor resolvermos isso em outro lugar.
~Vocês vão todos para uma sala fechada, com privacidade, o rei manda que o mordomo retire todas as pessoas do castelo, e na sala o rei continua a dizer~
Rei: O que você está fazendo aqui, como entrou? Você é a decepção da família!
Gabriel : Eu vim ver minha mãe, e você não tem direito algum de me proibir de qualquer coisa!!
~O rei então dá um tapa na cara de Gabriel e diz~
Rei: Seu bastardo, não ouse falar comigo assim novamente, e isso que está acontecendo, a morte de sua mãe, é culpa sua!
Gabriel: A culpa é sua, você causou tudo isso, quando me ameaçou, e a entristeceu
Rei: Cale sua boca
~E então quando ele vai dar outro tapa no rosto de Gabriel , você por estar mais perto, segura o braço do rei, ele fica surpreso, mas logo te empurra e diz~
Rei: Não toque em mim sua vadia!
Pedro: Não fale com ela assim ~ele diz num tom nervoso, e te ajuda a levantar~
Rei: Você é outro bastardo, tenho nojo de você, como pode estar com essa... ~ele olha para você, com nojo~ Eu devia ter intervindo, te mandado embora assim que chegou
Pedro: Você nunca mais toque seu dedo nela, nem em meu irmão
Rei: Se não o que? Vai fugir também? Acho que não
~Ele pega você a força pelo braço, pega uma faca do bolso, coloca em sua garganta, manda os meninos se afastarem, sai da sala, tranca a porta, te leva para um corredor, guarda a faca, e dá um tapa da sua cabeça, fazendo com que você desmaie~
Depois de um tempo você acorda, com a cabeça dolorida, e quando olha ao redor, está em um lugar escuro, todo empoeirado, sem janelas, então começa a tossir, e gritar por alguém, mas nada de adiante.

*Perspectiva de Pedro e Gabriel:
Pedro: P***, onde ela vai levá-la? Se ele a machucar, juro que não sairá impune.
Gabriel: Precisamos ir atrás dele, mas como vamos sair daqui?
Pedro: Deve ter alguma saída, o mordomo eles devem ter uma chave
Gabriel: Mas como vamos chamar por eles?
~Você estão lembram da Janela que tem na sala, porém vocês estão num andar bem distante do solo, mas Pedro diz~
Pedro: Temos que descer, eu vou, tudo bem se você não quiser, mas não vou deixar nada acontecer com ela.
Gabriel: Eu também vou, mas como você pretende descer tudo isso?
Pedro: As cortinas, e se déssemos nós, prendermos á algo?
Gabriel : Pode ser. *Perspectiva de Pedro e Gabriel:
Pedro: P***, onde ela vai levá-la? Se ele a machucar, juro que não sairá impune.
Gabriel: Precisamos ir atrás dele, mas como vamos sair daqui?
Pedro: Deve ter alguma saída, o mordomo eles devem ter uma chave
Gabriel: Mas como vamos chamar por eles?
~Você estão lembram da Janela que tem na sala, porém vocês estão num andar bem distante do solo, mas Pedro diz~
Pedro: Temos que descer, eu vou, tudo bem se você não quiser, mas não vou deixar nada acontecer com ela.
Gabriel: Eu também vou, mas como você pretende descer tudo isso?
Pedro: As cortinas, e se déssemos nós, prendermos á algo?
Gabriel : Pode ser.

~Ambos então descem, mas quando chegam ao solo, não sabem onde ela está, então resolvem se dividir~
Pedro já andou pelas salas, jardim, mas nada. Gabriel procura nos quartos, cozinhas e nada também, até que ambos se encontram de novo, e diz~
Gabriel: Não achei
Pedro: Eu também não, nenhum sinal, mas para onde ele a levaria, não deu tempo de ele sair do castelo, fora que as pessoas da vila estão todas no portão.
Gabriel: Sim, ela está aqui ainda, mas onde?
Pedro: Deve ter algum porão, ou algo assim
Gabriel: Sim, vamos perguntar para alguém que trabalha aqui a anos
Pedro: Rosa?
Gabriel: Sim
~Ambos então vão a procura de Rosa, e quando a encontram, perguntam, e ela diz que sim, mas foi tampado a muito tempo, que nem deve ter acesso para lá, mesmo assim, mostra para vocês onde é~
*Voltando para a perspectiva de Sophia
~Um tempo depois o rei volta, e diz~
Rei: Desculpe a demora, fui resolver uns problemas, mas cá estou eu, vamos terminar com isso de uma vez por todas, você já me cansou, desde que chegou, só tem complicado minha vida, por sua culpa meus filhos viraram dois bastardos.
~De repente começa-se ouvir altos barulhos do lado de fora~
Rei: Bem na hora!
~Pedro e Gabriel aparecem, e o rei pressiona uma lâmina sua garganta, e diz~
Rei: Olá, chegaram bem a tempo, de verem o que acontece quando não seguem minhas ordens
Pedro: Solte-a, farei o que você quiser!
Rei: Estou começando a gostar dessa conversa
Gabriel: seu...
Rei: Calado seu bastardo, não quero saber de você. Pedro que tal um trato?
Pedro: Qual? ~Ambos então descem, mas quando chegam ao solo, não sabem onde ela está, então resolvem se dividir~
Pedro já andou pelas salas, jardim, mas nada. Gabriel procura nos quartos, cozinhas e nada também, até que ambos se encontram de novo, e diz~
Gabriel: Não achei
Pedro: Eu também não, nenhum sinal, mas para onde ele a levaria, não deu tempo de ele sair do castelo, fora que as pessoas da vila estão todas no portão.
Gabriel: Sim, ela está aqui ainda, mas onde?
Pedro: Deve ter algum porão, ou algo assim
Gabriel: Sim, vamos perguntar para alguém que trabalha aqui a anos
Pedro: Rosa?
Gabriel: Sim
~Ambos então vão a procura de Rosa, e quando a encontram, perguntam, e ela diz que sim, mas foi tampado a muito tempo, que nem deve ter acesso para lá, mesmo assim, mostra para vocês onde é~
*Voltando para a perspectiva de Sophia
~Um tempo depois o rei volta, e diz~
Rei: Desculpe a demora, fui resolver uns problemas, mas cá estou eu, vamos terminar com isso de uma vez por todas, você já me cansou, desde que chegou, só tem complicado minha vida, por sua culpa meus filhos viraram dois bastardos.
~De repente começa-se ouvir altos barulhos do lado de fora~
Rei: Bem na hora!
~Pedro e Gabriel aparecem, e o rei pressiona uma lâmina sua garganta, e diz~
Rei: Olá, chegaram bem a tempo, de verem o que acontece quando não seguem minhas ordens
Pedro: Solte-a, farei o que você quiser!
Rei: Estou começando a gostar dessa conversa
Gabriel: seu...
Rei: Calado seu bastardo, não quero saber de você. Pedro que tal um trato?
Pedro: Qual?

Rei: Não posso deixar que ambos escapem daqui, que tipo de rei eu seria, se deixasse ambos meus sucessores fossem embora, eu ficaria mal falado, então estou disposto a troca essa menina por você permanecer aqui, sobre minhas ordens, para então assumir o trono.
Pedro: Está bem
Rei: Ainda bem que ainda tenho um filho inteligente
~O rei então arranha seu pescoço com a faça, para te machucar, mas não matar, e Pedro vem correndo em sua direção, para te ajudar, e grita para o rei~
Pedro: Este não era o combinado
Rei: Eu nunca disse que não a machucaria, o trato era a vida dela pela sua, então me agradeça por não a matar.
~O rei então leva Pedro com ele, mas antes Pedro lhe dá um último beijo, e diz para que você fuja, fique segura, que vai dar tudo certo, e que vocês vão se encontrar, pois estão destinados a ficarem juntos, e pede para Gabriel te manter segura~
Logo ele é levado, e você e Gabriel fogem, por mais que você relute muito para isso, pois não quer abandoná-lo. Rei: Não posso deixar que ambos escapem daqui, que tipo de rei eu seria, se deixasse ambos meus sucessores fossem embora, eu ficaria mal falado, então estou disposto a troca essa menina por você permanecer aqui, sobre minhas ordens, para então assumir o trono.
Pedro: Está bem
Rei: Ainda bem que ainda tenho um filho inteligente
~O rei então arranha seu pescoço com a faça, para te machucar, mas não matar, e Pedro vem correndo em sua direção, para te ajudar, e grita para o rei~
Pedro: Este não era o combinado
Rei: Eu nunca disse que não a machucaria, o trato era a vida dela pela sua, então me agradeça por não a matar.
~O rei então leva Pedro com ele, mas antes Pedro lhe dá um último beijo, e diz para que você fuja, fique segura, que vai dar tudo certo, e que vocês vão se encontrar, pois estão destinados a ficarem juntos, e pede para Gabriel te manter segura~
Logo ele é levado, e você e Gabriel fogem, por mais que você relute muito para isso, pois não quer abandoná-lo.

E acaba aqui a 2 temporada Refazer

E acaba aqui a 2 temporada

Gente, se estiveram gostando, e quiserem uma 3 temporada, eu estou criando um perfil no instagram (@_dudsquiz), para eu postar sobre isso, ai vocês podem me ajudar com algumas coisas para a 3 temporada, dizer o que acham, se caso tiverem dúvidas e tals, e para uma terceira temporada, que tal metas? chegar a 14 seguidores nesse insta ( link na capa da minha página, para ser mais fácil e rápido) ou 9 comentários de confirmação aqui nos comentários. É isso bjs.

Compartilhar

E acaba aqui a 2 temporada Refazer

E acaba aqui a 2 temporada

Gente, se estiveram gostando, e quiserem uma 3 temporada, eu estou criando um perfil no instagram (@_dudsquiz) para eu postar sobre isso, ai vocês podem me ajudar com algumas coisas para a 3 temporada, dizer o que acham, se caso tiverem dúvidas e tals, e para uma terceira temporada, que tal metas? chegar a 14 seguidores nesse insta ( link na capa da minha página, para ser mais fácil e rápido) ou 9 comentários de confirmação aqui nos comentários. É isso bjs.

Compartilhar

Calculando Resultado

Publicidade

clock facebook twitter whatsapp redo search x home profile pencil logout quiz list test user star