Criar Quiz
Criar Quiz
RPG- A Guardiã do Fogo {parte 4- 2 temp.} 🔥

RPG- A Guardiã do Fogo {parte 4- 2 temp.} 🔥

Tags : realeza Elementos Ficção Poderes Fantasia Romance Quiz RPG Amor

>>parte 4: Luz e Sombra

SINOPSE:

Anos depois da Rainha das Trevas, os Guardiões viviam felizes no reino de Gardien, e agora com novos integrantes na família. Mas a felicidade deles é interrompida quando todos começam a questionar os comportamentos de Scarlett, filha de Alexia e Gilbert. A menina foi a única a nascer com poderes da luz e das trevas, o que a fez ter tendências a seguir o caminho da escuridão. E isso acaba se tornando realidade quando Scarlett faz amizade com certas pessoas, misteriosas, e fica totalmente descontrolada. Juntos, os Guardiões e seus filhos farão de tudo para salvá-la de si mesma e trazer Scarlett de volta para o caminho da luz.

"Cuidado com as amizades, não é só o amor que machuca."
Pretty Little Liars

🔥plágio é crime.
🔥nenhuma imagem me pertence.
🔥me siga no instagram: liv.rpgs

• O que é RPG?

➲ Basicamente é a sigla inglesa de Role-Playing Game, que em português significa "jogo de interpretação de personagens", é um gênero de videogames. Consiste em um tipo de jogo no qual os jogadores desempenham o papel de um personagem em um cenário fictício.
***************************************************************
Se quiserem e gostarem, por favor comentem no final para que eu saiba que gostaram e posso estar trazendo as outras partes.

Iniciar o Quiz
Incorporar
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21

Sem nem ao menos pensar direito, peguei meu arco que havia deixado embaixo da cama assim que retornei da floresta, mais cedo. Apanhei minha capa no closet e sai, ainda enfurecida.

como é sua capa?
{ geralmente arqueiros usam e eu acho simplesmente perfeito} Sem nem ao menos pensar direito, peguei meu arco que havia deixado embaixo da cama assim que retornei da floresta, mais cedo. Apanhei minha capa no closet e sai, ainda enfurecida.

como é sua capa?
{ geralmente arqueiros usam e eu acho simplesmente perfeito}

  • 🔥
    🔥
  • 🔥
    🔥
  • 🔥
    🔥
  • 🔥
    🔥
  • 🔥
    🔥
  • 🔥
    🔥
  • 🔥
    🔥

Eu saí do meu quarto, mais uma vez batendo a porta. E na escada, estavam nossos pais, ainda conversando sobre os recentes acontecimentos e obviamente vieram me questionar.
- Onde você pensa que vai? Largue a arma e volte AGORA para o seu quarto - ela insiste.
Acho que aquilo só deixou minha mãe mais furiosa ainda.

o que você responde? 🔥

  • - Você acha mesmo que eu vou ficar aqui depois disso tudo? - eu rio. - Adeus, mamãe. Você não pode me impedir e eu já estou mais do que decidida.
  • - Talvez eu esteja agindo sem pensar mesmo, acho melhor conversarmos primeiro... Me desculpem - eu hesito, mas acabo sedendo. Realmente, nossa cabeça costuma não funcionar direito na hora da raiva....

{SE VOCÊ ESCOLHEU A PRIMEIRA OPÇÃO}

- Você realmente foi um erro, eu sempre soube - ela resmunga, mas não o suficiente, pois eu entendo perfeitamente bem as palavras que saíram de sua boca, fazendo meu sangue ferver mais do que lava de um vulcão enfurecido.

- Eu te odeio! - grito, descendo em disparado as escadas.
Mas algo aconteceu quando Beverly entrou em minha frente, com a intenção de me impedir de partir, e suas intenções eram boas. E eu, sem preocupação alguma e um olhar de ódio a empurrei escada a baixo. Não foi acidente, nem mesmo um erro. Eu simplesmente fiz. Aquela não era eu, mas eu havia gostado da sensação.

A moça de cabelos nevados desceu as escadas rolando e foi parar no hall de entrada, novamente. Beverly estava desmaiada e GRÁVIDA, e isso foi a única coisa que me preocupou. Tanto que, sai dali girando junto com minha capa e assim sumindo, radicalmente. Não deu tempo nem de escutar o desespero de Oliver, papai e mamãe. E quando a ficha caiu, eu senti vergonha e ao mesmo tempo, alívio de ter saído de lá o mais rápido possível.

  • 🔥
  • Escolhi a outra opção.

{SE VOCÊ ESCOLHEU A SEGUNDA OPÇÃO}
- Que bom, filha! Eu saiba que você não era uma aberração! - ela exclama, feliz.

- Como assim? Então você já chegou a me enxergar como um monstro? Não importa o quanto eu tente, nada do que eu faça vai faze-los mudar de ideia sobre mim, não é mesmo? - eu digo chorando e quando saio correndo pelas escadas, acabo esbarrando em Bev que, cai e sai rolando até o final da escadaria. Eu a olho, lá embaixo desmaiada e entro em desespero.
Todos me olham com um ar de julgamento, sem ao menos cogitar a possibilidade de ter sido apenas uma acidente, o que realmente aconteceu.
- E-eu sinto muito, me desculpem. Eu nunca quis que isso acontecesse - eu falo, agora, as lágrimas corriam mais ainda pelo meu rosto que ardia de vergonha e nada podia pará-las.
Eu me enrolei em minha capa e desapareci. A última coisa que pude ver foram todos correndo para socorre-la . Eu me sentia péssima. Mamãe estava certa, eu sou mesmo uma aberração!

  • 🔥
  • Escolhi a opção anterior.

Me teletransportei para a floresta, e não faço a mínima ideia de como fiz isso. E correndo com a capa ao vento e o arco em mãos, já sabia onde poderia me abrigar. Havia uma mórbida, mas aconchegante cabana escondida na beira da floresta. Eu descobri sua existência alguns anos atrás, e sempre vou para lá quando quero me isolar de todos. Tem uma cama, cobertores, roupas limpas e até uma lareira. Tudo o que preciso, com exceção de suprimentos, como água e comida.

Eu entro, ascendendo as luzes amareladas e logo sento no sofá empoeirado. Apenas puxo um cobertor para aquecer meu corpo gelado mas antes, tiro minha capa que estava suja de terra e a jogo no chão. Eu caí enquanto corria amargamente pela abrangente floresta escura, mas isso não vem ao caso.
É essencial que eu arrume alguém com quem possa contar, para trazer o que preciso. Depois do que fiz, não posso retornar ao castelo nunca mais. Serei punida e ambas famílias nunca mais vão querer saber de mim. Acho que acabei de acabar com a minha vida.
Preciso de uma barreira antes que os guardas comecem a me caçar, mas posso cuidar disso amanhã de manhã. Minha barriga está roncando, estou morrendo de fome, mas posso resolver isso amanhã também. É melhor eu me deitar e dormir um pouco, talvez assim a fome passe. Me teletransportei para a floresta, e não faço a mínima ideia de como fiz isso. E correndo com a capa ao vento e o arco em mãos, já sabia onde poderia me abrigar. Havia uma mórbida, mas aconchegante cabana escondida na beira da floresta. Eu descobri sua existência alguns anos atrás, e sempre vou para lá quando quero me isolar de todos. Tem uma cama, cobertores, roupas limpas e até uma lareira. Tudo o que preciso, com exceção de suprimentos, como água e comida.

Eu entro, ascendendo as luzes amareladas e logo sento no sofá empoeirado. Apenas puxo um cobertor para aquecer meu corpo gelado mas antes, tiro minha capa que estava suja de terra e a jogo no chão. Eu caí enquanto corria amargamente pela abrangente floresta escura, mas isso não vem ao caso.
É essencial que eu arrume alguém com quem possa contar, para trazer o que preciso. Depois do que fiz, não posso retornar ao castelo nunca mais. Serei punida e ambas famílias nunca mais vão querer saber de mim. Acho que acabei de acabar com a minha vida.
Preciso de uma barreira antes que os guardas comecem a me caçar, mas posso cuidar disso amanhã de manhã. Minha barriga está roncando, estou morrendo de fome, mas posso resolver isso amanhã também. É melhor eu me deitar e dormir um pouco, talvez assim a fome passe.

  • 🔥
  • 🔥

Eu pretendia ir para a cama na noite anterior, mas desmaiei ali mesmo no sofá. Só consegui dormir por conta do cansaço e pelo fato de ainda estar um pouco bêbada, porque com tudo o que estava acontecendo, fica quase impossível ter uma boa noite de sono. Eu não me lembro de nada que aconteceu na festa, apenas alguns momentos como quando chegamos, ou quando encontrei com Max.
Acordei morta de fome e, precisava de alguém de confiança para me ajudar. Thony e Maya nem pensar. Devem estar magoados e nem aí para mim. Não tiro a razão deles, é claro. E nem a pau quero que Max saiba o que eu fiz, estou com muita vergonha de mim mesma e não quero metê-lo nisso. Minha única opção são as irmãs Darkbloom. Não sei se devo chamá-las. Nem somos tão próximas assim.

o que você faz? 🔥

  • Ligo para elas(ou mando mensagem) sem pensar duas vezes. Eu necessito de ajuda.
  • Resolvo não ligar. Talvez elas nem me considerem tanto assim, só somos amigas a dois dias, o que iriam pensar de mim?

{SE VOCÊ ESCOLHEU A PRIMEIRA OPÇÃO}

~CHAT ON~
Scarlett- Oi Amélia, está ocupada?
Amélia- Oi Scar, não estou não. Está tudo bem?
Scarlett- Na verdade não, você pode me encontrar na floresta e trazer água e muita comida? Eu estou encrencada.
Amélia- Tudo bem, chego aí em um minuto, pode contar comigo!
Scarlett- Obrigada mesmo, você está quebrando um galhão! Te devo uma.
Amélia- Imagina! Amigas servem para isso. Até daqui a pouco.
~CHAT OFF~

  • 🔥
  • Escolhi a outra oção.

{SE VOCÊ ESCOLHEU A SEGUNDA OPÇÃO}
Eu tento me conter mas, minha barriga ronca alto e minha fome é tanta que estou até passando mal. Não como nada desde ontem de tarde.
Resolvo ceder e acabo ligando(ou mandando mensagem) para uma das irmãs.

~CHAT ON~
{a conversa foi a mesma de anteriormente}
~CHAT OFF~

  • 🔥
  • Escolhi a opção anterior.

Rapidamente ao olhar pela janela quando escutei alguns barulhos lá fora, vi as gêmeas se aproximarem e fui até a porta para recebê-las.
- Oi Scarlett. Eu trouxe Florence junto, espero que não se importe - a morena fala enquanto se aproxima para me cumprimentar com um abraço.
- Tudo bem, não faz diferença mesmo.

- A festa ontem foi uma doideira, né? - Florence fala com certeza.

- Doideira até demais - eu respondo enquanto entro e em seguida, elas também, para que eu possa fechar a porta. E quando eu tranco, elas se olham confusas.

- Afinal, o que você está fazendo aqui no meio do nada? - Amélia questiona, olhando por todos os lados.

- Longa história. Trouxe o que eu pedi? - eu pergunto eufórica, a fome ainda falava alto.

- Tudo e mais um pouco. Mas só lhe entregarei quando nos contar. Estamos aqui para ajudar, lembre-se disso - ela desafia, e não parecia estar brincando.

o que você faz? 🔥

  • Eu a confronto e tento puxar a cesta de suas mãos, o que resulta em absolutamente nada. Não sei se estou pronta para confiar nelas, mas é tudo o que me resta e depois de falhar inúmeras vezes, incluindo agora, acho que terei que falar a verdade, mesmo que seja contra minha vontade.
  • Resolvo contar tudo, até mesmo do que não me lembrava. Acho que devo confiar nelas afinal, são minha única opção e talvez minha melhor chance.

Depois de alguns minutos, elas já sabiam de absolutamente toda a história. E eu contei tudo mesmo, desde a época da Rainha das Trevas, bem antes de eu mesma nascer, até os acontecimentos da noite passada, dos quais eu ainda me envergonhava. Agora não tem mais volta. Ou elas me odeiam por ter feito aquilo com Bev, ou... elas me odeiam. Não tem outra alternativa.
- Uau! Isso é muita loucura. E apesar de você ser meio do mal, quem somos nós para julgar, não é mesmo? Somos seres imperfeitos e todos cometemos erros, a todo instante! Todos temos defeitos. Pode ficar tranquila e deixaremos bem claro que não é por isso que olharemos de outro jeito para você - Amélia explica.

- Amélia tem razão. Olha, eu não sou muito comunicativa, mas saiba que você pode contar conosco. Estamos aqui pro que der e vier e embora sejamos amigas a tão pouco tempo, nos importamos com você, de verdade - Florence me conforta, para minha surpresa. A garota misteriosa pega a cesta da irmã e me entrega. Eu rapidamente retiro as comidas de dentro para que pudesse finalmente saciar minha fome.

Ouvir aquelas palavras motivadoras e acolhedoras das irmãs, fez com que eu soubesse que não estava realmente sozinha, e que eu podia confiar nelas. Eu senti firmeza no que disseram e agradeci a ajuda, do fundo do meu coração. Logo, as duas partiram e eu fiquei sozinha novamente, mas... não por muito tempo.

  • 🔥
  • 🔥

Eu estava juntando as embalagens após minha "refeição" e organizando o lugar, quando sinto uma energia negativa por toda a casa. O cômodo escureceu e parecia que o inverno havia chegado mais cedo. Estava frio e eu não enxergava nada, exceto uma fumaça preta horripilante. Ao me virar, vi duas figuras sinuosas. Estavam encapuzadas, fazendo com que eu não conseguisse enxergar seus rostos, nem a superfície de seus corpos. Eu fiquei paralisada, mas ,aliviada, quando uma delas fez um sinal com a mão, o qual indicava que eu me acalmasse.
- Olá, menina Scarlett. Nós somos as Herdeiras da Escuridão e viemos em paz - elas falam em coro.

- Eu sou a Princesa das Trevas - uma delas se apresenta, a mais baixa

- Já eu, Dona da Escuridão. Da que abrange o mundo inteiro, e daquela que vive em seu coração - já a outra, intimidante, vem aos poucos chegando mais perto de mim.

- O que vocês querem de mim? - eu questiono-as, pávida.

- Uma proposta, muito interessante, alias - a Princesa responde.

o que você faz? 🔥

  • Escuto, com muito interesse.
  • Escuto, mas apenas por curiosidade e para acabar logo com aquilo.

- Ora, você sabe que existem Guardiões no mundo todo, e assim como eles estão por toda parte, nós, trevosos, também estamos. E agora, você pode ser uma de nós. Aqui não julgamos, e não nos importamos se você carrega uma parte da luz consigo. O que queremos é que se entregue completamente e faça parte disso, de nós. E aí, o que acha? - a mais assustadora propõe, misteriosamente entusiasmada.

o que você diz? 🔥

  • - Eu não seria julgada, nem vista como uma aberração? É tudo o que eu sempre quis - eu penso. - Sim! Eu aceito. O que tenho que fazer? 🔥
  • - Não sei se devo... Não me parece certo. Seu eu me entregasse para as trevas, só estaria provando para todos que eles estavam certos sobre mim. Seria como entregar o jogo, e perdê-lo. E eu nunca perco! 🔥

{SE VOCÊ ESCOLHEU A PRIMEIRA OPÇÃO}
- Ótimo! Saiba que fez a escolha certa, minha cara. Você saberá o que tem que fazer daqui alguns dias. Se cuide e, não se renda! Ah, e lembre-se quem são os verdadeiros inimigos - elas dizem novamente em coro. Que coisa irritante! Mas mesmo assim, ainda são assustadoras.

E assim, logo desapareceram no meio da fumaça que agora sumirá completamente e eu, podia ver novamente a luz do dia, que entrava pelas janelas, iluminando toda a cabana.
Tudo daria certo para mim neste presente, e finalmente ficarei com pessoas que me entendem e não me julgam! Eu não preciso de mais nada, apenas ver Maya e Thony pela última vez e, me desculpar por tudo.

  • 🔥
  • Não escolhi essa opção.

{SE ESCOLHEU A SEGUNDA OPÇÃO}
- Exatamente! Você nunca perde e, não pode se esconder aqui para sempre. E quando te acharem, será fim de jogo.

- Espera aí, como vocês sabem que tem gente atrás de mim? - eu indago, suspeita.

- Nós sabemos de tudo, minha cara - a menina da esquerda esclarece, confiante. - Agora vamos, aceite logo. Não estará mostrando fraqueza nenhuma, apenas se rebelando e mostrando a eles quem você realmente é.

Eu oscilo entre aceitar ou não, mas...
- Tudo bem. - eu digo tremendo e ainda com um pouco de dúvidas. - Não tenho nada a perder mesmo, dane-se!

- Excelente! Diremos o que você deve fazer daqui um tempo, enquanto isso, não seja pega... não perca o jogo! Lembre-se quem são os verdadeiros inimigos - elas completam, juntas e satisfeitas.

E então, as Herdeiras das Trevas desapareceram no meio da fumaça preta que agora tinha sumido por completo e eu podia ver novamente a luz do dia, que entrava pelas janelas, iluminando até o menor dos cantos.
Talvez tudo se encaixasse agora, talvez eu finalmente fique com pessoas que me entendem e não me julgam! Acho que não a mais nada a fazer, a não ser encontrar-me com Maya e Thony e, pedir desculpas por tudo isso.

  • 🔥
  • Não escolhi essa opção.

22:00pm
Já era noite, ainda tinha comida suficiente para uns três dias. Eu comi, acendi a lareira, deitei-me na cama e aproveitei para ler um dos livros que havia trazido para cá, nas minhas idas e vindas para a floresta. Eu adormeci, com o livro sob o peito e a cabeça encostada no travesseiro que se apoiava na cabeceira da velha cama. Estava frio lá fora, mas o fogo que queimava ao lado ajudou a aquecer todo o perímetro.

1:30am
Eu acordei aturdida com as fortes batidas na porta central. Saltei da cama silenciosamente e fui atender. Peguei meu arco, por precaução. Abri devagar e ligeira, mas era só o idiota do Max.
- O que? Como me achou? O que você está fazendo aqui? - eu, que estava com a flecha preparada.

- Ei, calma Scar - ele abaixa cuidadosamente o arco. - Abaixe isso, sou só eu.

- Você me assustou. Feche essa porta - eu passo esbarrando nele e trancando a porta depressa. - Como me achou?

- Eu preciso te contar uma coisa primeiro, mas acho melhor você sentar - ele fala francamente.

- E-está bem - isso me preocupou. Será que aconteceu algo sério com Bev? E o bebê? Meu Deus, será que eu sou uma assassina de bebês?

  • 🔥
  • 🔥

- Nunca foi fácil esconder isso de você, meu amor. Mas você tem que entender que eu não podia te contar e, ainda não posso. Mas você está afundando e eu quero poder te ajudar e para isso, você tem que saber a verdade sobre mim... - ele pega na minha mão.

- Do que você está falando?

- Sabe todos aqueles boatos sobre minha família? Que somos bruxos e mexemos com esse tipo de coisa? É... - ele hesita, mas continua em seguida. - É tudo verdade! Eu, minhas mães, meus avós e todos os outros viemos de uma antiga linhagem de bruxas e bruxos. Mas calma! Antes que pense milhões de coisas erradas, tem que entender que somos do bem e só utilizamos magia branca. Assim como existem os Guardiões e as Trevas, também existem bruxos do bem, e os do mal, que praticam magia negra. Quando fui ao castelo hoje mais cedo, me contaram tudo e eu usei um feitiço para te rastrear... Um fio de cabelo seu, foi tudo o que precisei. Achei na minha blusa, da noite da festa. Deve ter ficado quando você caiu nos meus braços, desmaiada.

qual sua reação? 🔥

  • - Isso é algum tipo de piada? Porque se for eu não estou achando graça! Eu... eu não acredito. Porra, Max. Como pode esconder isso de mim sabendo que eu sofro todos os dias e você poderia ter feito alguma coisa. Só saía daqui, eu não quero ver ninguém - você vira e aponta para a porta, não se move e nem diz mais nada.
  • - Uau. É muita coisa para digerir mas, eu te entendo. Meus pais sempre me falam como foi difícil para eles esconder seus poderes por tanto tempo e eu fico feliz de nunca precisar ter o feito o mesmo. Obrigada por me contar, Max. Mas agora você precisa ir, é sério.

Eu quis assim, e assim foi feito. Max foi embora e eu nem tive tempo para pensar sobre o que ele me revelou a pouco, pois uma vaga lembrança surgiu em minha cabeça ao lembra da seguinte frase "Achei na minha blusa, da noite da festa. Deve ter ficado quando você caiu nos meus braços, desmaiada". Agora eu lembro o que vi pouco antes de desmaiar, eu me lembro de quase tudo. Hollie e Phillip!
Ai meu Deus, eu preciso contar para Maya e Thony o quanto antes, eles PRECISAM saber. Mas... não sei nem se eles vão querer me ver depois do que fiz, principalmente Maya...

O certo a se fazer agora é tentar dormir mais um pouco. E, eu não posso acreditar que Max, o meu Max é realmente um bruxo. Espero que ele não tenha ficado magoado porque mandei-o embora, mas não é seguro para ele aqui. Ele foi tão cuidadoso em me procurar, e se preocupa tanto que veio até mim usando um feitiço. E contou para mim algo que não podia, ele tinha boas intenções, ele só queria me ajudar e eu o expulsei.
Estão vendo? Eu mereço ficar sozinha mesmo, eu sempre estrago tudo!

  • 🔥
  • 🔥

A manhã está ensolarada e muito quente. As centenas de passarinhos me acordam com o adorável canto matinal e eu, desperto com os mesmos pensamentos que tinha pouco antes de pegar no sono. Isso tudo é uma droga! Além de estar me sentindo péssima quanto a Max, ainda teria que dar a notícia de uma traição aos meus irmãos - sim, considero Maya minha irmã, e a chamo assim desde sempre - , não sei como farei para trazê-los aqui, talvez com uma mensagem? Será que responderiam?

  • 🔥
  • 🔥

De repente, quando eu menos esperava, como se tivessem lido minha mente, pude ver pela janela, os dois se aproximando. Como me encontraram? Será que foi Max que informou minha localização?

Eu saio na varanda antes que eles possam bater na porta e pedir para entrar, eu não quero ter que expulsar mais ninguém daqui, embora essa casa não seja oficialmente minha. Bom, talvez seja. Não tem dono, mas eu estou aqui, então eu sou a dona. Por que estou pensando nisso agora? Esquece!
- Ei, você! Ficou maluca? - Maya grita, mesmo já perto

- F-foi um acidente, eu juro - eu resmungo, fitando o chão

- Isso é exatamente o que alguém culpado diria - Thony fala. É horrível ver nosso próprio irmão contra nós.

- Ela está bem? - eu pergunto, angustiada.

- Não graças a você - Maya fala, cruzando os braços.

- Eu sinto muito mesmo, e vocês tem todo o direito de estarem bravos comigo, mas guardem os xingamentos para mais tarde pois, tenho algo muito sério para contar para vocês...

- Espero que não seja nenhuma desculpinha idiota - Thony fala bufando.

  • 🔥
  • 🔥

- Certo, não vai ser fácil ter que dizer isso. E também não será fácil para vocês ouvir mas... lembram quando eu sumi, na festa? Eu fui procurar o banheiro mas, acabei entrando no cômodo errado acidentalmente e vi Hollie e Phillip se beijando... Eu sinto muito - eu conto, novamente fitando o chão, não conseguiria dar essa notícia os olhando nos olhos.

- O- o que? - ela fala, eles se olham e Thony segura Maya para que a mesma não caia.

- Isso é sério? - Thony pergunta aflito.

- Eu juro que sim. Nunca mentiria sobre algo tão grave, ainda mais para vocês - eu tento me aproximar para dar apoio, mas eles se afastam. - Melhor vocês irem, não sei como me acharam, mas por favor, não me entreguem.

- Somos seus irmãos, sabemos que quando não está na floresta, você vem para cá - Thony conta.

- Mas como? - eu ainda não havia entendido.

- Você não é a única que explora o território - Maya fala eu dá um levíssimo sorriso. - Vamos embora, Thony. E-eu não estou bem.

- Eu te entendo, Maya. Estou sentindo o mesmo - ele a abraça e os dois partem, sem olhar para trás.

Eu entro e tranco a porta, como sempre. Mas dessa vez fecho todas as janelas e fico quieta, deitada na cama, dando continuidade ao livro da noite passada.
Espero de verdade que A Princesa Trevas e A Dona da Escuridão retornem logo, pois estou exposta demais. Isso saiu fora do controle, muita gente sabe meu paradeiro. Alias, de onde será que elas vem? Disseram que há trevas por todo o mundo, mas tem algo errado nessa história. Enfim, talvez me contem quando eu finalmente fizer parte do? Do que eu nem sei o que é direito.

  • 🔥
  • 🔥

Passando pra visar que, o próximo episódio será narrado pela nossa queridissima Alexia, atendendo ao pedido de muitos.

E não estranhem, nem fiquem cobrando se eu demorar para postar pois como já disse, só não me lembro onde, eu estou postando 1 episódio por semana. Estou com muita coisa para fazer. Diferente de muita gente, eu não terei férias e nem uma pausa nas lições, e também estou trabalhando. Não pensem que demoro para postar por que desisti, ou por falta de idéias, é por falta de tempo! Mas mesmo assim, não deixarei de entregar no prazo imposto! Agradeço pela compreensão desde já e, espero que tenham gostado pois esse deu MUITO trabalho, e está bem longo. Escrevi em menos tempo do que o estimado.
Enfim, isso é tudo. Beijinhos e até breve. 🔥

  • 🔥
  • 🔥
Scarlett do mal reina... 🔥 Refazer

Scarlett do mal reina... 🔥

CONTINUA...
Ansiosos para a próxima parte? Prepara o coração que tem muita coisa legal por vir. Espero que tenham gostado. Aceito críticas construtivas, não a necessidade de xingamentos! ❤
Se gostarem comentem e não esqueçam de recomendar pros seus amigos também.
Me siga no Instagram para demais informações: liv.rpgs
Link: https://www.instagram.com/liv.rpgs/

Isso é tudo, por hoje. Beijinhos e até breve. ❤
-com carinho, liv 🔥

"Todos temos luz e trevas dentro de nós. O que nos define é o lado com o qual escolhemos agir."
Harry Potter e a Ordem da Fênix

Compartilhar

Scarlett do bem reina... 🔥 Refazer

Scarlett do bem reina... 🔥

CONTINUA...
Ansiosos para a próxima parte? Prepara o coração que tem muita coisa legal por vir. Espero que tenham gostado. Aceito críticas construtivas, não a necessidade de xingamentos! ❤
Se gostarem comentem e não esqueçam de recomendar pros seus amigos também.
Me siga no Instagram para demais informações: liv.rpgs
Link: https://www.instagram.com/liv.rpgs/

Isso é tudo, por hoje. Beijinhos e até breve. ❤
-com carinho, liv 🔥

"Todos temos luz e trevas dentro de nós. O que nos define é o lado com o qual escolhemos agir."
Harry Potter e a Ordem da Fênix

Compartilhar

Calculando Resultado

Publicidade

clock facebook twitter whatsapp redo search x home profile pencil logout quiz list test user star