Criar Quiz
Criar Quiz
Publicidade
RPG- A Guardiã do Fogo {parte 6- 2 temp.} 🔥

RPG- A Guardiã do Fogo {parte 6- 2 temp.} 🔥

Tags : realeza Elementos Ficção Poderes Fantasia Romance Quiz RPG Amor

>> parte 6: Batismo das trevas.

SINOPSE:

Anos depois da Rainha das Trevas, os Guardiões viviam felizes no reino de Gardien, e agora com novos integrantes na família. Mas a felicidade deles é interrompida quando todos começam a questionar os comportamentos de Scarlett, filha de Alexia e Gilbert. A menina foi a única a nascer com poderes da luz e das trevas, o que a fez ter tendências a seguir o caminho da escuridão. E isso acaba se tornando realidade quando Scarlett faz amizade com certas pessoas, misteriosas, e fica totalmente descontrolada. Juntos, os Guardiões e seus filhos farão de tudo para salvá-la de si mesma e trazer Scarlett de volta para o caminho da luz.

"Todos temos luz e trevas dentro de nós. O que nos define é o lado com o qual escolhemos agir."
Harry Potter e a Ordem da Fênix

🔥plágio é crime.
🔥nenhuma imagem me pertence.
🔥me siga no instagram: liv.rpgs

• O que é RPG?

➲ Basicamente é a sigla inglesa de Role-Playing Game, que em português significa "jogo de interpretação de personagens", é um gênero de videogames. Consiste em um tipo de jogo no qual os jogadores desempenham o papel de um personagem em um cenário fictício.
***************************************************************
Se quiserem e gostarem, por favor comentem no final para que eu saiba que gostaram e posso estar trazendo as outras partes.

Iniciar o Quiz
Incorporar
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13

Oii migos. Queria me desculpar pela demora. Quem me acompanha pelo Instagram sabe que eu decidi dar um tempinho, porquê não estava me sentindo bem. A gente acha que nunca vai ter problemas com isso, até que chega a nossa vez... mas enfim, já estou melhor, não 100%, mas melhor e agora que eu voltei, o bagulho vai começar a ficar doido.
Me sigam no Instagram, pois lá eu posto coisas bem legais: @liv.rpgs
link do meu ig: https://www.instagram.com/liv.rpgs/

Não se esqueçam também de comentar, pois isso me ajuda muito, e me motiva. Algo que não tenho recebido muito ultimamente. Motivação. Não custa nada comentar o que achou e o que sentiu vivendo na pele de uma personagem tão problemática. Enfim, espero que gostem, pois esse deu um pouco de trabalho e o personagem novo surgiu no meio do caminho, porém eu gostei bastantão. Vocês nem imaginam o que esta por vir.

Estarei postando 1 episódio por semana. Saindo sempre aos domingos, sendo que o horário não está definido. Por isso, fiquem ligados e aproveitem! Bom quiz pra vocês e até breve.
Com carinho,
-Liv

  • next
  • next

QUARTA-FEIRA(24):
É noite, e eu aqui. Mais um dia longe de casa, e de todos. Max vem me visitar mais tarde, precisamos conversar, e é urgente. Ainda estou esperando as Herdeiras da Escuridão voltarem para me orientar. Ainda não faço ideia do que terei que fazer para que elas me aceitem, oficialmente.
E claro, parece que pensei no assunto na hora certa. Pude sentir as mesmas coisas de antes. O frio na espinha e a escuridão ao meu redor, que parecia me engolir. Eram elas, finalmente! Eu me viro devagar e começo a falar, empolgada.
- Que bom que voltaram! Eu estava quase surtando.

- Não surte, querida. Ainda não - A princesa fala, sarcástica.

- Viemos lhe explicar o que acontecerá, e você tem que aceitar, é claro. Caso contrário, não poderemos ajudá-la. - a outra expõe.

- É claro. Estou disposta a qualquer coisa.

- Você terá que ser batizada. O batismo das trevas. Não é complicado. E depois que você mostrar ser devota a nós, contaremos nosso plano e com sua ajuda e extremo poder, colocaremos em prática. E em seguida, finalmente reinaremos.

Qual sua reação, princesa?

  • - Interessante - eu digo, apenas. Mas com um certo frio na barriga e sensação de formigamento por todo o corpo. 🔥
  • - Isso parece sério - eu comento, preocupada. Será que eu estava fazendo o certo? - questiono-me - 🔥

- Você deve comparecer a Floresta Negra sexta-feira que vem, meia noite. Lá, estarão presentes todos os irmãos e irmãs que conseguimos contatar, então esteja muito bem apresentável e não se atrase. Sugerimos vestimentos brancas e se possível, que seja um vestido. - Dona da Escuridão fala, séria.

o que você responde?

  • - Isso vai ser doideira! Com certeza estarei lá. 🔥
  • - O que? Irmãos e irmãs? Isso me deixa um pouquinho nervosa mas, t-tudo bem. 🔥

E de novo, desapareceram misteriosamente, e bem a tempo pois logo em seguida, Max bate na porta, desanimado. Chegou a hora. Eu vou até lá e abro. Ele entra e me abraça, mas eu me esquivo.
- Olha Max, as coisas vão mudar a partir de agora e não quero você envolvido em nada disso. Eu também não gostei do fato de você ter escondido aquilo de mim por tanto tempo então, não sei como serão as coisas entre nós daqui pra frente...

- O que? Você... você está terminando comigo? - ele pergunta extasiado.

o que você responde?

  • OPÇÃO 1 - Eu sinto muito, mesmo... Mas sim. Não há mais nada que eu possa fazer. Está tudo mudando. Aprenda que, mudanças, ás vezes, por mais dolorosas que sejam, são necessárias.
  • OPÇÃO 2 - Não! Eu nunca seria capaz de te deixar. Só quero que saiba que tudo o que eu fizer tem um propósito. Não me odeie e não desista de mim. Mas temos que estar oficialmente separados para que tudo dê certo. E elas não podem saber de nada.

{SE VOCÊ ESCOLHEU A OPÇÃO 1}
Ele então se dirige até a porta, de cabeça baixa e coração partido. Eu me desculpo pela última vez e me despeço. Ele vai embora triste e amuado. Não queria vê-lo naquelas condições, mas o que eu estava prestes a fazer, iria destruí-lo ainda mais se estivéssemos juntos.

PARA AMBAS OPÇÕES:
21:30pm
Eu, talvez um pouco quebrada por dentro, e arrependida, me deito na cama e choro até dormir.

  • 🔥
  • escolhi a outra opção

{SE VOCÊ ESCOLHEU A OPÇÃO 2}
- Elas quem? E o que é que vai acontecer? - ele pergunta um tanto quando afobado.

- Elas. Não posso ser franca em relação a isso. Só quero que saiba que devemos nos afastar um pouco... dar um tempo, sabe? - eu respondo, com dor no coração.

- Preferiria não saber. Certo, isso é melhor do que realmente terminar. Eu... eu vou embora. Tchau Scarlett - ele se dirige até a porta.

Eu corro até ele para lhe dar um - talvez - último abraço, sem que ele soubesse. Tudo pode acontecer daqui pra frente. Inclusive eu ser pega. Ou até mesmo morta, caso as coisas não saiam como o esperado.
Ele retribuí o abraço. Mas era frio, e sem vida. Um clima mórbido se estendeu pelo lugar, logo depois que meu amado se foi, fechando a porta e sumindo na imensa escuridão da noite, lá fora...

PARA AMBAS OPÇÕES:
21:30pm
Eu, talvez um pouco quebrada por dentro, e arrependida, me deito na e choro até dormir.

  • escolhi a outra opção.
  • 🔥

QUINTA-FEIRA(25)
Despertei com dores no corpo - talvez tenha dormido de mau jeito - e com muito frio. Estava gelado lá fora e... neve? Não é época. Com certeza foi Thony. O que será que deve estar acontecendo por lá? As perguntas são tantas mas, continuarão sem respostas.

Eu coloco minha capa e saio para a floresta. Preciso de lenha para me aquecer. Claramente posso me esquentar, já que fogo corre pelas minhas veias mas, mamãe sente quando os uso. E não quero que ela saiba de mim.
Tem muita neblina, principalmente por ser bem cedo. Não consigo enxergar direito. De repente, sinto que esbarrei em algo. Escuto um gemido de dor e, ao olhar para baixo vejo um garoto caído. Parecia ter minha idade e, nunca o vi.
- Me desculpe, eu não vi você - eu digo, sincera e com medo de tê-lo machucado.

- Tudo bem, a culpa foi minha. Eu estava lendo enquanto caminhava e parece que não funcionou muito bem - nós rimos em conjunto. - Ei, espera. Você é....

- Sim, eu sou. Não tenha medo, eu prometo que não mordo - eu digo, brincando. Mas é sério. Eu não mordo.

É claro que ele me conhece. Todos conhecem a estranha das trevas e da luz,portanto já estou acostumada com esse tipo de reação. Pois bem, continuamos.

  • 🔥
  • 🔥

- E você é? - eu pergunto tentando, ainda, reconhecê-lo.

- Ah sim, perdoe-me pela falta de educação. Me chamo Killian Ballard. Eu moro em uma pequena vila, aqui perto. Não frequento muito o centro de Gardien. Mas e você? O que uma princesa está fazendo aqui, no meio da floresta, nesse frio? - a curiosidade do menino fica evidente.

- Estou procurando lenha para me aquecer. Me hospedo em uma cabana aqui tem alguns poucos dias.

- Eu tenho lenha sobrando em minha casa. Venha comigo, posso te dar algumas.

- Faria isso por mim? Você... você não me teme? - eu pergunto, meio surpresa.

- Não há o que temer. Você é radiante e parece ser uma boa pessoa.

Aquelas palavras fizeram-me questionar se o batismo era realmente uma boa ideia, e eu não soube tirar uma conclusão. Aceitei a ajuda do garoto desconhecido Killian, e partimos para a Vila Flor da Lua.

  • 🔥
  • 🔥

Killian é muito educado, e também muito charmoso. Com certeza eu ficaria com ele, mas, nada sério. Logo chegamos em sua casa. Era uma linda cabana. Bem iluminada e bastante enfeitada. Aliás, todas as casas da vila eram muito bem enfeitadas. Nunca tinha estado lá, apesar de praticamente morar na floresta.
Entramos e saímos rapidamente após pegar o que necessário. Ainda na vila, pude jurar que esbarrei com uma menina que parecia ser a cópia de Florence. Mas deve ser coisa da minha cabeça. Aliás, saudades das duas. Eram minhas únicas amigas na nova escola, e as únicas que não me olhavam torto ou faziam picuinha por pouca coisa.

Em seguida, voltamos para minha cabana e, ele me ajudou a acender a lareira. Ficamos por lá, conversando e tirando proveito do tempo livre para nos conhecermos melhor.
{Killian na imagem acima} Killian é muito educado, e também muito charmoso. Com certeza eu ficaria com ele, mas, nada sério. Logo chegamos em sua casa. Era uma linda cabana. Bem iluminada e bastante enfeitada. Aliás, todas as casas da vila eram muito bem enfeitadas. Nunca tinha estado lá, apesar de praticamente morar na floresta.
Entramos e saímos rapidamente após pegar o que necessário. Ainda na vila, pude jurar que esbarrei com uma menina que parecia ser a cópia de Florence. Mas deve ser coisa da minha cabeça. Aliás, saudades das duas. Eram minhas únicas amigas na nova escola, e as únicas que não me olhavam torto ou faziam picuinha por pouca coisa.

Em seguida, voltamos para minha cabana e, ele me ajudou a acender a lareira. Ficamos por lá, conversando e tirando proveito do tempo livre para nos conhecermos melhor.
{Killian na imagem acima}

  • 🔥
  • 🔥

No final da tarde, Killian disse que era melhor partir, mas eu me sentia solitária e pedi, por favor, e se possível, mais um pouco de companhia. Ele aceitou de bom grado, e voltamos a papear.
- Agora me conte. O que você, uma princesa, faz aqui nessa cabana antiga, no meio de uma nevasca?

- Digamos que estou tendo alguns problemas familiares e outros, comigo mesma.

- De problemas com a família eu entendo. Sorte sua, e minha, que não estavam em casa aquela hora, pois vivem implicando comigo, e eu tenho quase certeza de que eles me odeiam.

- Nossa, isso me parece ser algo bem sério. Quer conversar sobre isso?

- Nada muito relevante. Apenas que não conseguem aceitar quem eu escolhi ser. Tipo o caminho que escolhi seguir em minha vida. Entende?

o que você responde?

  • - Entendo, até demais. E gosto de entender. Estou passando por algo parecido, e que bom que finalmente aconteceu comigo. Sinto que, é assim que tem que ser. Eu faço o meu próprio destino. Somente eu. Nada, nem ninguém. Eu - sorrio torto, talvez o assustando um pouco, mas ele consegue disfarçar muito bem.
  • - Eu... te entendo sim. É realmente uma fase difícil e, sempre acompanhada de julgamentos e repercussões. Mas, nunca se esqueça de que, nós fazemos nosso próprio destino. Sei que nem sempre temos a total liberdade para escolher, mas, isso não nos impede de fazer acontecer - eu sorrio compreensiva, e pareço tranquiliza-lo.

Ele me olha de relance e prossegue:
- O papo está muito bom, e estou com uma companhia mais do que perfeita mas, está ficando tarde e tenho que partir. Adorei conhecê-la e espero te encontrar mais vezes. Você é... você é encantadora, minha princesa - ele faz uma reverência, brincando.

- Que bom que te encontrei. De alguma forma, sinto que você me entende e, gosto disso. Foi muito bom te conhecer, eu...

Ele me interrompe fazendo sinal de silêncio. Me puxa por um de meus braços, me deita no ar, segurando-me pela cintura com uma mão e acariciando meus cabelos com a outra e me beija. Eu retribuo.
Então, nos olhamos profundamente e tudo o que podia-se ouvir era o som de nossas respirações tensas e pesadas. Ele se vira, caminha até a porta. Para, hesitando, e volta para mim, me beijando novamente. Não sei se era certo, mas não consegui parar. Ele parece ser perfeito. O tipo de pessoa que me faz querer ser melhor.

  • 🔥
  • 🔥

No outro dia:
SEXTA-FEIRA(26), 6:30am
Eu estou deitada na cama, acabo de despertar de uma das melhores noites da minha vida. E ao meu lado, ele. Eu não acredito no que aconteceu. Estávamos apenas nos beijos, e a coisa começou a esquentar. Fomos para a cama e nos despimos. O que aconteceu depois eu nem preciso mencionar. A última coisa que me lembro da noite passada é de nós dois deitados, agarradinhos, e nus. Totalmente. Apenas o que nos cobria era um mero edredom branco, que venho usado para me aquecer nos dias que se passaram desde minha fuga.
Ao mesmo tempo que estou surpresa comigo mesma, estou feliz por ter sido com ele. Só não consigo para de pensar em Max. Agora estou aqui, a poucos dias de ser batizada, e fazer a coisa certa para mim, ou a pior escolha de minha vida, e com duas pestes que não saem da minha cabeça. Max é perfeito e Killian... é perfeito também, até onde eu sei. Mas que droga, no que é que eu fui me meter?

  • 🔥
  • 🔥

Sei que devem estar pensando que é impossível que eu sinta algo tão forte assim por alguém que conheci ontem, e que devo estar me precipitando, e que não sei quase nada sobre ele mas, eu achava que sabia tudo sobre Max e, estava enganada.
Ele acorda pouco depois de mim, que me encontrava na pequena cozinha preparando algo para comermos. Veio até mim, já vestido, se despedir. Disse que tinha que ir embora, pois se não, seria punido. Aquilo me assustou e preocupou ao mesmo tempo, então, o deixei ir. Ele me deu um último beijo e saiu. Eu estava nas nuvens. Vestindo apenas uma camiseta velha que encontrei dentro de um baú e roupa íntima que levei para lá em minhas idas e vindas a floresta.

Sinto falta de casa. E de minha família. Mas a essa altura do campeonato, creio que eles não queiram me ver, e nem saber de mim. Espero que tia Bev esteja bem, e seu bebê também. Queria poder vê-los, adequadamente, uma última vez antes de jogar tudo pro alto e seguir pelo outro caminho...

  • 🔥
  • 🔥
Scarlett aceita ser batizada e enfim, se entregar por completo para as trevas. Refazer

Scarlett aceita ser batizada e enfim, se entregar por completo para as trevas.

Ansiosos para a próxima parte? Prepara o coração que tem muita coisa legal por vir. Espero que tenham gostado. Aceito críticas construtivas, não a necessidade de xingamentos! ❤
Se gostarem comentem e não esqueçam de recomendar pros seus amigos também.
Me siga no Instagram para demais informações: liv.rpgs

Isso é tudo, por hoje. Beijinhos e até breve. ❤
-com carinho, liv 🔥

"Da luz vem a sombra"
-Liv

Compartilhar

Scarlett aceita ser batizada, mas apenas para colocar seu plano de destruir as trevas em ação. Refazer

Scarlett aceita ser batizada, mas apenas para colocar seu plano de destruir as trevas em ação.

Ansiosos para a próxima parte? Prepara o coração que tem muita coisa legal por vir. Espero que tenham gostado. Aceito críticas construtivas, não a necessidade de xingamentos! ❤
Se gostarem comentem e não esqueçam de recomendar pros seus amigos também.
Me siga no Instagram para demais informações: liv.rpgs

Isso é tudo, por hoje. Beijinhos e até breve. ❤
-com carinho, liv 🔥

"Do fogo vem a luz."
-Liv

Compartilhar

Calculando Resultado

Publicidade

clock facebook twitter whatsapp redo search x home profile pencil logout quiz list test user star