Matriz de referência

Matriz de referência
Calendar
Teste das matrizes de referência de português 

Tags

Publicidade

Texto 1 Achei muito interessante e de bom gosto a edição Especial Mulher (junho de 2007), principalmente a reportagem “10 coisas para ter antes de morrer”. A revista novamente nos brindou com um excelente presente. Parabéns pelo trabalho. Marcos Cesar Mattedi, Eunápolis, BA . Texto 2 Interessante a edição especial Mulher, com reportagens esclarecedoras e atuais, mostrando, principalmente a quem viaja com frequência, novidades para comprar. Apenas achei as últimas páginas desnecessárias (“10 coisas para ter antes de morrer”). Poderiam ter aproveitado melhor o espaço. Há tantas coisas que uma mulher contemporânea gostaria de saber e sobre as quais gostaria de ser informada. Rosiclér Bondan, Novo Hamburgo, RS. Sobre a reportagem “10 coisas para ter antes de morrer”, esses textos apresentam opiniões

complementares
idênticas.
incoerentes.
divergentes.
similares.
Publicidade

Texto 1 Estamos vendo a consolidação de um grande diretor. Estamos vendo DiCaprio em sua melhor atuação na carreira. Isso não é pouco! [...] Elenco inspirado, forte, físico. [...] Vá ao cinema e, enquanto admira o belo trabalho de fotografia, [...] entregue-se por inteiro. [...] “O Regresso” vai te dar a opção de escolher o que é o bem e o que é o mal. [...] George F. Texto 2 Muito chato! Filme sem emoção, monótono e sem nexo em muitas partes. [...] Não vale a pena assistir. Um dos piores filmes que já assisti. Me desculpem os experts em cinema, mas não passa sentimento nenhum na trama. A fotografia é linda, mas só isso! Neide Santos Disponível em: <http://www.adorocinema.com/filmes/filme-182266/>. Acesso em: 25 fev. 2016. Fragmento. *Mantida a ortografia original dos textos. Em relação ao filme “O Regresso”, os autores desses textos

expõem argumentos confusos.
apresentam posições divergentes.
possuem ideias irrelevantes.
manifestam o mesmo ponto de vista.
defendem ideias complementares.
Identifique, dentre as alternativas abaixo, qual é o tema abordado na charge acima.

Identifique, dentre as alternativas abaixo, qual é o tema abordado na charge acima.

a formação de crianças leitoras no Brasil.
a importância dos contos de fada na formação do caráter da criança.
o nível de conhecimento que as crianças têm sobre clássicos da literatura.
o aumento no valor de um dos alimentos que compõem a cesta básica.
a presença dos pais no cuidado com as crianças.
Publicidade
A construção do humor na tirinha acima se dá a partir:

A construção do humor na tirinha acima se dá a partir:

da impossibilidade de um garoto produzir um bolo.
do insucesso do garoto ao produzir um bolo.
da habilidade que o garoto apresentou ao produzir uma receita específica de bolo.
do método empregado pelo garoto no processo de produção do bolo.
da surpresa da mãe ao perceber seu filho tinha produzido um bolo.

Certa manhã, ao despertar de um pesadelo, W. encontrou-se transformado em algo tão terrível quanto inseto: um ministro. O humor pode ser percebido a partir de qual recurso?

intertextualidade.
metáfora.
contradição
polissemia.
personificação.
Publicidade

Até quando? Não adianta olhar pro céu Com muita fé e pouca luta Levanta aí que você tem muito protesto pra fazer E muita greve, você pode, você deve, pode crer Não adianta olhar pro chão Virar a cara pra não ver Se liga aí que te botaram numa cruz e só porque Jesus Sofreu não quer dizer que você tenha que sofrer! GABRIEL, O Pensador. Seja você mesmo (mas não seja sempre o mesmo). As escolhas linguísticas feitas pelo autor conferem ao texto

caráter atual, pelo uso de linguagem própria da internet.
originalidade, pela concisão da linguagem.
tom de diálogo, pela recorrência de gírias.
espontaneidade, pelo uso da linguagem coloquial.
cunho apelativo, pela predominância de imagens metafóricas.

Farinhada José Ovildo (30 anos), aluno de Ivonate O povo de antigamente Quando ia farinhar Juntava seus mutirão Para seu dia trocar Assim colhia sua safra Sem nada poder pagar Hoje tudo é diferente do povo do antepassado Quando se bota a mandioca raspadeiras de lado As Um prenseiro e um forneiro Pode inventar dinheiro Para pagar seu salário Agora meus companheiros Todos me preste atenção Prá falar em farinhada tenho pouco de razão Sou filho de agricultor Tenho delicado amor Por toda essa nação. O texto Farinhada utiliza uma variedade linguística típica da cultura popular, refletindo características:

históricas, marcada pela comparação entre os antepassados e os povos atuais presentes na região onde o texto foi produzido.
regionais, marcada pela transformação de um substantivo em verbo para identificar um processo cultural típico da região onde o texto foi produzido.
normativas, expressas pelo cumprimento às regras da gramática normativa ao longo de todo o texto.
sociais, expressas pelo uso de palavras comuns ao meio rural.
formais, marcadas por um discurso rebuscado, inadequado ao contexto social no qual o texto foi produzido.
Publicidade
Publicidade
ComentáriosÚltima atualização: -
Clique aqui e seja o primeiro a comentar!

Você vai gostar também

Carregando...