Prova Final de Med Interna - Asma

Prova Final de Med Interna - Asma
Calendar
Prova final prática 
Publicidade

Qual é a definição de asma?

Doença infecciosa aguda desencadeada por bactérias.
Doença alérgica aguda desencadeada por pólen.
Doença inflamatória crônica desencadeada por hiperresponsividade.
Doença inflamatória aguda desencadeada por vírus.
Publicidade

Qual dos seguintes não é um fator desencadeante da asma?

Aeroalérgenos (poeira, ácaros)
Poluição
Excesso de atividade física
Frio

Quais são os sintomas clínicos mais comuns da asma?

Dor abdominal, tosse produtiva, febre alta
Tosse, disnea, dor torácica (opressão), sibilâncias, taquipneia expiratória
Dor de cabeça, náusea, febre, perda de apetite
Tosse, dispneia, dor de garganta, febre alta
Publicidade

Como é realizado o diagnóstico de asma?

Exame de sangue e radiografia de tórax
Clínica + tomografia computadorizada
Clínica + espirometria com melhora de pelo menos 12% após broncodilatador
Clínica + exame de urina

Qual das seguintes classificações de sintomas diurnos é usada para avaliar a asma?

Sintomas diurnos ≥3 durante o mês
Sintomas diurnos ≥2 durante a semana
Sintomas diurnos ≥4 durante o ano
Sintomas diurnos ≥1 durante a semana
Publicidade

Quantos pontos são atribuídos para o uso de medicação de resgate ≥2 vezes por semana na classificação da asma?

0 pontos
3 pontos
1 ponto
2 pontos

Qual é o tratamento recomendado para asma leve?

LAMA (tiotrópio) + CI de alta dose
Apenas CI de baixa dose
Formoterol + CI de alta dose diariamente
Formoterol + CI de baixa dose se necessário
Publicidade

Qual é o tratamento recomendado para asma moderada?

Formoterol + CI de baixa dose se necessário
LAMA (tiotrópio) + CI de baixa dose
Formoterol + CI de baixa dose de manutenção por 30 dias, depois reavaliar
Formoterol + CI de alta dose diariamente

Qual é o tratamento recomendado para asma severa?

Formoterol + CI de alta dose de manutenção por 30 dias
Apenas CI de alta dose
LAMA (tiotrópio), CI de alta dose + formoterol, e referência para avaliação fenotípica
Apenas formoterol + CI de baixa dose
Publicidade

Qual é o critério de melhora na espirometria que confirma o diagnóstico de asma após o uso de broncodilatador?

Melhora de pelo menos 5%
Melhora de pelo menos 15%
Melhora de pelo menos 12%
Melhora de pelo menos 8%

Um menino de 8 anos chega ao consultório com tosse persistente, dispneia aos esforços, e sibilância ocasional há três meses. Ele relata que os sintomas são mais intensos durante a prática de esportes. A mãe dele também observou que ele acorda algumas noites com tosse e dificuldade para respirar. Ele não tem histórico médico significativo e não há antecedentes familiares de asma. Durante o exame físico, você ausculta sibilos difusos bilateralmente. Qual é o diagnóstico mais provável e qual é a próxima etapa no manejo desse paciente?

Asma; isolamento e teste de escarro
Asma; prescrição de antibióticos
Asma; encaminhamento para espirometria
Asma; prescrição de corticoides orais
Publicidade

Uma mulher de 35 anos, fumante, apresenta-se com tosse crônica, dispneia aos esforços, e episódios recorrentes de sibilância há seis meses. Ela relata que os sintomas pioraram nas últimas semanas, especialmente durante a exposição a poluição e fumaça de cigarro. Ela não tem antecedentes de alergias. Durante o exame físico, você observa sibilos difusos e prolongados durante a expiração. Qual é o diagnóstico mais provável e qual é a intervenção inicial recomendada?

Asma; prescrição de broncodilatadores de longa ação
Asma; prescrição de corticoides inalatórios
Asma; prescrição de antibióticos orais
Asma; repouso e hidratação

Um homem de 50 anos com história de asma conhecida apresenta-se ao pronto-socorro com falta de ar súbita e agravada, tosse persistente e sibilância intensa há dois dias. Ele relata que os sintomas começaram após a exposição a poeira em sua casa. Ele usa seu inalador de resgate com maior frequência, mas sem alívio significativo. No exame físico, você observa uso de músculos acessórios e sibilância difusa bilateralmente. Qual é o manejo inicial desse paciente com asma agudamente grave?

Observação sem intervenção terapêutica
Administração de broncodilatadores de curta ação e oxigênio suplementar, e consideração de corticoides sistêmicos
Encaminhamento para avaliação psicológica
Administração de corticoides orais em casa
Publicidade
Publicidade
ComentáriosÚltima atualização: -
Clique aqui e seja o primeiro a comentar!

Você vai gostar também

Carregando...